Irlanda

County Clare

Quando completei meus dois anos na Irlanda, fiz esse post aqui, lá contei que pra celebrar a data fiz uma viagem pra costa oeste, no Condado de Clare. E finalmente, vou começar a postar aqui os lugares que visitei nessa viagem de comemoração.
Já avisando que Clare vai dar as caras aqui no blog mais vezes, não foi apenas essa viagem por causa dos meus dois anos, desde então já perdi as contas de quantas vezes fomos e voltamos de lá, entre os meses de agosto- setembro era quase todo o final de semana pelos lados da costa oeste. Tudo culpa do lindo  que nasceu e morou lá praticamente a vida inteira, o engraçado é que ambos estão em Dublin há dois anos e agora eu sinto como se Clare também fosse minha casa aqui. É um sentimento muito gostoso ir pra lá, eu me sinto tão em casa que passar um tempinho sem ir pra Clare me faz sentir muita saudade.
O Condado de Clare até que é grandinho sim, se não me engano é o sétimo maior condado da Irlanda. E nesse dia do meu anivérsario irlandês já começamos conhecendo essa região maravilhosa aqui:

 

The Burren – Eu não sei nem como explicar esse lugar, é muito fascinante toda essa formação geológica da região que parece até que você tá em outro planeta. É muito pedra, minha gente.. muita pedra!  E da pra acreditar que foram o vento e a chuva (duas coisas que não faltam na costa oeste) que esculpiram essa superfície inteira de calcário? A natureza é algo que não dá pra explicar, só sentir! ♥
Outra coisa que achei impressionante é que lá tanto plantas árticas, mediterrâneas e até alpinas habitam uma do ladinho da outra, tudo isso por conta desse ambiente diferente da região, e bota diferente nisso, né?

E também.. o The Burren National Park é um dos 6 parques nacionais da Irlanda e lá dentro dá pra fazer trilha e ver outros lugares bem impressionantes.

Como tínhamos umas trocentas mil coisas pra fazer nesse dia, nossa passadinha por aí foi rápida, mas não faltará oportunidades de ir fazer uma dessas trilhas dentro do parque, me aguarde!
E antes de ir conferir a próxima atração (ainda dentro do parque), uma paradinha pra tirar foto das ruinas de um castelo. Tudo bem? Espero que não se importem.

Aliás, esse castelo me chamou atenção por causa desse estilo diferente, olha essas janelas! Acho que nunca tinha me deparado com algo desse jeito. O lindo me explicou que ele pertencia à uma pirata Irlandesa muito doida, chamada Gráinne. Não sei o nome do castelo e nem muitas outras referências, mas né, pausa merecida porque achei ele bonitão!

Mas continuando pro lugar que fomos realmente ver!

Poulnabrone Portal Tomb – E dentro do Burren, fica esse dólmen datado lááá do período Neolítico, antes de Cristo (!!!!). É um sítio arqueológico muito visitado aqui na Irlanda, achei muuito lindo (adoro essas coisas) e fiquei imaginando o tanto de coisa que não se passou por alí no passado, sempre fico arrepiada quando visito lugares dessa magnetude.

Acredita-se que era um local sagrado para rituais, como também algo para fazer marcação do período que as pessoas da época viviam. Nas escavações foram encontradas pessoas enterradas, entre adultos e crianças, até recém nascido, e  também objetos pessoais, machados, pingentes, cristais..

O lugar é todo protegido por motivos de preservação, como vocês sabem, sempre tem um tonto pra querer subir nas pedras ou estão danificar a área.

 

Clare também faz parte da rota turística  The Wild Atlantic Way e depois de saírmos de lá fomos dirig pela costa e um trecho que faz parte dessa rota também. Esse Atlântico Norte não decepciona e que sensação linda de ver esse mar aí, com aquele vento bem wild que só ele sabe ter!

E o dia não acabou por aí não (eu disse que foi uma comemoração de aniversário irlandês muito incrível?), seguimos pra Doolin e bem… foi amor a primeira vista! E pra ‘terminar’ o dia em grande estilo, fomos até os Cliffs of Moher, mas isso fica pra um outro post. Nesse dia também vimos mais de um arco-íris e aqui tá um deles. Será que foi um presentinho da Irlanda pra mim nesse dia tão especial? Vou acreditar que sim ♥

//You Might Also Like

//18 Comments

  1. Bárbara Hernandes

    outubro 30, 2015 at 10:05 am

    Clare (e todo o oeste da Irlanda) é de babar mesmo, tudo lindo, intocado, wild. O The Burren, por exemplo, é um negócio espetacular, dessas coisas que a gente não vê em nenhum outro lugar no mundo, né?

    ps.: sempre que viajo pela Irlanda fico besta vendo aqueles mega casarões pela estrada… quem são as pessoas que compram essas mega casas no interior do interior? rs

    1. admin

      novembro 2, 2015 at 9:22 pm

      Sim, o The Burren é sensacional <3

      Mas esses casarões no interior acabam saindo mais barato que casas pequenas na capital! haha

  2. Camila Faria

    outubro 30, 2015 at 11:12 pm

    Não me canso de ver todas as coisas lindas, que só existem na Irlanda. Obrigada por compartilhar sempre com a gente Taís, me sinto privilegiada de ver essas maravilhas ~ mesmo que só pelas suas imagens lindas!

    1. admin

      novembro 2, 2015 at 9:39 pm

      Awnn Cá! Não precisa agradecer, é um prazer enorme pra mim vir aqui mostrar essas lindezas e ainda saber que tem gente que gosta, fico feliz que vocês podem sentir um pouco das maravilhas da Irlanda pelas minhas imagens <3

  3. Thay

    outubro 31, 2015 at 1:58 pm

    RUÍNAS. DE. CASTELO.

    MY GAWD.

    Pronto, me ganhou pra vida! Tudo bem que eu já tinha me apaixonado pelo visual das primeiras fotos, sempre incríveis, mas aí vi ruínas de castelo e pronto, tô perdida e preciiiiiso conhecer. Deve ser tão mágico morar em um lugar que reúne tudo isso em um mesmo espaço! Não estou desmerecendo nosso Brasil, longe de mim, mas imagina ir passear nos arredores de casa e dar de cara com as ruínas de um castelo. Não, não vou superar isso, HAHA. ♥

    (e saquei o lugar das ruínas, aposto que é o lugar em que faremos nosso evento 'dia de dançar pelados', never forget)

    Beijo!

    1. admin

      novembro 2, 2015 at 9:43 pm

      HAHAHAHAA sim!! E por ali mesmo, Thay!!
      Ai nem fala, passeando por todo esse condado fiquei de boca aberta, uma ruína aqui e outra ali, um castelo aqui e outro ali.. e fiquei de boca aberta que esse lugar maravilhoso é onde meu namorado passou a infância, cresceu e viveu tudo isso com aquele sentimento de 'minha casa'… que incrivel, né? *_*

  4. Wanila Goularte

    novembro 1, 2015 at 7:23 pm

    Ai gente, que lugar maravilhoso, fiquei com MUITA vontade de conhecer. Nos últimos anos tenho cultivado uma paixãozinha pela Irlanda que só cresceu depois que conheci seu blog. Posso pegar a primeira foto da parte que você fala do Atlântico Norte pra colocar de plano de fundo do meu computador?!

    1. admin

      novembro 2, 2015 at 9:55 pm

      Pode pegar sim, Wanila, sem problemas! 🙂

  5. Andrea

    novembro 2, 2015 at 2:39 pm

    A gente completou 2 anos de Irlanda em setembro, e claro, festejamos também fazendo uma viagem pela Ilha. Já fomos diversas vezes a Clare mas ainda nao conhecemoso The Burren. Mas está na lista!! Não vejo a hora.
    A Irlanda está cheia desses casaroes meio abandonados, né??? Sempre ficamos impressionados quando os achamos por acaso como foi o caso deste do seu post.
    Vou aguardar os seus próximos posts sobre Clare!!

    1. admin

      novembro 2, 2015 at 10:01 pm

      Nada como uma viagem-comemoração, né? É muito bom! E vá visitar o The Burren, Andrea, tenho certeza que você vai gostar bastante! 🙂

  6. Daniela Lopes

    novembro 2, 2015 at 4:59 pm

    Uau! Sem palavras para essa paisagem. Eu confesso que nunca criei um interesse pela Irlanda, na verdade, nem tinha ideia de como era o lugar. Mas agora… Só tenho que agradece-la por compartilhar essa maravilha! Com certeza vai para a minha listinha de lugares que quero conhecer! Estou maravilhada, encantada e já estou me imaginando em cada lugar fotografado!
    Um beijo!

    1. admin

      novembro 2, 2015 at 10:10 pm

      Daniela, a Irlanda é linda demais e merece sim estar na sua listinha de lugares pra conhecer. Fico feliz que o post tenha despertado o seu interesse, porque essa terra é muito incrível! 🙂

  7. Fernanda Prestes

    novembro 2, 2015 at 5:20 pm

    Não sei como fiquei tanto tempo sem passar por aqui! 😛

    Cada lugar lindo né? Que incrível você viver nesse lugar e poder ver essas coisas.. fico feliz por vc compartilhar tudo isso..me faz viajar um pouquinho aqui tb! 😀 Amo lugares assim onde a natureza dá um show.. um dia quero viver assim.. perto desses lugares inspiradores e longe desse caos de SP! haha :*

    1. admin

      novembro 2, 2015 at 10:23 pm

      Haha ai Fernanda, também faz um tempo que não passo pelo teu canto! D:

      Me deixa muito feliz saber que você gostou e que também viajou um pouquinho comigo, é por isso que compartilho as coisas aqui, pra todo mundo poder sentir um pouco e conhecer esses lugars lindos do nosso mundão. E super te entendo.. SP tava me sufocando muito e foi mais que necessario vir aqui pra essa terra <3

  8. Ínis Oírr // The Aran Islands – Nýr Dagur

    setembro 12, 2016 at 11:38 am

    […] já disse, Ínis Oírr é a menor das ilhas e ela é uma extensão do The Burren tendo o mesmo típo de paisagem, rica em flora, fauna, ninhos de áves …. Um paraíso pra […]

  9. Quin Abbey – Nýr Dagur

    outubro 2, 2016 at 4:19 pm

    […] sempre ótimo ir pra Clare e quando temos um tempinho exploramos lugares novos (novos pelo menos pra mim), e em uma dessas […]

  10. The Loop Head Peninsula - Nýr Dagur

    outubro 16, 2016 at 8:16 pm

    […] mostrei no post County Clare alguns lugares lindos que tem no condado, já fiz posts também sobre os Cliffs of Moher e essa […]

  11. Cliffs of Moher - Nýr Dagur

    outubro 16, 2016 at 8:17 pm

    […] de já ter conhecido lugares encantadores em County Clare, seguimos pro ponto alto do dia: conhecer os Cliffs of […]

//Leave a Reply