Viagens

Český Krumlov, uma cidade de conto de fadas!

Český Krumlov (pronuncia-se “tiéski krumlóv”), morava no meu imaginário já fazia um bom tempo e sempre falei pra mim mesma que assim que eu fosse pra República Tcheca, eu tinha que dar um jeito de visitar esse lugar.

Por sorte, é bem fácil de chegar lá saindo de Praga. E pra quem não tem muito tempo, também dá pra fazer um bate-volta tranquilamente. Demora cerca de 2h30-3h de ônibus de Praga até lá, mas Český Krumlov é tão pititica que um dia é suficiente pra praticamente ver quase toda cidade. Fora que a passagem também é bem baratinha. Não tem desculpa pra não ir! O ônibus faz duas paradas quando chega à cidade, sendo que a segunda é a mais próxima pra ir andando pro centro antigo. Fui com a empresa Student Agency e tem até uma mini tv em cada poltrona pra ir vendo um filme.

E ao chegar lá é como entrar em uma máquina do tempo e voltar ao passado. Ou melhor, entrar em um livro de conto de fadas. Dá nem pra acreditar que um lugar tão mágico desse existe na nossa realidade.

IMG_9105IMG_9099IMG_1043Český Krumlov é uma cidade com construções medievais muito bem preservadas e não é à toa que o seu centro antigo virou Patrimônio Mundial pela UNESCO.

É de cair o queixo a beleza do lugar e isso atrai muitos turistas, as ruazinhas ficam lotadas que é até difícil tirar uma foto sem alguma cabeça no meio. Mas com paciência, dá pra usar essas pessoas todas como composição nas fotos sem quebrar a magia. E já avisando, o dedinho vai até doer de tantos clicks que você vai fazer, impossível tirar poucas fotos!

IMG_1056IMG_1051IMG_1053IMG_1068IMG_9119IMG_1078

Esse dia a previsão do tempo estava prometendo chuva, mas tivemos sorte de ter ficado a maior parte do tempo seco. O céu anunciava que a chuva iria vir a qualquer momento, só que ela esperou fazermos todas as nossas andanças e começou a chover pra valer mesmo quando já estávamos indo embora. Por isso nas fotos vocês vão perceber diferentes céus.

Se você conseguir ficar mais tempo em Český Krumlov, dá pra explorar mais dessa região da Boêmia do Sul que é lindíssima. Outras atividades pra se fazer na cidade é rafting e canoagem, eu não sei dizer quanto tempo mais ou menos levaria e se daria pra fazer em um bate-volta. Acredito que sim, se você conseguir chegar lá bem cedo, dá pra se planejar pra andar pela cidade e também se aventurar pelo rio Vltava.

IMG_1081IMG_1073IMG_1082 IMG_1089 IMG_1088

O basicão mesmo pra se fazer é se perder por essas ruas, andar por tudo e ver todos esses detalhes fofos da cidade. Por várias vezes fiquei pensando é uma cidade de mentirinha, né, não é possível, de tão lindo que tudo é, fiquei besta mesmo!

E claro, não podia faltar um castelo, é a principal atração da cidade! Tem um museu dentro do Český Krumlov Castle que pode ser visitado. Tem um ingresso que você pode combrar o combo pro museu juntamente com a torre de observação, mas meu objetivo era visitar só a torre, então não sei dizer se vale a pena visitar o museu também porque eu não cheguei a ir.

IMG_9122IMG_1071

É bem baratinho pra subir na torre, se não me engano uns dois euros convertendo o preço da moeda local. Nem precisa dizer que valeu a pena, né? Maravilhoso ver essa cidade de conto de fadas lá do alto!

IMG_1095IMG_9138IMG_9147IMG_9136IMG_1102IMG_1059IMG_9132IMG_1099

O complexo do castelo era bem maior do que eu imaginava (ainda mais pra uma cidade tão pequena!) e passamos um bom tempo andando por ali. Conforme você vai subindo, consegue também ver a cidade do alto por outros ângulos. Eu simplesmente queria parar em tudo que era vista pra tirar mais algumas fotos. Não dá pra cansar de olhar esses telhadinhos fofos e cada detalhe de Český Krumlov. ♥

Mais pra cima dá pra chegar até os jardins do castelo, mas não tirei fotos por lá. Ali é um bom lugar pra sentar um tempinho e descansar e foi exatamente o que eu fiz. Provavelmente não andei por todos os lados do jardim, só que fiquei bastante satisfeita com o que eu vi. O que me chamou atenção também foi o tanto de áreas livres que você podia circular sem precisar pagar, achei maravilhoso!

O que não gostei, foi que na entrada do castelo eles mantinham um urso em cativeiro (mas parece que tem mais). Ao atravessar a ponte de entrada você podia ver lá embaixo (no fosso?) o coitado do urso andando de um lado pro outro todo agoniado, meio que andando em círculos. Qual a necessidade de manter um urso ali? Pelo que eu li era uma tradição da época em que a família Rosenberg comandava o pedaço. E desde o século 16 ursos são mantidos ali, até tem um festival do urso na cidade. Dá pra ver que as condições são precárias pra eles, mas parece que estão renovando essa área visando o bem estar desses animais. Só que ainda bato na mesma tecla de que não tem necessidade alguma de mantê-los ali, pura crueldade. Galera passa, grita, joga coisas lá embaixo. Triste de ver, free the bears!

IMG_1105IMG_9134IMG_9162IMG_9165 IMG_9166 IMG_9174IMG_9180IMG_1101

Para quem gosta de Egon Schiele, pode também visitar um museu sobre o pintor austríaco na cidade, parece que ele viveu um tempo em Český Krumlov. Outros museus que tem lá são esses do tipo ~tourist trap~, como museu de cera, museu de tortura etc. Mas se você curte essas coisas, tem essas opções também. Só que garanto que dá pra se manter bem ocupado só andando por essa lindeza de lugar!

IMG IMG_9190 IMG_9216

No meu caso, essa visita de um dia em Český Krumlov não foi um bate-volta saindo de Praga. Eu estava indo pra Áustria e o ônibus pro meu próximo destino saía de České Budějovice, uma cidade bem pertinho de Krumlov, cerca de 30 minutos. O que compensava mais era ir dormir em České Budějovice, já que ficaria mais barato (fica essa dica aí também). E os ônibus entre as duas cidades é bem baratinho, coisa de uns €2.40 ida e volta!

Não tirei fotos em České Budějovice, mas dei uma volta pelo centro antigo à noite e adorei! Lá eu comi um Smažený sýr, que é um prato típico da antiga Tchecoslováquia, hoje em dia ainda bem consumido na República Tcheca e Eslováquia. O Smažený sýr é um queijo frito, normalmente servido com batatas e uma salada. Eu achei bem pesado pra mim, não consegui comer inteiro, mas é bem bom!

Fiquei muito feliz de ter conhecido um pouquinho da República Tcheca visitando esses lugares e voltaria pra conhecer mais sem dúvida alguma. Impossível não sair de Český KrumLOVE suspirando, muito amor mesmo e com certeza fechou com chave de ouro minha curta visita à esse país! ♥

//You Might Also Like

//33 Comments

  1. Camila Faria

    setembro 4, 2017 at 10:53 pm

    Mas gente, que lugar mais gracinha. O perigo é eu visitar e querer ficar pra sempre. Fofo demais (tirando essa história do urso, que me deprimiu um pouco). :/

    Beijo, beijo :*

    1. Taís

      setembro 5, 2017 at 12:51 am

      É um perigo real viu, Cá! xD
      Pois é, essa do urso lá também me depriu quando eu vi 🙁

  2. Laura Nolasco

    setembro 5, 2017 at 5:04 am

    Que lugarzinho de sooonhooo!
    Eu não posso ver essas cidades com essas casinhas que fico imaginando mil ensaios fotográficos lindos, socorro hahahaha
    Que chato essa coisa dos ursos, realmente desnecessário :/
    Adorei o post,
    Beijos!

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:36 pm

      Quando estava andando por lá vi alguns fotógrafos fazendo ensaio mesmo, Laura!! Imagino que deva ficar maravilhoso com esse cenário! 🙂

  3. Aline Laudelina Pires

    setembro 5, 2017 at 12:25 pm

    Fora a parte do urso, tudo parece ter saído de um conto de fadas.. lindíssimo mesmo. mas confesso que estou até agora tentando pronunciar o nome do local kkkk

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:41 pm

      hahaha na verdade é bem fácil, só essas letrinhas diferentes em tcheco que assustam xD

  4. Luis Felipe

    setembro 5, 2017 at 12:27 pm

    Cidadezinha encantadora mesmo! Parece até uma maquete de tão perfeitinha!!! Lindas as tuas fotos!

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:41 pm

      Verdade, Luis, parece uma maquete mesmo!

  5. Ana

    setembro 5, 2017 at 2:30 pm

    Que lugar encantado! Parece mesmo cenário de contos de fada, onde seres mágicos vivem. O tipo de cidade que gosto de visitar, de estar, de passar um bom tempo percorrendo ruas, experimentando sabores, imaginando a vida pregressa. Bom saber de sua existência para que possa visitá-la qualquer dia desses. 🙂

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:43 pm

      Espero que você consiga ir visitar, Ana.. é uma cidade muito encantadora! 🙂

  6. Jennifer Macieira

    setembro 5, 2017 at 5:04 pm

    Que amor de lugar ♥
    mais um cantinho pra lista que só cresce…

  7. Katarina

    setembro 5, 2017 at 5:21 pm

    Que cidade mais linda, to apaixonada! ♥ Mas fiquei chocada com essa história do urso, que tristeza :'(

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:46 pm

      Pois é, esse lance do urso é triste mesmo 🙁

  8. Ana Poli

    setembro 5, 2017 at 7:30 pm

    Que cidadezinha linda! Agora, se você gosta desse tipo de cidadezinha medieval que parece de mentira (pelo que vi, você amou haha) te convido para vir aqui na Estônia visitar Tallinn! Nem vou falar mais nada, você tem que vir aqui ver! 😉

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:49 pm

      Eu amo esse tipo de cidade, Ana.. e Tallin tá no topo da minha lista, é uma das cidades que eu mais tenho vontade de conhecer, fiz até um post aqui no blog http://nyrdagurblog.com/5-cidades-que-eu-gostaria-de-conhecer/

      Não vejo a hora de ir <3

  9. Helen Waldemarin

    setembro 6, 2017 at 3:00 am

    Que cidade fofa!!! E essa torre, que linda! E com essa vista incrível da cidade, fica perfeita!!!

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:50 pm

      a torre é linda mesmo, vale a pena subir lá!

  10. Gabi

    setembro 6, 2017 at 10:18 am

    Que cidade linda! Eu ouvi falar dela outro dia, e até fui no seu feed do IG pra saber se era o mesmo lugar onde você esteve hahaha.. Coisa linda! Eu tava achando que a cidade tinha um quê de Berna, aí quando chegou na parte dos ursos em cativeiro, nem tive dúvidas. Mas fato que essa vista aérea cheia de telhadinhos e árvores me lembrou um pouco minha cidade 🙂 Adorei que você saiu de Praga, porque eu praticamente nunca vi nada além da capital, ninguém nunca vai pra outro lugar, e é bom pra inspirar a gente, né? Beijos!

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 2:54 pm

      É muito lindinha essa cidade, Gabi. Vale super a pena sair de Praga e ir até lá conhecer… Tem países que isso acontece mesmo do turismo ficar mais concentrado na capital, mas em um país tem tanto cantinho legal pra conhecer, né? E nem tão difíceis de chegar! 🙂
      beijos!

  11. Kelly

    setembro 6, 2017 at 3:47 pm

    Nossa amei essas imagens, deve ser uma cidade bem tranquila mesmo de se viver.
    Parabéns pelo conteúdo atrativo deste site !

  12. Thayse

    setembro 6, 2017 at 4:58 pm

    Guria, que amor de lugar, que lindas as tuas fotos! Fez um dia super bonito no fim das contas e o lugar é impressionante! Eu me senti um pouco assim em Toledo, achei demais a cidade, fiquei completamente encantada com o estilo dela e as construções – uma pegada medieval só que com influência árabe e ainda aquela vista do Rio Tejo. É demais ❤ E ah, amei saber que a passagem pra essa cidade é super barata – vale mesmo dar um pulinho ai e fazer fotos sensacionais. Só fiquei com pena dos ursos ;/ que triste isso. E deixa eu te perguntar: tu foi sozinha nessa trip e encontrando amigos no caminho? Desculpa se tu já falou, mas sou distraída 🙁

    Beijos,
    brilhodealuguel.com

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 3:12 pm

      Ahh imagino que Toledo seja outra cidade muito legal pra visitar!
      Sim, na Republica Tcheca se acha umas passagens beeeem em conta, vale super a pena explorar mais do país!
      Eu acho que não falei não, Thay. Essa viagem foi um pouco de tudo em vários sentidos, uma parte eu estava sozinha, outras encontrei com amigos, outras com o boy 🙂
      Beijos!

  13. Juliana Rios (Juny)

    setembro 7, 2017 at 2:19 pm

    Nunca tinha ouvido falar de Český Krumlov, que lugar mais lindo! <3
    E sobre o urso, realmente muito desnecessario… Por mais que fosse tradição no passado, hoje em dia o publico não procura esse tipo de atração, deveriam dar condições melhores para os animais, tirar do cativeiro…

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 3:13 pm

      Pois é, Juny! Acho que é uma tradição que não tem por que manter, sabe? Super desnecessário!

  14. Vanessa

    setembro 7, 2017 at 7:11 pm

    Que lugarzinho mais fofo, gente. Eu amo essas cidades com ar medieval, que fazem a gente sentir que entrou num livro ou num filme de época. Me lembra um pouco Meißen na Alemanha. Já visitou? É perto de Dresden e é lá que fica o castelo mais antigo da Alemanha pelo que li.
    Ah mas como assiiiiiimmm mantém um urso ali? :O chocada como ninguém faz nada pra mudar essa situacao. Esse tipo de coisa me revolta tanto. O ser humano parece que nao tem coracao.

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 11:00 pm

      Nunca visitei Meißen, Vanessa.. mas se é perto de Dresden melhor ainda, quero muito voltar pra essa região e uma paradinha em Meißen acho que vai cair bem, hein? haha já tô aqui planejando um roteiro na minha cabeça <3
      E isso também me deixa chocada, como que o ser humano pode ser cruel assim =/

  15. KARINE

    setembro 7, 2017 at 9:30 pm

    nossa ta, essa história do urso é muito bad, que tristeza 🙁 achei a cidade muito fofa, cara de contos de fada mesmo, mas agora não consigo parar de pensar nisso, socorro :/

    1. Taís

      setembro 7, 2017 at 11:01 pm

      siiim, Kah.. bad demais :'(

  16. Wanila

    setembro 10, 2017 at 1:26 pm

    Que cidade incrível, Taís! Parece mesmo um conto de fadas. As fotos tiradas de cima, com os telhadinhos todos, me encantaram muito! Que desnecessário esse negócio do urso né? Tomara que mudem!

  17. Xica

    setembro 17, 2017 at 4:01 am

    Linda a cidadezinha, parece de conto de fadas mesmo, esses telhados, cada detalhe da arquitetura, é de se perder mesmo andando por lá e prestando atenção em tudo!!
    A única parte chata mesmo achei a do urso, coitado, desnecessário 🙁
    bjus

  18. Hallstatt: a vila mais bonita da Europa - Nýr Dagur

    setembro 18, 2017 at 11:16 pm

    […] você tiver oportunidade de visitar Hallstatt não pense duas vezes. Junto com Český Krumlov, Hallstatt foi o lugar mais fofo/lindo/gracinha que eu já conheci. É de ficar de boca aberta  e […]

//Leave a Reply