Irlanda

Cliff Walk to Greystones

Fizemos essa trilha pelos cliffs em outubro do ano passado (sim, mais uma postagem atrasada), acho que foi o dia que mais andei aqui em terras irlandesas. A trilha tem 5.5km e pode chegar a durar até 3 horas, vai depender da sua disposição e quantas vezes você parar durante o percurso. É impossivel não fazer pausas, por dois motivos: primeiro, a trilha é longa e bem cansativa, não é uma trilha difiícil, mas a distância vai te pegar e nada como descansar um pouco pra pegar mais energia. Segundo, a vista é linda durante o percurso, paradas obrigatórias para fotografar. hehe

Essa trilha tem duas opções, começar em Bray e terminar em Greystones (foi o que fizemos) ou começar em Greystones e terminar em Bray. Se você se cansar muito pode pegar um ônibus ou o trem pra fazer o caminho de volta, nós fizemos tudo a pé mesmo, pegamos um outro caminho pra voltar, foi mais longo e não tão bonito assim, vale a pena voltar pelo mesmo caminho e admirar a paisagem mais uma vez.
 Galera animada ainda no começo, a volta foi bem suuuufrida, ô dó!
Levem bastante água e alguma comidinha também. Como o caminho é longo, vai dar aquela fome dependendo do horário e não tem lugar pra comprar nada no meio dos cliffs. Fomos de manhã e fizemos nosso almoço no meio da trilha mesmo, levamos lanches e mais algumas besteirinhas também.
Pegamos um dia cinza e frio, sorte nossa que não choveu!

 

(meu cabelo na época ainda era essa juba de leão com um pouco de ruivo)
Pela quantidade de fotos dos trilhos acho que deu pra perceber o quanto eu gostei deles, achei demais cortando pelos cliffs deixando a paisagem ainda mais interessante.

Como disse no começo, não é uma trilha difícil, tem poucas subidas e o caminho é bem tranquilo. Umas partes você passa no meio de uma mata um pouco mais fechada, mas grande parte do trajeto é bem aberto e também é todo sinalizado, não tem como se perder.
A Irlanda tem umas trilhas bem legais de fazer, acredito que essa seja uma bem tranquila  até pra quem não é tão fã assim desse tipo de atividade, no nosso grupo só eu e mais uma gostamos mesmo e os outros foram meio pela nossa insistência, mas acabaram gostando bastante também.

Cansados de fotos? Aguenta mais um pouco que tem mais, nossa chegada em Greystones! Sentamos pra descansar um pouco perto do mar e nos preparar pra volta. Abriu um pouquinho de céu azul, parece até que foi uma recompensa por termos completado a trilha.

Esse meu tênis anda até sozinho já, faz um bom tempo que tenho ele e eu simplesmente amo, é muito confortável e me acompanha nas minhas aventuras, não quero saber de trocar.  Sei que preciso de um novo, mas sempre fico nesse apego com o meu bom e velho Adidas, uma vez meu pai teve que jogar fora um tênis meu pra eu poder comprar um novo. hihi

E claro, sempre tenho que ir na ponta e matar todo mundo do coração pensando que eu vou cair. Mas ó, garanto que a sensação é maravilhosa (não a de matar os outros do coração 😛  mas sim de sentir a natureza).

E que venham mais trilhas! Agora parece que o tempo vai esquentar um pouco mais e com fé as chuvas vão diminuir, nos permitindo mais atividades ao ar livre. A última que fiz foi a montanha Sugarloaf.

Eu super incentivo as pessoas a fazerem trilhas, faz bem pra saúde física e mental. É ótimo pra estar perto da natureza e conhecer lugares, é uma combinação que só nos acrecenta de uma forma muito positiva. Não só aqui, mas em outros lugares tenho certeza que você vai achar trilhas muito legais, a desculpa de que moro na cidade grande e não tem… Não vai rolar! Em SP pelo menos, tá cheio de trilhas legais bem pertinho da capital. Nada de marcarem shopping para o próximo final de semana, marquem uma trilha com os amigos e venha aqui me contar ou mostrar fotos que eu vou adorar ver, principalmente se for uma que eu não conheço. Ta ai meu desafio pra vocês! 🙂

//You Might Also Like

//13 Comments

  1. Camila Faria

    maio 28, 2014 at 1:45 pm

    Nossa Taís, eu fico viajando nesses seus posts ao ar livre… Que lugares maravilhosos!!! Eu tenho muita vontade de fazer mais programas assim, trilhas, caminhadas perto da natureza… Não tem nada mais gostoso, né?

  2. Clayci

    maio 28, 2014 at 5:01 pm

    que delicia <3
    paisagem linda, fotos perfeitas

  3. Aryadne Araújo

    maio 28, 2014 at 9:16 pm

    Nossa Taís, que legal! Eu adorava fazer trilhas no Brasil! Vendo agora suas fotos me deu mó saudade!
    Que vista maravilhosa essa trilha proporcionou! Babei nas fotos!

  4. Paula A.

    maio 29, 2014 at 12:14 am

    Aff Irlanda maravilhosa <3
    Entendo totalmente seu apego aos sapatos queridos, tenho disso também – mas com sapatilhas. E acho lindas essas fotos na beira de penhascos e etc, fico imaginando se eu teria coragem de fazer o mesmo. Desastrada do jeito que eu sou, talvez não seja uma boa ideia xD

  5. Larissa Ayumi

    maio 29, 2014 at 1:39 am

    Chega até a ser repetitivo, mas não tem como não comentar: que fotos e paisagem lindas!

    Trilhas são tããão divertidas, mas faz teeeeempo que não faço com bastante freqência. Quando era criança meus pais levavam a gente para as do Horto Florestal/Serra da Cantareira, mas a gente foi crescendo e perdendo o costume… uma pena, né? Recentemente, depois de um longo e tenebroso inverno, fiz uma do Horto Florestal de Campos do Jordão, e como me fez bem! A vista das araucárias e do rio foi maravilhosa, realmente uma lavagem na alma 🙂
    Essa trilha que você fez realmente tinha vistas lindos por todo o canto, pelo que pude ver nas fotos!
    Eu também curto um tênis velho, estou com um par já faz uns 6~7 anos, ele está descolando a sola na parte de trás e na frente, mas eu insisto em usar, qualquer dia a sola sai e eu fico por aí de tênis sem sola hahahahaha!
    E sobre o cabelo, o meu tá igual ao seu nessas fotos, bicolor hauehauehauhau!
    Estou adorando os seus posts Taís 🙂

  6. Larissa Ayumi

    maio 29, 2014 at 1:41 am

    Ah, e sobre a Lindsey aí em Dublin (eu respondi no meu post mas vou colocar aqui também): WOOOW! Você vai? Se for, aproveite por você e por mim, deve ser incrível ver essa menina tocando ao vivo! Ai Lindsey, vem pro Brasil logo! 🙂

  7. Georgia Visacri

    maio 29, 2014 at 4:08 pm

    Taís, que bacana esse passeio! A vista é realmente espetacular, como resistir, né?
    E você, está linda nas fotos 😉

    Também quero fazer trilha… vou procurar para fazer por aqui

  8. Anne

    maio 29, 2014 at 4:53 pm

    Que paisagens lindas, deve ter sido incrível!
    Beijo

  9. Thay

    maio 29, 2014 at 11:46 pm

    Fico admirada com esses "paradões" que dão de cara pro mar, aí pelas bandas da Irlanda parece que tem deles em todo canto (bem, pelo menos na costa, HUAHAUHAU) e os acho lindos! E eu já ia mesmo comentar da sua foto pendurada na beira, hauhaua! Mas eu faria a mesma coisa, olha que espetáculo de vista! Talvez eu ficasse bem medrosa no começo, ficar ali sentadinha na beirada, mas o visual compensa. Ah, aqui em Cwb tem alguns parques que dá pra andar bem por eles. Claro que não são exatamente trilhas, nem são longas, mas eu gosto da sensação de estar em contato com a natureza. (:

  10. Brigadeiros e Barcelona

    maio 30, 2014 at 2:23 am

    Ah, sou louca pra conhecer! Ótima lembrança!

  11. Gabriela

    maio 30, 2014 at 2:57 pm

    Eu adoro fazer trilhas ainda mais em boa companhia. É incrível a sensação de descoberta e ficar em contato com a natureza. Queria ter feito essa trilha junto com vocês!

    meu amigo está morando na irlanda e ele organiza umas turmas de brasileiros de tempos em tempos para fazer essa trilha. Pelas fotos deu para sentir a energia do lugar. Sensacional!

    bêjo.

  12. รяª Nathalia

    maio 31, 2014 at 12:17 am

    Que delicia!

    Fazer trilha é sempre uma ótima Opção. Ir de trem tudo passa muito rápido e não é possível apreciar as paisagens tão detalhadamente.
    Esse efeito da câmera é massa!

//Leave a Reply