Europa, Viagens

Budapest (night)

E finalmente, a postagem sobre a noite em Budapeste.
Como eu disse em postagens anteriores, foi a vista noturna mais linda que eu já vi, fiquei completamente apaixonada. É incrível andar e ver toda aquela iluminação, sem palavras.

A subida no Gellért Hill foi cansativa, principalmente por causa do frio, mas a vista é 100% recompensadora, sem dúvida alguma.

Piki tirou essa foto da estátua durante a subida, adorei!
E também gostei dos canhões que tinham lá no topo.

É difícil selecionar as fotos, mas cortei muitas pra não ficar repetitivo demais, mas preparem-se porque essas vão te fazer querer ir pra lá e é claro, se apaixonar mais ainda por Budapeste.

É de ficar horas e horas fotografando e admirando essa beleza toda.  Tirei um bilhão de fotos, mas é claro que a maioria ficou de fora desse post.
Para ter essa visão da cidade, eu mais que recomendo ir até o Gellért Hill. Sem deixar a caminhada pela cidade de lado, é claro. A visão noturna te faz ver Budapeste com outros olhos, ande e sinta a energia do lugar.

Após essa paisagem de tirar o fôlego, fomos ao Szimpla Kert e aproveitei pra fotografar o Parlamento e a Chain Bridge (e um pouquinho do  castelo de Buda), olha… A iluminação destaca mais ainda a beleza dessas  construções, fiquei impressionada.

E participação também de um lugar que pertence a comunidade judaica.

Deixei as fotos falarem por si e demonstrar um pouquinho da beleza encantadora desse lugar, mas é claro que ver tudo isso ao vivo é muito melhor!

Muita gente pode achar bobeira a minha primeira viagem na Europa ser pra um lugar tão ‘diferente’ assim, já que tenho como vizinhos, países muito mais procurados, desenvolvidos e mais bonitos aos olhos de muita gente. Não estou desmerecendo nenhum lugar, que fique bem claro, mas acho que as pessoas deveriam abrir mais a mente e colocar na cabeça que o mundo não é só Estados Unidos e outros países europeus mais desenvolvidos. Vocês não sabem o que estão perdendo, tem tanto  lugar incrível e a Hungria é definitivamente um deles. A Hungria é um dos países mais pobres da união europeia e muita gente considera um país feio e/ou exótico demais, e logo já cortam da  listinha de países para ir, infelizmente.
Eu não me arrependo nenhum pouco de ter ido pra lá e faço questão de voltar mais vezes sim!

Foi uma viagem muito especial pra mim, não foi só mais um carimbo estampado no meu passaporte. Conhecer pessoalmente uma pessoa que se tornou uma das mais importantes na minha vida, é não ter palavras pra descrever tal sentimento. Acho que as coisas mais bonitas e verdadeiras na vida a gente não consegue explicar, só sentir.
Espero pisar em solo húngaro muito em breve, porque a saudade é muita, muita mesmo.

//You Might Also Like

//12 Comments

  1. Dayane Pereira

    fevereiro 1, 2014 at 2:16 am

    Nossa, que coisa mais linda! Amo fotos de cidade, ainda mais a noite!

  2. Rafaela Mayrink

    fevereiro 1, 2014 at 1:17 pm

    Olá, esse é meu blog "Leitura com Gordices" e eu queria pedir pra vocês darem uma passadinha lá e dizerem o que acham da nossa ideia 😉
    http://leituracomgordices.blogspot.com.br/

    bjs

  3. Aline

    fevereiro 1, 2014 at 7:32 pm

    Ain, que lindo o teu relato <333 Não sabe como me deixou mais calma justamente por indicar conhecer mais lugares menos "pops". Tentarei intercâmbio pela AIESEC e os países são bem incomuns.

    Um beijo enorme, que ótimo que encontrou alguém tão especial. Você é incrível, iria atrair alguém semelhante.

    Beeeeeeijo, e se cuida! ^^

  4. Lu

    fevereiro 2, 2014 at 12:43 am

    Que fotos LINDAS, que cidade MARAVILHOSA!!! To apaixonada de verdade, quero muito conhecer. Queria muito viajar, queria viajar de mochilão e tal mas tenho 18 anos e meus pais não deixariam! Só que eu queria fazer enquanto sou nova, que dicas tu dá?? Bjsss

    http://theblancnoir.blogspot.com

  5. Gabi

    fevereiro 2, 2014 at 5:27 am

    Que lugar encantador, meu Deus! Ai gente, eu morro de vontade de viajar pra esses lugares. kd dinheiro? kd curso de inglês? haha

    Sabe que eu tenho muito mais vontade de conhecer países que não são tão procurados? Acho que eles possuem uma beleza diferente. Todo mundo vai pra Paris, mas ninguém visita o que tá do lado – e aí que entra o charme! Muito mais legal!

  6. Natasha Magalhães

    fevereiro 3, 2014 at 6:46 am

    Uau, que fotos incríveis! Realmente valeu muito a pena a subida, heim? Parece ser um lugar absurdamente lindo. Adorei as fotos de cima.

    http://www.cerejasnotopo.com

  7. Camila Faria

    fevereiro 3, 2014 at 12:28 pm

    De tirar o fôlego MESMO Taís! Vale – e muito – qualquer subida mais difícil!!!

  8. Larissa Ayumi

    fevereiro 4, 2014 at 10:25 pm

    "Que projeto de iluminação fantástico!" diz a arquiteta dentro de mim.

    "Que lugar lindo! Com certeza tenho que visitar!" diz a exploradora dentro de mim.

    "Que paisagem linda e encantadora para tirar fotos!" diz a fotógrafa dentro de mim.

    "A culinária deve ser bem diferente e ter coisas gostosas" diz a esfomeada dentro de mim.

    Enfim, se esse lugar já desperta tantas sensações mesmo por fotos, imagine pessoalmente. E acho mais que bobagem falarem uma coisa dessas de "com tanto lugar mais interessante para se visitar". Nenhum lugar é desinteressante se você tem a mente e coração abertos, como você disse 🙂

  9. Marilia Sestari

    fevereiro 7, 2014 at 6:20 pm

    Adorei as fotos avermelhadas (:
    Budapeste parece ser incrível e cheia de historias mesmo!

    Beijos

  10. Alessandra

    junho 4, 2015 at 1:02 pm

    Taís, vim aqui fuçar teus posts sobre Budapeste, já que estou indo pra lá e esse é disparado o mais lindo de todos. Dica devidamente anotada! Beijos.

  11. Halászbástya – Nýr Dagur

    março 15, 2016 at 12:03 am

    […] se perde e que nos faz admirar a vista por horas e horas, eu já tinha me apaixonado pela vista do Gellért Hill, mas Budapest é essa cidade linda que não importa o lugar, você sempre vai sair suspirando, seja […]

//Leave a Reply