A viagem surpresa para minha mãe

Nessa última vez que fui ao Brasil, fiquei pensando no que dar pra minha mãe de presente. E para mim, os melhores presentes são aqueles que não são materiais. Ela nunca teve oportunidade de fazer uma viagem para fora do país e já que eu podia proporcionar isso pra ela, achei que seria o presente perfeito pro momento.

A princípio nós iríamos ao Rio de Janeiro e foi isso que eu falei pra ela. Não sabia se iria dar certo mesmo o meu plano de fazer uma viagem internacional. Escolhi o Uruguay, um país que eu sempre quis muito visitar e minha mãe já tinha comentado comigo que também adoraria ir pra lá. Quando já estava tudo resolvido e passagens compradas, pensei, será que eu conto pra ela?

Surgiu a ideia de fazer total surpresa. Porem, eu tinha falado pra ela que estávamos indo ao Rio de Janeiro. E bem, Rio de Janeiro e Uruguay em meados do começo de agosto têm temperaturas bem diferentes. E assim, surgiu o plano mirabolante de fazer uma surpresa e deixar ela descobrir lá no aeroporto. E olha, não foi fácil conseguir guardar um segredo desse, fiquei mega feliz e super ansiosa. Fora o trabalhão da logística toda.

Mamis na Casapueblo

Minha mãe não tem passaporte e o RG dela já tinha uns 10 anos de uso. E agora, José? Como é que eu iria arranjar uma desculpa pra ela providenciar o documento certinho pra viajar sem entregar a surpresa?

Fui pela opção mais fácil. Falei pra ela que iríamos pro aeroporto internacional do Rio e eles estavam bem rídigos em relação a documentos pra viajar, que ela precisaria estar com um RG novo. Ela ficou muito confusa, porque já foi ao Rio, tinha ido visitar o irmão dela em Minas fazia pouco tempo e o RG dela nunca foi um problema. Insisti mais um pouco e aí ela concordou em fazer um novo. Tive que ficar no pé dela, pra não deixar pro último minuto. Ela pegou o novo documento e suspirei aliviada por essa bomba a menos no plano.

Ela ficava me perguntando sobre a viagem ao Rio, o que iríamos fazer e etc. E eu toda vez queria me enfiar num buraco, me esconder, me dava muita vontade de rir. Fui inventando coisas e mudava de assunto sempre que dava. Ai que cilada, Bino! E mãe sabe como é, parece que elas pegam a mentira muito fácil, né? Fiquei com medo de tá dando muito na cara. Inclusive achei que ela já tava desconfiando de alguma coisa.

Depois do problema RG, tinha um maior que era a mala. Eu não poderia deixar ela fazer uma mala pro Rio de Janeiro, uma mala de calor, sendo que iria estar por volta dos 10 graus no Uruguay. Eu tinha que inventar mais uma desculpa. Falei que na verdade iríamos passar mais tempo ali na serra, e que estaria muito frio por lá (risos). No dia de fazer a tal da mala, grudei nela e fui escolhendo o que ela iria levar. Ela depois me contou que achou bem estranho mesmo eu estar fazendo aquilo, mas não falou nada.

Eu fui tirando tudo que era de calor, pegando as roupas mais quentinhas que ela tinha. E fui rindo loucamente por dentro, quando ela falava ”mas nem isso é pra levar? Não vai estar tão frio assim não, Taís” haha
Ela queria levar bikini e saída de praia, deixei ela levar já que não iria ocupar muito espaço. HAHAHA. Na pior das hipóteses dela passar frio, a gente compraria alguma coisa em Montevideo.

O boy tinha certeza que ela iria sacar tudo quando chegasse no aeroporto. Afinal, teríamos que ir pro embarque internacional e não o doméstico. Como minha mãe nunca saiu do Brasil, ela não sabe como funciona todo esse procedimento lá. Também achei que ela iria ver escrito ”embarque internacional”, mas segui otimista de dar uma de louca se possível.

Passamos pela segurança, fomos conversando e ela nem tchum. A gente se olhava desacreditados que ela não tinha percebido nada. Aí chegamos na imigração e aí eu já estava preparada pra surpresa vir à tona. Boy foi numa fila separada e eu passei junto com ela em outra. O agente de imigração perguntou qual era o voo, suei frio e falei Montevideo super baixo e ela não ouviu!

Entreguei meu passaporte e o RG dela juntos, e acho que porque o documento dela era muito novo, o cara pediu um minuto que ele queria checar algo. Aí ela entrou em desespero e ficou perguntando o por que daquilo, por que o cara tinha levado o RG dela e o que era aquele lugar, né? hahaha risos nervosos. Falei que estávamos passando por uma imigração, porque nosso voo pro Rio era um voo internacional. Ela ficou com a maior cara de interrogação, mas caiu direitinho nas minhas mentiras e não fez mais perguntas. Ela não descobriu nada, nem passando pela imigração, socorro! haha

omg omg omg omg

A vontade de rir e de contar tudo era muito grande, mas tive que manter a postura. Decidimos esperar em um portão de embarque diferente pra não dá muito na cara. Até que… anunciaram que nosso voo iria atrasar alguns minutos.

Só que, esses alguns minutos se transformaram em horas. Nosso voo era pra ter saído umas 10 e no final das contas voamos às 15h. Que dor de cabeça, que raiva, que frustração. A Gol é uma cia aérea que pelamor, a assistência deles foi ridícula e que arrependimento voar com eles. E como ficou a surpresa com essa situação toda?

Bem, eles estavam anunciando os voos que estavam atrasados, praticamente quase todos os voos da Gol naquela manhã estavam com problemas. O de Montevideo, Santiago, Asunción… Nenhum pro Rio, né? Eu e o boy pensando em mil coisas, no que falar, rindo muito e o bom é que ela não entendia nossa conversa em inglês. Até que ela some e vai checar o painel com as informações do voo, pistola com o atraso todo e volta chocada porque não tem voo nenhum pro Rio ali.

No pulo tive que pensar em algo quando ela me questionou isso. Falei que nosso voo na verdade tinha uma escala em Montevideo e que depois é que iríamos pro Rio (HAHAH tem cabimento um negócio desse?). Pensei, agora fodeu porque ela não vai cair nessa. Ela me questionou de novo que voo doido era esse e na maior cara de pau, falei que era um esquema barato que a gente tinha encontrado, por isso que tinha uma escala assim.

Socorro… HAHAH

Ela falou tá bom né, vocês que viajam muito é que sabem das coisas. De novo, chocados, ela estava confiando 100% em tudo que falávamos, mesmo ela achando meio esquisito toda aquela minha conversa fiada. E sim, na cabeça dela estávamos indo para o Rio.

Já dentro do avião, rindo muito e decidindo se contávamos ou não. O boy queria deixar ela chegar no Uruguay e aí falaríamos que na verdade ali era o destino final. Mas eu não me aguentei, não sei nem como eu aguentei até ali, pra falar a verdade.

Gravamos a reação dela (mas não vou colocar aqui, é uma recordação só nossa mesmo) e contamos.

Comecei perguntando pra ela, o que ela queria fazer no Rio, quais pontos turísticos ela ainda não tinha visto por lá. Ela foi falando, daí eu super séria falei que não iríamos fazer nada daquilo que ela queria (HAHAHA sou um monstro de filha). Daí ela: ah…. não? Falei de novo, que não, e que o motivo era porque nós estávamos indo pro Uruguay pra ficar. Surpresa!

A cara dela foi a melhor, valeu a pena todo aquele sufoco pra guardar a surpresa e ver a reação dela. haha Ela ficou se achando uma tonta por ter caído nas nossas mentiras, ela foi muito ingênua e realmente confiou em todas as coisas que inventamos.
Fiquei muito feliz de poder ter a oportunidade de fazer algo assim pra minha mãe. Foi muito legal!

Apesar do stress do voo atrasado e que perdemos o primeiro dia em Montevideo, a viagem foi maravilhosa! Minha mãe amou e acho que por ela, não voltava mais pro Brasil não. Se apaixonou na beleza dos uruguaxos. E olha, não me importaria se ela se mudasse pra lá e ter essa desculpa pra sempre voltar pra esse amor de país. Ah, acho que agora, ela vai ficar mais esperta com a gente. Não sei se consigo enganar ela de novo não.

Ela até chorou vendo a cerimônia do sol na Casapueblo ♥
Também não pode ver um animalzinho ♥

Por essas e outras que acho que o melhor jeito de gastar nosso dinheiro é investindo em experiências! E que nessa vida eu possa dar mais experiências lindas assim pras pessoas que eu amo.

Comments

  1. aii que post maaaais liindo! ameei a surpresa, que emoção poder proporcionar uma coisa dessas pra mãe né? realmente, presentes vão muito além de coisas materiais… todos precisariam se apegar mais neste conceito! eu ri muuuito com os gifs, imaginando que vocês ficavam assim mesmo hihihihi muito legal!

  2. Que surpresa linda Taís!!!

    Até me emocionei do lado daqui, e fiquei rindo junto com os gifs haha

    Deve ter sido muito difícil segurar tudo! Mas vocês foram super profissionais, inventaram umas desculpas super boas, até eu ia cair haha

  3. Aaaah, que lindeza!
    Primeiramente: sua mãe é muito linda! hahahah
    Adorei a história… Vi no stories no dia e fiquei suuuper curiosa pra saber como vocês tinham feito!
    Com certeza foi o melhor presente que vc poderia ter dado pra ela!
    Beijos!

  4. UHAUHAHUAHUAUUAHAUH 100or estou rindo horrores com isso. Eu nao consigo guardar nada.. ja tentei ir pro Brasil de ‘surpresa’ mas acabei contando dois meses antes (bookei voos 5 meses antes). Quando vou ao Brasil sempre viajo com mamsi, quem sabe da proxima vez invento uma mentira dessas hahaha

  5. Que coisa mais linda! Fiquei encantada com os aprendizados da sua mãe e a sua maneira leve de passar por esses obstáculos com ela e dar todo o suporte para que essa experiência fosse a mais enriquecedora possível. Adoro o quanto você consegue nos fazer sentir presentes nesses momentos tão singulares da sua vida – e repletos de reflexões.

    http://www.semquases.com

  6. Que demais, Taís!
    Fiquei rindo sozinha aqui no trabalho, lendo e imaginando a situação! ahahah
    Minha mãe também não entende muito sobre viagem internacional, imigração, etc, então com certeza ela cairia também! Haha

    A próxima viagem dela tem que ser pra cá agora, né? 🙂
    Btw, muito bem escrito teu post. Dá vontade de continuar lendo <3

  7. Maravilhoso hahahahahahaha! Realmente, ela é muito boazinha, e acreditou em tudo. MInha mãe acho que tinha falado lá na mala PARA DE ME ENCHER O SACO E DEIXA E LEVAR O QUE EU QUISEEEER! hahahahaha.. Adorei, Tais. E que linda sua mãe <3

  8. aaaaaaaaaaaaaa que demaaaaais ♥

    eu as vezes super quero fazer surpresinha pras pessoas mas eu sou a pior ‘mentirosa’ que existe porque começo a rir antes mesmo de contar qualquer coisa HAHAHAHAHA

  9. acho que nunca conseguiria guardar o segredo por esse tempo todo. num sei mentir… ia começar a rir muito e ia me estressar um bocado.
    mas que coisa massa que tu fez… sua louca!
    ri um bocado lendo o texto… imaginando se fosse com minha mäe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

© 2019 Nýr Dagur · by MinimaDesign