Irlanda, Trilhas

December Walks – Cliffs of Moher & Devils Glen

Ano passado fiz algumas trilhas pela Irlanda, no total se não me engano foram umas 7, bem menos do que eu gostaria, então a meta pra este ano é pelo menos fazer umas 12, se conseguir mais melhor ainda!
Em dezembro fizemos duas quase que seguidas, uma longa e uma outra menor, mas ambas absurdamente lindas!
Vocês lembram do post sobre os Cliffs of Moher que eu falei que queria fazer uma das trilhas por lá assim que o tempo colaborasse? Então!!! Para minha surpresa eu não esperava fazer uma dessas trilhas tão cedo, na minha cabeça iria fazer só lá pelo verão, mas como este inverno está um tanto quanto atípico, rolou de fazer no final de dezembro. Foi tão na surpresa que nem levei roupas apropridas, tive que pegar coisas do Lindo e da sogrinha e sorte que a minha calça jeans era dessas mais molinhas e não me atrapalhou pra andar.

 

Cliffs of Moher Coastal Trail 

Esta trilha começa em Doolin e tem aproximadamente uns 8-10km de lá até os Cliffs (no centro de visitantes). Ela pode ficar mais longa ainda se você decidir andar mais além dos Cliffs e depois parar em Liscannor, fazendo todo o trajeto até lá, torna essa trilha de média/difícil para beeem difícil, já que deve ter uns 15-18km no total, tem que ter um bom preparo físico.
No percurso que fizemos teve umas partes que achei um pouco difícil, talvez também pelo cansaço e umas poças enormes de água e lugares meio alagadinhos durante o caminho já que né, chove muito! E com isso tinhamos que desviar, muitas vezes chegando bem perto dos penhascos, e para evitar toda a lama até tivemos que andar por esses muros de pedras que tem muito no interior da Irlanda e olha, não foi fácil, pensei que iria cair e dar de cara nas pedras todas, bem meu jeitinho haha!
Levamos umas 3 horas pra terminar, que eu me lembre só teve uma ou duas subidinhas um pouco mais puxadas. E digo que foi uma das trilhas mais especiais que eu já fiz, a paisagem é surreal de linda, você andar ali lado a lado com o Oceano Atlântico, ouvindo o barulho do mar enquanto se encanta com as paisagens a sua volta. Preciso dizer mais alguma coisa? ♥

 

Já no final do muro de pedras e a comemoraçãozinha por não ter caído! haha

Na reta final querendo morrer e ao mesmo tempo agradecida por ter um corpo saudável que me permite superar esses desafios, podendo apreciar essas belezas todas ♥

Pegamos um pouco de chuva pelo caminho, mas fomos recebidos com um por do sol lindo lá nos Cliffs of Moher. Acho que não importa quantas vezes eu for lá, esse lugar sempre vai tirar o meu fôlego.

Para quem tiver interesse: no verão, um morador local chamado Pat, organiza um tour guiado por essa trilha, ele leva o pessoal lá e vai contando mais sobre  as histórias e lendas locais. O que é muito legal ver a aréa toda na perspectiva de um local que conhece bem o  caminho (Recomendo! O Lindo por exemplo deixa nossos passeios pela região muito mais enriquecedor por ser de lá), fora que é uma opção linda chegar nos Cliffs of Moher por essa trilha em vez de chegar pela entrada comum. O Pat cobra 5 euros por esse serviço e no site dele vocês podem ler mais infomações.
Segura as pontas aí que ainda tem mais!

Devils Glen

Essa foi mais uma trilha linda/maravilhosa que fizemos em Wicklow (como não amar de paixão esse condado?). Depois de ter passado uns bons dias só comendo e fazendo absolutamente nada, falei pro Lindo que precisavamos ir fazer uma trilha, mas como tínhamos feito uma longa não fazia muito tempo, vimos uma mais tranquila aqui mesmo na região de Wicklow, foi uma pesquisadinha rápida e vamos lá ver qualéquié, fora que tinha na descrição ‘waterfall’ e com waterfall e montanhas a gente sabe que não tem erro!
É uma trilha com duração média de 1 hora e meia/2 horas e é em loop, ou seja, começa e terminar no mesmo lugar. Ela começa no estacionamento da entrada da trilha e você caminha no meio ali da floresta e vai descendo em direção até a cachoeira que fica escondidinha entre as montanhas.
 Ela é considerada moderada, mas achei bem tranquila, só foi um pouco cansativo na volta pra subir (acabamos pegando a volta errada e nos perdemos!). Fomos muito tarde já e foi meio que um stress pra voltar a tempo antes do estacionamento fechar e antes de escurecer, já que escurece mais cedo agora no inverno. Mas ó, essa trilha me fez aprender a lição e nunca mais começar uma trilha tarde no inverno, ter que voltar na correria e acabar se perdendo no escuro, coisa pra não se repetir a dose, né?

 

 

Coisa mais incrível ir descendo, olhar as montanhas ao redor e ir ouvindo o barulho do rio lá embaixo. O dia tava bem nublado e com muita neblina por ali e as fotos do celular não registraram muito bem como tava, só sei que faça chuva, sol, neblina.. a natureza sempre é incrivel, né? Fora também aquele cheiro maravilhoso de natureza pós chuva, tem coisa melhor?

Achar essa cachoeira no meio das montanhas foi como achar um tesouro, coisa mais linda..olhando as fotos de novo só me faz suspirar e querer voltar pra esse lugar! ♥

 

Já fico ansiosa pelas próximas aventuras, explorar cada vez mais essas lindezas todas!
E ahh acompanhe também no Instagram que sempre atualizo com o que ~ando aprontando ~ por aí 😛

>>> E vocês aí leitores, fazem trilha com frequência ou não gostam desse tipo de atividade?

 

//You Might Also Like

//17 Comments

  1. K arine

    janeiro 7, 2016 at 11:48 pm

    Seu instagram tá cada dia mais maravilhoso com todas essas paisagens da Irlanda. Aquelas suas fotos dos cliffs com a luz do pôr do sol estão maravilhosas (especialmente a do meio, que é minha preferida, hahaha). Que doideira andar em cima dos murinhos de pedra, eu ficaria pensando justamente que CAIRIA DE CARA, HAHAHAAH ainda bem que deu tudo certo!

  2. Luciana Flower

    janeiro 8, 2016 at 1:48 am

    eu fiquei toda arrepiada com esse post. meu maior sonho é conhecer a Irlanda, e não vejo a hora de realizar! Tomara que não demore muito!
    To muito apaixoanda, não consigo parar de olhar as fotos!
    sou só suspíros <3
    um beijoo

  3. Julie Chagas

    janeiro 8, 2016 at 3:30 am

    Caramba, esses lugares são incríveis!
    Espero poder conhecer também algum dia 🙂

  4. Laura Nolasco

    janeiro 8, 2016 at 4:35 am

    Que coisa mais deliciosa ler esse post e ver essas fotos maravilhosas, que vontade de viver isso tudo!
    Acho o máximo essas trilhas e apesar de nunca ter feito uma, vivo indo pra cachoeiras e outros lugares e basicamente me enfiando no meio do mato hahah… Espero algum dia fazer trilhas assim, mas até lá preciso fortalecer (bastante) meu joelho que não é muito meu amigo…
    A segunda trilha é linda pelas fotos também, mas nossa, essa primeira eu acho que deve ser a coisa mais mágica do mundo… Eu ia ficar num desespero delicioso de andar do lado desse mundo de água.. A sensação deve ser incrível.
    Beijos!
    A Menina da Janela

  5. Thayse Stein

    janeiro 8, 2016 at 12:43 pm

    Eu adoro fazer trilha! Esse verão ainda não consegui fazer nenhuma, sempre que planejamos chove e com o chão muito úmido fica meio impossível (porque normalmente são muiiitas subidas e o solo fica escorregadio). Eu estou pra fazer uma que faço quase todo o verão e leva umas 2h, é bem puxada, mas o visual é incrível, ela leva até uma praia que só tem acesso pro trilha ou por barco, chamada Lagoinha do Leste. Eu até já fiz um post sobre ela também lá no blog 🙂 Existem várias outras aqui em Floripa que eu ainda não fiz e que gostaria muito, mas como trabalho durante a semana, o tempo tem que colaborar no final de semana pra fazer acontecer. Essas paisagens são tão lindas que mesmo csendo quase escuro e a foto com celular, elas continuam encantadoras. Deve ter sido bem tenso se perder, mas ainda bem que deu tudo certo e foi só pra ter uma emoção a mais ahaha Com certeza eu teria me estatelado na lama e me sujado inteira, além de me machucar, porque sou super desastrada. Amo seus posts assim, fico desejando conhecer cada lugarzinho desses e fazer muitas fotos lindas também *-* Quem sabe um dia, né?

    Beijos
    brilhodealuguel.com

  6. Katarina Holanda

    janeiro 8, 2016 at 1:54 pm

    Meu Deus, que lugar incrível!! *o* Eu certamente iria rastejando nesse muro de pedras com medo de morrer, hahahaha. Eu não costumo fazer trilhas, tenho vontade, mas vou adiando, sabe? Preciso tomar iniciativa como você. 🙂

  7. Ana S.

    janeiro 8, 2016 at 2:21 pm

    Poxa, que recompensa essa vista fantástica! Acredito que trilhas seriam boring se não fossem os obstáculos, as poças d'água no meio do caminho, o cansaço até chegar ao destino. É isso que faz trilha ser interessante pra mim. Bem aquela coisa "no pain, no gain". Porque normalmente as vistas mais lindas são obtidas lá do alto!
    Seus posts me fazem querer ainda mais visitar a Irlanda! E concordo com o primeiro comentário, dá gosto demais olhar tuas fotos lindas no instagram!

    beijos
    Ana

  8. Wanila

    janeiro 8, 2016 at 2:59 pm

    Como lidar com essas fotos? Meu Deus, a cada vez que entro no seu blog tenho mais vontade de correr pra Irlanda, hahaha. Sério, as trilhas devem ser mesmo maravilhosas, porque essas paisagens são de cair o queixo. Um dia ainda quero conhecer!

  9. Camila Faria

    janeiro 8, 2016 at 3:04 pm

    Não consigo superar a beleza desses lugares Taís. Sério, que privilégio poder fazer essas trilhas maravilhosas. Obrigada por compartilhar as fotos com a gente, por aqui e pelo insta!

  10. Lara Melo

    janeiro 8, 2016 at 6:29 pm

    Olá! Não gosto muito de fazer trilhas, mas as paisagens que encontramos valem a pena, assim como o contato com a natureza. Muito lindo esse lugar que você conheceu.

    http://whoisllara.blogspot.com.br/

  11. Elisa Mello

    janeiro 8, 2016 at 7:12 pm

    Nossaaaa, amei as fotografias das 2 trilhas! Fiquei encantada com os paredões ao lado do mar! Lindo de mais 🙂

  12. Bruna Matos

    janeiro 9, 2016 at 1:07 am

    Dificilmente faço, tenho certo medo aqui no Brasil, não acho muito seguro =(
    Amei as fotos e seu relato, deve er uma experiência incrível e de tirar o fôlego(em todos os sentidos haha). A primeira trilha então, me fez suspirar, a vista é linda demais. A segunda me pareceu cenário de contos de fadas <3

    http://www.umavidaemandamento.blogspot.com.br/

  13. Thay

    janeiro 9, 2016 at 4:33 pm

    "Cheiro maravilhoso de natureza pós chuva" certamente entra na minha galeria de cheiros favoritos. Adoro chuva, claro, e adoro tanto quanto o cheiro natureza molhada, haha. Tenho sorte de morar em um bairro bem arborizado, então quando chove e estou em casa é sempre uma alegria. Já fiz algumas trilhas, mas fazem muitos anos que não me aventuro em uma. A última, se bem me lembro, foi nos arenitos de Vila Velha, sabe? Aqui no interior do Paraná mesmo. É bem diferente das paisagens da Irlanda, mas claro que também possuem sua beleza. Inclusive vou tentar planejar voltar!

    Vou cair no lugar-comum de falar que todas as suas fotos são lindas e me deixam cada dia mais doida pra visitar a Irlanda? Vou sim! HAHA, mas amei em especial as fotos dos Cliffs of Moher, que visual é esse? E esse pôr-do-sol? É pra se sentir abençoada mesmo. <3

    Um beijo!

  14. Isabella Lessa

    janeiro 11, 2016 at 10:38 pm

    Gente eu vou chorar!!!!!
    Como lidar com essas fotos? Que maravilha de lugar, amei muito o post e deu bastante vontade de conhecer!

    Abração!

    Isabella | http://isabellalessa.com

  15. Amanda

    janeiro 12, 2016 at 4:13 pm

    Ahhh to morrendo com a lindeza desses lugares <3
    Incrível, com certeza eu vou um dia!
    Não faço trilhas ainda, mas quero muuito fazer, ainda mais depois dessas fotos inspiradoras.
    E a paisagem de inverno é tão linda, não é? Na verdade em qualquer época do ano esses lugares devem ser lindos, mas dá pra sentir um clima de inverno nas fotos e isso deixa tudo melhor ainda haha
    Beijão!

  16. Andrea

    janeiro 13, 2016 at 9:02 pm

    Que trilhas maravilhosas!!! A Irlanda é excepcional em trilhas bonitas, né???? Sugiro que faça a trilha de Sheep´s Head. Tem várias opções da mais leve até outra bem pesada, é só escolher.

  17. Ana

    janeiro 14, 2016 at 9:44 am

    Sou louca pra ir aí! Se eu for, posso te mandar uma mensagem? 🙂
    Bjs!

    Paula / http://www.brigadeirosebarcelona.com.br

//Leave a Reply