6 on 6 Project

[7 on 7] Ceol

Eu gostei de ter feito todos os outros temas anteriores, mas o de julho com certeza é o meu favorito, não pelas fotos em si e sim por todo o amor que envolve o tema: música (ceol, na língua irlandesa)
A música irlandesa entrou na minha vida muito antes de eu ter conhecimento sobre o que era a Irlanda, quando a cultura celta bateu na minha porta e eu inocente achando que aprenderia fácil as línguas gaélicas a música dessa terrinha aqui não parava de tocar, seja naquele computador windows 98 que eu usava ou no rádio de casa com os cds que meu pai tinha.
A música da Irlanda é famosa no mundo inteiro, mas mesmo os irlandeses fazendo música de tudo quanto é tipo, o mundo conhece a Irlanda pelo rock e pela música tradicional irlandesa/celta.
Muitos artistas de grande nome saíram daqui dessa pequena ilha, como vocês conhecem o U2, The Cranberries, Enya, Westlife, Sinéad O’Connor, Damien Rice, Snow Patrol, Glen Hansard.. etc.
Aqui é definitivamente um país muito musical, em todo lugar tem música, seja nas ruas com os famosos buskers (artistas de rua), que foi assim que muitas bandas começaram, inclusive o U2, ou dentro dos pubs.
Eu não preciso pagar caro pra ter acesso à música de boa qualidade e isso é uma das coisas que eu mais amo aqui, andar pelas ruas do centro e simplesmente ter uma trilha sonora que surge vindo dos buskers, é alguém tocando harpa celta ou tin whistle aqui ou bandas de rock alí. E sempre tem bandas muito boas tocando nos pubs e você não precisa pagar pra entrar (exceto alguns shows).
– eu quis focar as fotos no rock e música tradicional, mas depois vou fazer um post só sobre os buskers. ok?
O banjo é um instrumento que eu amo e ele está presente nas músicas tradicionais irlandesas, mas não é um instrumento típico daqui. Quando a Grande Fome aconteceu  na Irlanda, milhares de irlandeses foram para os Estados Unidos e quando retornaram para sua terra natal trouxeram pra cá o banjo. Outros instrumentos usados na música tradicional daqui são: harpa, flauta, violão, violino, bodhrán, concertina, uilleann pipes..

Tem bandas muito boas aqui e  gosto de milhares delas, mas vou indicar apenas algumas, é só clicar no nome que tem o link pra música.

As mais recentes com rock/pop/indie;  Bell X1 – Little Green Cars –  Walking on Cars – Kodaline – Keywest

Outra banda que eu adoro que é uma mistura mega interessante é o Mutefish, os integrantes são da Irlanda, Polônia, Lituania e Ucrânia e eles misturam as músicas tradicionais de seus respectivos países. Tão sempre tocando pelas ruas de Dublin, assim como o Keywest.

 

As mais antigas com a música tradicional irlandesa/celta, cantando em inglês ou irlandês:
Mas a música irlandesa não é só feita na Irlanda, artistas/bandas de outros países que valem ser mencionados que também têm influências musicais daqui: Loreena Mckennitt, canadense com ascendência irlandesa – Flogging Molly, banda americana com vocalista irlandês – The Pogues, banda inglesa que também tem família da Irlanda.

 

 

Eu passaria horas e horas aqui escrevendo sobre o assunto, amo música, amo música irlandesa!
Pra finalizar deixo aqui essa cantora irlandesa super fofa que participou do programa X factor, Janet Devlin cantando essa música lindíssima em irlandês.
Como vocês podem ter percebido pelo título, nosso grupo que antes era 6 on 6 cresceu! Agora somos em 7, as regras continuam as mesmas só os números mudaram, serão 7 fotos no dia 7 de cada mês. Agora venham conferir sobre a música de outros países pelo mundo e também dar boas vindas as novas integrantes desse grupo que é só amor, direto lá do ‘outro lado do mundo’:
Loma (Coreia do Sul) – Ana Paula (Austrália) – Paula (Holanda) – Lolla (Inglaterra) – Alê (Ucrânia) – Sarah (Noruega)

 

//You Might Also Like

//16 Comments

  1. Ana Jähne

    julho 7, 2015 at 10:32 am

    essa coisa de ter música na rua ou em bares é uma coisa que eu conhecia de recife. e que me faz MUITA falta aqui na alemanha.
    … e foi uma das coisas que mais me encantou na minha breve estadia na irlanda. qualquer pubzinho lá no fim do mundo tinha música (quase sempre tradicional) tocando. coisa linda!

  2. Paula A.

    julho 7, 2015 at 11:19 am

    Bodhrán <3333333
    Viola de roda, bodhrán e tin whistle: junte os três e você verá uma Paula ridiculamente feliz! hahaha
    Não tinha ouvido essa música da Janet Devlin ainda – conheci na época do concurso e acabei esquecendo de procurar mais coisas depois. Que coisa mais linda!

  3. Paula A.

    julho 7, 2015 at 11:20 am

    PS: Irlandês parece palavras faladas ao contrário! hahahah xD

    1. admin

      julho 7, 2015 at 8:49 pm

      HAHAHAHHA adorei essa definição! xD

    2. Paula A.

      julho 8, 2015 at 10:22 am

      Mas não lembra mesmo? hahah
      Esqueci de comentar: ARRASOU nas fotos, Tá! Amei a da partitura, linda demais.

  4. Lari

    julho 7, 2015 at 11:23 am

    Aaaah, adorei o post <3 Já deu saudades dos velhinhos do Brazen Head, e do nosso vôzinho adotivo, haha! As fotos ficaram lindas, Thaís!

    1. admin

      julho 7, 2015 at 8:50 pm

      Ai, nosso vôzinho, ficou todo fofo na foto né? haha <3

  5. Kah Souza

    julho 7, 2015 at 1:26 pm

    Tava procurando umas musicas gostosinhas pra ouvir hoje (que tá frio e chovendo em sp) e vejo esse post maravilhoso. To ouvindo Bell X1 e amando, hahaha e pelo jeito vou ouvir todos esses outros que falou 😛

    Amei o post, as fotos, e isso de não precisar pagar caro pra ter acesso a boa música é realmente algo maravilhoso e uma das coisas que mais queria "viver" ai na Irlanda. Essa vibe de músicos de rua (lembrando agora do filme Once), boas músicas nos pub e aí, só de imaginar já me dá um negócio aqui no coração, hahaha <3

  6. Alessandra

    julho 7, 2015 at 2:26 pm

    Ficou incrível seu post! Todas as fotos e informações, arrasou! Tem banda que eu nem sabia que era da Irlanda. E que fofura essa música da Janet Devlin. Agora serei "obrigada" a clicar em todos os links e conhecer todos os outros artistas hehe. Beijão.

  7. Bárbara Hernandes

    julho 8, 2015 at 2:36 pm

    Eu também sou suspeita, gosto muito de cultura e música irlandesa mas não conhecia tooooodas essas bandas novas que você citou não, que legal! Uma das melhores coisas de morar aqui é poder ouvir pessoas talentosíssimas tocando na rua de graça ou ir ver uma apresentação de graça ou super baratinha num pub. Cultura acessível, para todos!

  8. naterradaluavirada

    julho 9, 2015 at 3:16 am

    Lindo, lindo, lindo post! Não apenas porque sou uma apaixonada por música, mas também porque você é uma ótima fotógrafa! <3

    Beijos

  9. Mellanye Cortopassi

    julho 9, 2015 at 3:20 pm

    Toda vez que venho ao seu blog fico com saudades da Irlanda haha
    E falando de música, eu sinto falta disso pela europa… Aí sempre tá tocando musica em todo lugar, sempre tem gente tocando algo na Grafton Street – principalmente de noite, na volta pra casa alcoolizada haha adorava passar or alí. Lugar mágico 🙂
    The Dubliners é muito massa! Uma vez, por acaso puxei assunto com um cara no bar e ele era da banda, só não lembro direito qual instrumento tocava.
    Minha banda preferida da Irlanda nem é de música tradicional, é black metal, pra variar… Mas eles tem muita coisa boa nessa terra ˆ_ˆ

    beijos

  10. Camila Faria

    julho 9, 2015 at 4:32 pm

    Eu sinto um pouco de falta disso aqui no Rio Taís: acesso a música boa de graça. Porque aqui se paga cada vez mais caro por shows bacanas. Mas felizmente algumas bandas mais jovens estão tentando mudar esse cenário, fazendo mais shows nas ruas, em lugares abertos… Acho incrível!

  11. Thay

    julho 10, 2015 at 6:19 pm

    Adoro o quanto teus posts enriquecem meu conhecimento irlandês – e adoro ainda mais que toda vez que venho aqui fico cada vez mais apaixonada por esse lugar, e mais e mais curiosa pra visitar. ♥ Engraçado que eu fiz o caminho inverso, digamos assim, no que se refere a música irlandesa: primeiro conheci Flogging Molly e depois descobri que eles eram norte-americanos com vocalista irlandês. Depois disso que me embrenhei mais na música irlandesa e fui descobrindo outras bandas pra amar pra sempre. Amei o post e já estou adicionando novos artistas na minha lista de favoritos, YAY. Beijo, beijo!

  12. roh

    julho 10, 2015 at 6:37 pm

    Acesso a música boa e sem ter que pagar o preço de um órgão vital pequeno por isso, que sonho! Suas fotos ficaram lindas e eu, pessoalmente, acho a cultura Irlandesa muito rica e interessante.

  13. filosofiabotequim

    julho 13, 2015 at 5:18 pm

    Adorei esta partilha de bandas. 🙂

//Leave a Reply