Conhecendo Montevideo

Toda vez que eu lia relatos de viagens sobre a capital do Uruguay, eu via que as opiniões eram bem divididas. Uns amam, outros acham a cidade sem graça. E infelizmente, passei menos tempo do que eu gostaria por lá, já que nosso voo saindo de SP atrasou, fazendo a gente perder um dia na cidade.

Mesmo tendo apenas um dia de fato pra explorar bem Montevideo, eu gostei muito. A cidade tem seu charme e várias coisas legais pra oferecer. A minha surpresa foi chegar e me deparar com os preços, foi muito mais cara do que eu imaginei. Refeições que beiravam quase o preço do que pagamos em Dublin. Na minha inocência seria algo no estilo São Paulo ou até mais barata. Mas, valeu a pena mesmo assim.

Vou fazer uma listinha de coisas que fizemos em Montevideo e gostamos bastante. A fofa da Jamile do blog Viver Uruguay me deu dicas maravilhosas. Recomendo muito pra todo mundo que estiver indo pra lá ou quem tenha interesse no país, dar um pulo lá no blog dela que tem um conteúdo incrível sobre o Uruguay.

Vista panorâmica da prefeitura de Montevideo


Ver Montevideo das alturas é fácil e de graça. No prédio da prefeitura tem um mirante bem legal e o acesso é gratuíto. Por dica da Jamile, achei que realmente foi uma ótima ideia começar nosso passeio por ali. Era dia de semana e não estava muito cheio. O legal também é que tem placas informativas, contando sobre alguns pontos da cidade.

E ver lugares do alto é sempre uma das minhas coisas favoritas de se fazer em viagens.

Plaza Independencia
A praça principal de Montevideo, fica bem no centro, entre a Ciudad Vieja e o centro novo. Meio que impossível não passar por ela, inclusive passamos mais de uma vez, durante nossas andanças.

Achei ela bem bonita e com prédios (e pontos) bem interessantes a sua volta. Uma pena que não deu pra ir conferir tudo.

Teatro Solís
Fizemos uma visita guiada no Teatro Solís para ver seu interior, fiquei impressionada com a beleza desse lugar, ainda mais no salão principal. Deve ser incrível ver alguma apresentação ali. Muito bom também pra saber mais da história desse teatro e seu significado pra cidade.

Demos a sorte de estar lá numa quarta feira, quando acontecem visitas guiadas gratuítas. Você pode ir em grupos de acordo com o idioma, tem inglês, espanhol, português e se não me engano em fracês também. Queria ter pego o grupo do português pra minha mãe entender, mas já estava tudo esgotado. Então fomos no do espanhol que ela conseguiria acompar melhor e o boy foi no do inglês. Achei legal essas opções de idiomas. É bom chegar cedo pra pegar lugar certinho (se não me engano eles começam a liberar os ingressos uns 30 minutos antes da visitação), ainda mais no tour em português que aparentemente é o que lota mais rápido.

Não gostei muito das fotos que fiz lá com o celular, fica essa aqui só pra ilustrar

Street Art
Gosto bastante de artes de rua e amei muito as que vi em Montevideo. Tá cheio de artes lindíssimas pela região da Ciudad Vieja e arredores. Fui registrando algumas que consegui e ficava doidinha quando via algumas pela janela do carro, queria descer e ver de pertinho. hehe

Fiquei encantada, olha só!

Essa foi minha favorita, amei muito essa mensagem girl power, que lindeza ♥
Liberacíon Animal! Não lembro o nome dessa rua, mas tinha outras artes por ali sobre veganismo ♥

Cafés em Montevideo
Tem dois cafés maravilhosos que acho que deveriam ser parada obrigatória na cidade e são pertinho um do outro. Amei demais e vou mostrar aqui quais são:

Café Brasilero

O Café Brasilero se não me engano é o café mais antigo de Montevideo, desde 1877 (mas posso estar enganada).
Comemos um lanchinho bem bom por lá, e claro, as medialunas. Não deixe de comer as medialunas, por favor. Quase comi chorando de tão maravilhosas, sério.
Estava cheio quando fomos, então acabei não tirando muitas fotos por dentro. A decoração é bem charmosinha, um lugar muito gostoso de passar um tempo.

La Farmacia Café

O La Farmacia Cafe, como o nome sugere, é dentro de uma antiga farmácia. Eles mantiveram toda a estética do lugar, inclusive o letreiro na entrada, que se você passa despercebido, você acha que é realmente uma farmácia.

Arrisco dizer que esse foi o café mais lindo que eu já visitei na vida. Amei demais e me senti como se eu tivesse dentro de uma farmácia antiquíssima, porem em um café ao mesmo tempo. Que ideia genial.
Comemos um ”brunch”, digamos assim, no nosso último dia por lá e foi bem gostoso e o local estava vazio, então consegui fazer umas fotos. Fiquei apaixonada demais!

Andar pela Ciudad Vieja
Ficamos hospedados em um apartamento bem gracinha em Ciudad Vieja e adorei andar por ali. Aquele ar do antigo e seus detalhes têm seu charme. Achei essa região bem bonita, mas acredito que tenha gente que não veja nada demais ali. De qualquer forma, se hospedando ou não, acho que é valido dar uma passadinha por essas ruas.

Fomos também ao Mercado del Puerto, não tirei fotos, andamos um pouquinho lá dentro só pra dar uma olhada. E também, em uma curta caminhada do centro, fomos pra perto do mar em um fim de tarde. Que lindeza, ter o mar por perto dá sempre um encanto mais especial pra qualquer lugar.

Durante nossa estadia no Uruguay alugamos um carro. Pra gente foi a melhor opção, estando em 3 pessoas e com o tanto de dias que tínhamos disponíveis. Fizemos aquele roteiro clássico: Montevideo, Punta del Este e Colonia del Sacramento. Só de ter ido até a capital já teria sido uma viagem bem legal, mas esse combo com certeza foi a melhor coisa. Que amorzinho que é esse Uruguay, viu.

Outra coisa que fez nossos corações ficarem ainda mais apaixonados: o povo uruguaio. Que simpatia!! Muita alegria em poder encontrar pessoas tão queridas. A começar por todo cuidado e ajuda da dona do Airbnb, que foi super paciente também com meu espanhol mega enferrujado. Do desconhecido que encontramos na rua, ele parou e se ofereceu pra tirar uma foto de nós 3, e ao ir embora, perguntou nossa nacionalidade e disse: muito obrigado por virem visitar o Uruguay. Gente!!! ♥♥

E claro, não poderia esquecer do senhorzinho do estacionamento que cuidava dos carros durante à noite. Cheguei pra tirar dúvidas, novamente com meu espanhol enferrujado e misturando tudo com inglês. Pedi desculpas e disse que talvez era melhor eu conversar em português com ele. Dai com toda paciência do mundo, ele só me falou: não, continua em espanhol que eu estou entendendo tudo, você é menina poliglota, por isso mistura tudo? Que amor! ♥ Ele ficou super curioso com a minha história, fez várias perguntas e ficamos batendo o maior papo. Ainda deu dicas do que era pra gente fazer e as cervejas que tínhamos que provar no Uruguay. Disse que iria cuidar do nosso carro direitinho e que avisaria pro cara do outro turno que ”a menina poliglota que mistura idiomas”, iria buscar o carro de manhã. Eu fiquei com o coração mole, que amor de pessoa!

Quando penso em descrever esse país, o que me vem na cabeça é: Uruguay é poesia. Com a gentileza do seu povo, seu charme e seus encantos, e com Jorge Drexler de trilha sonora ao fundo.

E guardo tudo isso em um espaço especial no coração. ♥

Comments

  1. Nossa, amei seu relato pq me encheu de vontade de conhecer o país, que sempre estava encostadinho no canto na minha lista de viagens!
    Esse café na farmácia antiga deve ser maravilhoso!
    O legal é que, aqui do Brasil, um feriadinho de 3 dias já é suficiente pra conhecer Montevideo, né?
    Amei os grafites, esse das “GRL POWER” está demais! =)

    Beijos e uma ótima semana pra vc!
    Gábi

    Blog @gabrielaer
    Ig: @gabrielaer

    • Ah, não deixe o Uruguay encostadinho no canto da sua lista. É um país muito adorável e vale muito a pena conhecer 🙂

  2. Ah, seus relatos são sempre tão encantadores!
    Como a gente lida com a vontade que fica de conhecer cada cantinho desses?
    Amei o post, as fotos, a descrição… e fiquei doidinha com esse café/farmácia!
    Beijos!

  3. Eu conheci Montevideo em 2017 e amei!! Esses dias fiz o scrapbook da viagem e morri de saudades de todos os lugares/cantinhos que conheci ♥

    P.S: Amei as tuas fotos e o teu relato, Taís ♥

  4. Ah, primeiro imagino que toda a viagem tenha sido muito especial por ter levado sua mãe. Mas, todas essas pessoas especiais que se disponibilizaram em ajudar você de alguma forma e só de terem paciência é uma coisa toda especial.
    Eu fiquei com muita vontade de ir nesse café! Nossa senhora!
    Aqui no Rio de Janeiro, uma vez eu consegui ir no prédio mais alto com meu amigo fotografo, que deu um migué falando que era estudante de arquitetura, o cara deixou a gente subir, pena que não deu pra ir lá em cima porque estava em obra, mas conseguimos ir no último andar com janelas para o Rio e Niterói! Surreal, ver o centro do rio desse jeito. ♥ Então posso imaginar como tenha sido super bacana ver o Uruguay de cima.
    HAHAHAHA meu deus! surpresa que as coisas são caras também! chocada, sempre pensei que a gente se sentiria rycas nesses lugares.

  5. Que relato mais amor, Taís! Que cores mais deliciosa dessas fotos. Me passa uma calmaria, suavidade, tranquilidade. Encantada com esse prédio de esquina com janelas cor-de-rosa e avestruzes pintadas no térreo. E o café farmácia! Amaria conhecer. Me lembrou uma farmácia de manipulação que eu costumava ir com a minha mãe quando criança. Achava lindo aqueles armários escuros e todos aqueles vidrinhos antigos. Acho que a gente tem alma antiga, hahaha

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


Notice: genesis_footer_creds_text is deprecated since version 3.1.0! Use genesis_pre_get_option_footer_text instead. This filter is no longer supported. You can now modify your footer text using the Theme Settings. in /home/jw1nrhfa/public_html/wp-includes/functions.php on line 4716

© 2019 Nýr Dagur · by MinimaDesign