Dún Laoghaire Pier

Gosto dessa sensação de morar em uma ilha. Pelo menos se eu pegar o trem errado tenho certeza que não vou parar em um outro país, o que pode acontecer em outros países da Europa já que é tudo um grudado no outro. Gosto também de pegar o ônibus sozinha e olhar os bairros, as casas, as vidas que aqui vivem e é claro, parar e conhecer um lugar novo. Acho que só não faço isso mais vezes porque o sistema do ônibus aqui é bem confuso e me dá preguiça, nem os próprios irlandeses entendem muito, acho que só utilizando todos os dias pra entender melhor.
O lugar novo da vez é Dún Laoghaire, que se pronuncia totalmente diferente da escrita (muitos lugares aqui o nome não é em inglês, mas sim em irlandês/gaélico). Meu bairro faz parte do County Council deles, é localizado ao sul de Dublin, já foi o maior porto de entrada de quem vem do Reino Unido, mas hoje em dia o fluxo de entrada-saída continua grande. A vida marítima ali é agitada, com Yatch Clubs, balsas chegando e saindo, sailing etc.
A principal atração turística é andar pelo pier, é muito gostoso, tem lugar pra tomar sorvete, clima gostoso do mar…. Queria ter andado mais por lá, mas a chuva e a ventania do ca¨$#@#¨** não deixaram, fica pra próxima. Pra quem me acompanha no Instagram, já viu algumas fotos de lá.
Detalhes do pier, bandeiras, fárol, barquinhos, céu&mar, homem ao mar remando sozinho…

 

 Ireland&Iceland


Clique aqui pra visualizar o porto visto de cima

Comments

  1. Acredito que pr aum turista deve ser bem legal ficar numa ilha pq o risco de se perder é menor mesmo hahaha adorei a lógica e acho que nunca vi alguém que pensou dessa forma.

    Parece que é bem agradável e a vista incrível.. deve ser diferente ficar na beira mar e ser tão frio né? aqui eu to tao acostumada com calor/mar.

    ——————————

    Taís, como disse que queria agradecer devidamente eu vim dizer obrigada pelo teu comentário e sensibilidade com meu post. muita gente se surpreendeu tanto quanto você com aquele meu texto e por um lado isso me deixou feliz. de como as pessoas fazem uma imagem forte e segura de mim, e que é isso que eu devo focar agora para ser realmente e manter. não me deixar abater mais por uma pressão ridícula de uma sociedade que devolve pouquíssimo para nós. As vezes fico pensando que algumas coisas deveriam ser mais fáceis no passado, você deveria lidar com hipocrisias e "pessoas bem sucedidas" do seu circulo de amizades e família, diferente de hoje que temos que conviver com o corpo maravilhoso de alguém que mora em outro continente e gente "bem sucedida" que vive uma vida muito, muito diferente da sua.

    Enfim, de todo modo muito obrigada por ter comparecido la, lido e sido sensível com minhas palavras. muito obrigada, de verdade e não vou esquecer, viu? <3

  2. Que delícia fazer uma caminhada por esse pier tão lindo… Tirando o frio, né? Sou muuuito friorenta e sofri só de ler o post. Mas a gente coloca uns 10 quilos de roupa e vai, para não perder essa lindeza toda!!! rs…

  3. Tudo lindinho! Quando eu chegar aí no seu continente tb quero me perder um pouquinho e descobrir novos cantinhos. Adoro isso!
    Bjs!!!

  4. Que lugar lindo, Ta! Deve ser uma delícia sentar pra tomar sorvete na beira do pier e ficar vendo os barcos passando.
    Adoro passear pelos piers daqui também, principalmente por eles serem cercados de rios e não ter a maresia grudenta (eu sei, sou chata! hahah).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

© 2018 Nýr Dagur · by MinimaDesign