Irlanda, Trilhas

Avondale River Walk // Wicklow, Ireland

Meu projeto de fazer 12 trilhas este ano continua firme e forte, o que já me fez pensar em talvez dobrar a meta pro ano que vem. Calma lá, gafanhoto, vamos focar nas 4 trilhas que faltam? Sou dessas, pensando lá na frente, alguém me segura!!

Faltam 4 trilhas? Pois é, estamos na trilha de número 8 e fomos até Wicklow, esse condado maravilhoso que vocês já devem estar familiarizados de tanto que eu falo aqui, para cumprir nossa meta de agosto. Será que um dia vou conseguir ter feito todas (ou quase todas) as trilhas de Wicklow? Olha eu pensando lá na frente de novo.

A escolhida dessa vez foi Avondale River Walk.
img_9453

Avondale River Walk fica dentro do Avondale Forest Park, em Rathdrum, County Wicklow (eita quanto nome!) e é a mais longa e mais difícil de lá (se eu não me engano tem mais umas 4).  A trilha é em loop, começa no estacionamento do parque e termina lá também.

Essa é uma trilha de nível moderado, tem cerca de 5.2 km, passando pelo meio da floresta e descendo em direção ao rio. Ela é descida pra ir e subida pra voltar, se você procura descrições dessa trilha por aí, em quase todos os lugares diz que a subida pode ser um pouquinho difícil, nada muito pesado, mas eu achei até que bem tranquilo e qualquer um com um condicionamento físico razoável encara numa boa.

O começo da trilha você já entra no meio da floresta, passando por vários tipos de árvores, coisa mais linda!
img_9282 img_9283
O solo é tranquilo em algumas partes, mas também com alguns obstáculos, altamente recomendável um bom calçado de trilhas aqui, chinelo você deixa pra usar na praia (aliás, não entendo como conseguem fazer trilha de chinelo ou calçados de sola mais fina).

No caminho você vai fazendo meio que um ”zigue-zague” de um lado pro outro da floresta e com isso tem uma vista maravilhosa também do Vale of Avoca.

img_9297 img_9300 img_9326
É difícil não parar e tirar umas milhões de fotos, natureza é uma coisa que me inspira muito e estar com uma câmera na mão nessas horas deixa meu olhar fotográfico atiçado.

Estava um dia bem agradável de verão, nem muito calor e nem muito frio, na medida certa e com uns raiozinhos de sol que passava pelas frestas das árvores.
img_9309 img_9318 img_9323 img_9332 img_9359 img_9389 img_9393

Deu pra perceber que o caminho até o rio foi maravilhoso, é muito bom andar assim pelo meio das árvores e quanto mais você se aproxima do rio mais você escuta aquele barulho gostoso de água correndo.

Esse é o Avonmore River, em irlandês é An Abhainn Mhór e significa ‘O Rio Grande’. A nascente dele é lá no Lough Dan, um lago pelas proximidades da vila de Roundwood e ele vai descendo pelas montanhas de Wicklow, passando por Avondale até chegar na cidade de Arklow, onde ele se encontra com o Irish Sea.
img_9397 img_9401 img_9403 img_9413img_9416 img_9414img_9437

É indescritível a sensação de andar ao longo do rio, é relaxante demais,  barulho de água é uma coisa que me acalma muito e fazer essa trilha após uma semana corrida e cheia de coisas é uma recompensa e tanto, ótimo pra recarregar as energias.

img_9451 img_9452 img_9455 img_9460 img_9463 img_9478 img_9481img_9484

Aqui neste link você pode acessar o mapa da trilha e entender melhor o caminho, a trilha do rio é essa pontilhada em branco. Nós começamos pelo lado da floresta (o lado esquerdo do mapa) e assim deixando o rio pra última parte, a gente sempre gosta de fazer assim e deixar a atração principal pro final, é como nos dar uma recompensa depois de toda caminhada.

Uma curiosidade sobre o local: dentro do Avondale Forest Park está a Avondale House, que foi a casa e o local de nascimento de Charles Stewart Parnell, um dos maiores líderes políticos da história da Irlanda. Quem mora ou já veio pra Dublin deve conhecer/lembrar de uma das ruas mais famosas daqui que foi nomeada em sua homenagem, a Parnell Street. A Avondale House hoje é um museu em sua memória, mas nós não chegamos a ir até lá, nosso negócio foi só com a trilha mesmo.

>>> E vocês, gostam de fazer trilhas em rios? Me contem aí nos comentários.

//You Might Also Like

//38 Comments

  1. Katarina Holanda

    setembro 22, 2016 at 3:10 pm

    Mais um lugar incrível <3 As trilhas são tão recompensadoras, né? A gente morre no caminho, mas no final vem aquela paisagem maravilhosa, hahaha. Amei você aparecendo mais nas fotos! Ficaram lindas. 😀

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 1:15 pm

      Sim, trilhas sempre valem muito a pena!
      haha awnn <3 fico sempre por tras das cameras, né? haha

  2. Gabi

    setembro 22, 2016 at 3:16 pm

    Ai essa Irlanda verdinha. E esse tanto de trevo? Sorte pro resto da vida hahaha.
    Menina, eu sou a rainha de fazer trilha de chinelo hahaha. Não que eu faça muita trilha na vida, mas quase todas que eu fiz foram na praia, então sempre eu lá de biquinão e havaiana hahaha. Aqui na Suíça também fiz uma “trilha” de sandália rasteira, preparadíssima pras aventuras eu, hahaha.

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 1:17 pm

      hahaha ai Gabi, sua doida! Pode ser perigoso fazer trilhas assim pq os riscos de você torcer o pé ou machucar são muito grandes, toma cuidado, hein <3

  3. Laura Nolasco

    setembro 22, 2016 at 4:12 pm

    Que lugar incríiiivel! Deve ser realmente muito bom fazer essas trilhas e fotografar…
    Ainda mais num lugar como esse, a gente deve se sentir tão bem…
    Amei o post!
    Beijo

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 1:22 pm

      Sim, Laura, é muito maravilhoso!

  4. Mariana

    setembro 22, 2016 at 6:27 pm

    Adorei esse projeto de 12 trilhas, Taís! Você iria adorar os Alpes – a galera faz trilha todo final de semana por lá <3 Lindas fotos! Tenho cada vez mais vontade de conhecer a Irlanda…

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 1:24 pm

      Nem fala, Mariana, sou louca pra fazer trilha pelos Alpes, espero que esse dia chegue logo porque tenho certeza que vou amar!
      A Irlanda é linda, venha pra cá sim 🙂

  5. Babi Lopes

    setembro 22, 2016 at 6:53 pm

    Que maravilha, Taís. Eu sou novata no quesito de trilhas, fiz minha primeira (de verdade) há algumas semanas atrás e achei viciante. Principalmente quando a gente vê uns lugares lindos assim! Meu sonho é sair me enfiando floresta a fora pela Irlanda 🙂

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 1:25 pm

      Babi, trilhas são muito viciantes mesmo, quanto mais você faz mais você não quer parar, é muito bom! <3

  6. Jessica M

    setembro 22, 2016 at 8:24 pm

    Meu Deus, que lugar incrível!
    As fotografias são belíssimas. Dá uma vontade enorme de se teletransportar para lá!
    Meu sonho é fazer trilha! Tenho alguns lugares na minha wishlist. Quem sabe um dia?
    Beijos

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 1:57 pm

      Obrigada!
      Espero que você consiga ir sim fazer trilha nesses lugares, uma vez que você começa não para mais 🙂
      beijos!

  7. Camila Faria

    setembro 22, 2016 at 9:24 pm

    Que coisa maravilhosa estar assim tão pertinho da natureza Taís!!! E que trilha linda, primeiro floresta, depois uma caminhada pelo curso do rio. Demais!!!

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 1:59 pm

      Coisa mais linda, né Ca? Realmente é incrivel estar assim tão perto da natureza, amo muito!

  8. Cíntia

    setembro 22, 2016 at 10:40 pm

    É chato ficar sempre elogiando suas fotos e seus posts?
    porque nossa fico aqui morrendo de vontade todas as veze =( todos os posts =( todos os momentos.
    Adorei as fotinhas com você <3
    beijos gata

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 2:00 pm

      Cintia, sua linda, me abraça <3 Fico feliz com todos seus elogios!
      Você precisa vir pra cá um dia, viu?
      Beijos <3

  9. angela sant anna

    setembro 22, 2016 at 11:57 pm

    ahh que lindeza!! adorei as fotos e a sua meta!! fazer trilha é ótimo, mas sempre faço fora do BR..preciso mudar isso já!!

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 3:47 pm

      Precisa sim, Angie.. tem várias trilhas legais no Brasil mesmo <3
      Aliás, acho que em todo lugar vai ter uma trilha que vale a pena fazer ^^

  10. Josiane Bravo

    setembro 23, 2016 at 12:03 am

    Wow, que máximo esse projeto 🙂 É uma delícia né está rodeada com uma paisagem dessa, a paz de está respirando um ar puro, entre meio árvores, ah isso faz tão bem. Amo fazer trilhas e admirar a natureza.

    Abraços

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 3:48 pm

      Isso, faz um bem danado estar em contato assim com a natureza <3

  11. AMANDA ALMEIDA

    setembro 23, 2016 at 1:58 pm

    Oi, tudo bem?
    Eu não sou muito de trilhas, mas com uma paisagem como essa, sou capaz de andar até além dos 5km. Que lugar maravilhoso, e deve dá uma paz andar por esse lugar.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 3:49 pm

      Oi Amanda
      Você vai se surpreender muito com trilhas, são com elas que chegamos em lugares maravilhosos assim <3

  12. nnt

    setembro 23, 2016 at 3:29 pm

    Um tiro de inspiração esse post.
    Até hoje só fiz uma trilha, e foi bem complicado porque o caminho era bem cheio de desníveis que quase me fez torcer o pé. Mas é como você diz, calçados específicos para trilha são essenciais e eu estava de havaianas. Minha trilha era até uma cachoeira. Foi complicado? Foi! Mas foi gratificante.
    Barulho de rio <3

    Um abraço.

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 6:39 pm

      Pois é, pra evitar os riscos de torcer o pé ou machucar por conta do solo, o essencial é ir com um cançado adequado! 🙂

  13. KARINE

    setembro 23, 2016 at 5:43 pm

    que trilha mais linda, Ta! seus posts estão me deixando cada dia com mais vontade de achar algumas trilhas aqui em SP pra fazer tb, hahaha sério! <3

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 7:07 pm

      Fazzz sim, Kah, tem vários trilhas legais por aí, faz sim e depois posta no blog que eu pelo menos quero ver hahaha <3

  14. Helena Krauel

    setembro 23, 2016 at 6:57 pm

    Eu sempre fico sem fôlegos com suas fotos.

  15. Stefhanie Fanticeli

    setembro 23, 2016 at 8:15 pm

    Não faço muitas trilhas, mas adoro essa sensação compensadora que ela dá no final… principalmente a de energias recarregadas!

    Achei o lugar muito lindo e fotogênico, parecem àqueles cenários de filmes que a gente fica imaginando uma foto ali. Ahhhh, e a propósito, amei as que você apareceu.

    Um beijo

    1. Taís

      setembro 24, 2016 at 7:16 pm

      Impossível não ficar com as energias recarregadas depois de estar assim em meio a natureza. E obrigada, fico feliz que tenha gostado das fotos <3
      beeijo!

  16. Carol Espilotro

    setembro 24, 2016 at 11:27 pm

    Mds, você é uma inspiração. Quem dera conseguir fazer isso <3 às vezes dá vontade de se fixar em home office e fazer esse tipo de coisa. Mds que delicia e sucesso <3 amei as fotos

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    http://carolespilotro.com

  17. brigadeiros e barcelona

    setembro 26, 2016 at 3:38 pm

    O mais engraçado é que meu marido comentou que o que mais sente falta é de fazer uma trilha assim, na mata fechada, do lado de um riozinho…Acho que vou ter que me mudar pra Irlanda! hahah
    Bjs

  18. Isabella Lessa

    setembro 26, 2016 at 10:48 pm

    Ai que delíci de lugar!
    Salvando o seu blog pra ver depois *–*
    Beijão! Isa | http://isabellalessa.com/

  19. Lorraine Faria

    setembro 26, 2016 at 11:05 pm

    Quanto verde <3 nossa Taís, essa trilha 'se superou' ein? Que paisagem mais maravilhosa!! Fiquei imaginando a delícia de caminhar ao lado desse rio.. gente!!! :O

  20. Stephanie Ferreira

    setembro 27, 2016 at 10:15 pm

    Queria muito fazer mais trilhas, todo este verde, esta paisagem depois de uma semana de trabalho, realmente deve repor todas as energias, que lugar maravilhoso! Eu já fiz trilha em rios e a ‘trilha sonora’ é a mais bonita de todas! <3
    Beijos

  21. Samira

    setembro 28, 2016 at 10:07 pm

    Olha, nunca fiz trilha mas morro de vontade. E super faria ainda mais na Irlanda! Que incrível! <3 se um dia tiver oportunidade de fazer também vou tirar muitas fotos, adorei as suas!
    beijaõ

  22. Larissa Ayumi

    outubro 14, 2016 at 1:21 am

    Eu adoro trilhas, mas não faço muitas porque eu tenho medo de ir sozinha, já que meus amigos não curtem muito. O resultado disso é que já faz um tempo que eu não faço trilhas.
    Mas cara, o que falar dessa trilha maravilhosa? Tem paisagens de todo o tipo, mais abertas, mais fechadas, com água (duh)… parece um conto de fadas!

//Leave a Reply