Bukchon Hanok Village – e as casinhas tradicionais coreanas

Quando você vai pesquisar sobre Seoul, é meio que inevitável não se deparar com as fotos dessas casas tradicionais coreanas que ficam na Bukchon Hanok Village.

Essas casas são chamadas de Hanok e foram inicialmente construídas durante a Dinastia Joseon. As hanoks vão variar de acordo com a região por conta do clima. No norte, por exemplo, elas vão ter uma estrutura mais fechada e no sul elas serão um pouco mais abertas. Na Coreia o inverno é bem rigoroso e o verão é bem quente, sendo assim, as hanoks têm toda uma arquitetura e materiais pensados justamente nisso. Para manter a casa quente no inverno e também bloquear a entrada do sol no verão e deixar o ambiente mais fresco.

Muitas hanoks foram destruídas na Coreia ao longo de sua história, por causa das guerras e ocupações no país. Mas, é possível visitar algumas vilas preservadas onde você pode ver essas casinhas. Além dessas vilas específicas espalhadas pela Coreia do Sul, algumas hanoks em Seoul foram transformadas em cafés, restaurantes ou casas de chá.

Tão lindo!! ♥

A Bukchon Hanok Village em Seoul, fica no topo de um morro entre os palácios Gyeongbokgung e Changdeokgung, dá pra ir caminhando de algum deles até lá. Tradicionalmente essa região era um bairro residencial onde moravam funcionários do governo e da nobreza com cargos importantes durante a Dinantia Joseon. Hoje é um centro cultural que foi preservado e que mostra as hanoks em um ambiente urbano de 600 anos. E lá, você vai ver placas pedindo silêncio ao andar por ali porque também é uma área residencial.

É um bairro muito interessante, cheio de becos e vielinhas fofas. Algumas das hanoks por lá são airbnb ou algum tipo de acomodação. Então quem vai pra Seoul pode ter essa opção de se hospedar em uma casinha tradicional coreana.

Fomos lá já no fim do dia e a sensação térmica era de -18 graus, a vantagem era que não tinha muitas pessoas por ali. Andamos um pouco pelas ruazinhas, mas não chegamos a ver uma hanok por dentro. Queria ter explorado mais esse cantinho tão lindo de Seoul, mas já estávamos na rua fazia um tempo e chegou um hora que ficou impossível. Não tem amante de frio que aguente ficar perambulando por muito tempo nessas temperaturas haha socorro. Tívemos que encurtar a visita e encerrar as andanças do dia. Não rolou de ir lá de novo, mas só o curto tempo que tívemos por lá me fez ficar apaixonada.

Seoul é essa mistura de cidade super moderna com arquitetura tradicional. Algo que você vê sempre ao caminhar pela cidade. Muito impressionante estar ali vendo as hanoks e olhar de fundo aqueles prédios modernos em volta.

Doida pra voltar e conhecer mais dessa área da Bukchon Hanok Village ♥
E quem sabe me hospedar em uma hanok também!

Comments

  1. Já vi tantos doramas aí também que parece que estou em casa ♥ Às vezes fico jogando lugares de Seoul no google maps só pra ficar andando pelas ruazinhas lá HAHAHAHHA loka! Mas imagino que com o frio, devia doer na alma ficar andando! Esses muros, são tão legais e bonitos.

    • Claaaaara, torço tanto pra vc ir pra Coreia um dia, vc vai pirar ainda mais, quem sabe querer ficar lá pra sempre ♥
      hahaha

  2. Eu adoro quando um lugar mistura modernidade com tradição, com algo clássico e que já guardou tantas memórias, histórias e eventos importantes. É sensacional essa mescla em cidades grandes. Quando eu viajo gosto muito de conhecer lugares assim!

  3. -18 !! Caraca!

    Que casinhas lindas! Eu acho incrivel como a Asia eh diferentona e mantem-se tao distante do West. Quero muito conhecer Coreia e Japao.

    Fotos lindas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


Notice: genesis_footer_creds_text is deprecated since version 3.1.0! Use genesis_pre_get_option_footer_text instead. This filter is no longer supported. You can now modify your footer text using the Theme Settings. in /home/jw1nrhfa/public_html/wp-includes/functions.php on line 4716

© 2019 Nýr Dagur · by MinimaDesign