Kylemore Abbey

Em meio aos dias chuvosos da nossa estadia em Cleggan (posts 1 e 2), fomos conhecer a Kylemore Abbey, um dos lugares mais visitados na costa oeste da Irlanda.

Depois de checar a previsão do tempo estávamos otimistas, era previsto pouca chuva naquele dia, então achamos que seria uma boa ideia ir conhecer o lugar. Acontece que tívemos o azar de pegar chuva assim que chegamos em Kylemore, mas não desistimos, fomos explorar o local.

O castelo foi construído pra ser lar da família do político inglês Mitchell Henry, por volta de 1867-1871, mas a coisa toda não parou por aí não, antes do castelo se tornar uma abadia, passou também a ser lar do duque e a duquesa de Manchester, isso em 1903.
Após a primeira Guerra Mundial, as freiras beneditinas irlandesas que residiam na Belgica, foram forçadas a abandonar o local, e assim, compraram o castelo de Kylemore em 1920 tornando o lugar uma abadia. 3 anos depois elas abriram uma escola para meninas, para continuarem seus ensinamentos e a escola ficou bem famosa, atraíndo não só estudantes locais como de outras partes do mundo também. Essa escola ficou aberta até meados de junho de 2010. Imagina o tanto de história e pessoas que passaram por esse lugar. É bem interessante.
No passeio você pode entrar dentro da abbey e visitar alguns cômodos (já que as freiras continuam por lá), fora também o Walled Victorian Garden, Gothic Church e fazer trilhas ali pela floresta. Como estava chovendo, vimos tudo meio que correndo, quase não deu pra tirar muitas fotos, mas gostei do passeio, com certeza iria gostar mais se o tempo tivesse melhor e eu pudesse conhecer com calma os arredores.
Dentro da Abbey
Os arredores…
Como não se apaixonar por essa igreja gótica?

Eu não consegui fotos (boas) do jardim, não queria molhar a câmera e a maioria das fotos foram feitas rapidinhas pra eu não sair no prejuízo com a câmera ou celular, cês me entendem, né?
Não sei porque, mas eu me decepcionei um pouco lá, mas não sei explicar exatamente qual foi o motivo ou o que eu realmente esperava da abbey, não é estranho? Talvez é só uma bobeira minha mesmo, afinal, foi legal estar em um lugar que eu sempre via por fotos e parece mesmo estar em um conto de fadas com esse castelo no pé de uma montanha e a natureza toda a sua volta.

Comments

  1. Espero que não se importe, mas eu salvei a foto da igreja gótica por motivos de: que coisa mais linda. ♥ O que é engraçado porque geralmente não sou a maior fã de arquitetura gótica, mas… Não sei, as fotos me passaram uma sensação muito boa, de tranquilidade…

    Acho que nunca comentei no teu blog! Oi, eu sempre venho aqui, mas geralmente não comento, sorry. Porém, tive de comentar hoje. Pena que choveu no dia da visita, mas assim mesmo as fotos estão maravilhosas. E, uau, fiquei impressionada pelo fato de ter existido uma escola ali! Que interessante! Imagina estudar num local daqueles?!

    Beijo ;*

    • Oi Mia!! Fico feliz que tenha gostado e até salvado! hahaha
      E obrigada por vir sempre por aqui e ainda mais deixar um comentário todo querido assim <3
      E realmente.. imagina estudar num castelo assim? Acho que daria até gosto de ir as aulas haha

      Beijo!
      🙂

  2. surreal esse castelo cinza com todo esse verde vivo em volta. lindo!
    e que engraçado você achando que pouca chuva é motivo pra otimismo! realmente está ambientada na Irlanda, hein? com pouca chuva aqui no Brasil ninguém nem sai de casa. hehehe.
    beijos!! :*

    • Hahahaha é verdade, acho que to acostumada mesmo pq até saiu natural isso e eu nem percebi. Aqui se a gente deixar de fazer as coisas por conta da chuva estamos ferrados hahaha xD

      Beijo!!

  3. O seu blog e o blog da Bárbara são os maoires responsáveis pelo meu crescente desejo de ir à Irlanda. Não vejo a hora de poder visitar esse lugar lindo! <3 E bom, guias turísticas de primeira eu já tenho, né? 😉

    Beijos

  4. Taísssss, que lugar incrível! Tô besta ainda olhando para a primeira foto, lindo demais. Pena que vocês pegaram chuva, mas o passeio parece ter sido ótimo mesmo assim. E molhar a câmera na chuva não dá não, fez bem em se resguardar. :}

  5. Oi Taís!
    Cheguei aqui através de um comentário seu em outro blog:)
    Vc está na Irlanda? Que bacana! Eu moro na Holanda:)
    Fiquei encantada com esse lugar, com suas fotos… Bem conto de fadas mesmo;)
    Bjs e bom dia pra vc!

  6. Socorro essa primeira foto, linda, Ta! Esse negócio de chover aí o tempo todo deve dar no saco, mas esse verde fica tão mais verdinho por causa da chuva, né? E aí coloca uns castelos no meio e pronto, perfeição, hahahahaha.

  7. AI QUE LINDO! ♥

    Obviamente, acabei de adicionar mais um lugar no meu roteiro de lugares para conhecer quando for pra Irlanda! Eu, que já gosto ~pouco~ de castelos e arquitetura gótica, certamente ficaria saltitante conhecendo essa abadia. Deve ser lindo e incrível colocar os pés em um lugar tão antigo e recheado de história. Só fiquei curiosa pra saber por qual motivo as freiras não dão mais aula, já que você disse que em 2010 elas pararam. É uma pena, mas se continua servindo de morada para elas, pelo menos tem uma função legal.

    Um beijo!

  8. Que sonho, esse lugar é lindo por dentro e por fora, e ainda está no meio desse verde todo, que lindo! Fora que deve ter acontecido muuuuuita coisa por ali. Que legal! Fico super empolgada com construções antigas *-*

  9. Eu olhando as fotos achei o lugar lindo, maravilhoso! Imagina morar num lugar com esse verde todo e essa vista linda?
    Pode ser que a chuva tenha ajudado você a não gostar e ele deve ser lindo em dias de sol, sairia várias fotos incríveis, certeza!
    Beijo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

© 2018 Nýr Dagur · by MinimaDesign