América do Sul, Viagens

Laguna Colorada

Primeiro, queria agradecer vocês que estão acompanhando as postagens do mochilão e sempre mandam recados muito legais, fico feliz que eu esteja ajudando ou até mesmo inspirando outras pessoas. Algumas  já me falaram que querem conhecer melhor a América do Sul por minha causa, vocês não sabem como eu fico feliz! Obrigada mesmo.

Continuando ainda o segunda dia de tour – esta vai ser a terceira e última parte, próximo post vai ser do terceiro dia, ufa! (para quem não viu ainda a primeira e a segunda parte).

O post vai ser só da Laguna Colorada, porque ela merece! Uma das paisagens mais lindas que eu já vi. E se eu não me engano ela já concorreu como uma das 7 maravilhas do mundo (natural) e não ganhou, achei um absurdo! haha.

Depois da Árbol de Piedra seguimos para a entrada da Reserva Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa (REA). A Reserva foi criada em 1973 e ampliada em 1981 sendo declarada uma área protegida principalmente para a proteção de flamingos, vicuñas e suris. Conserva também uma rica biodiversidade, valores históricos/culturais com ativa participação dos moradores locais. Um lugar incrível, situado nos altos Andes no sul da Bolívia fazendo fronteira com Chile e Argentina, alcançando uma altitude de 4,000 a 6,000m.

Laguna Colorada
mochilao-348

Sua coloração avermelhada é por causa de sedimentos desse tom e pigmentos de alguns tipos de algas, as tonalidades variam de claro para vermelho mais escuro.

mochilao-352 mochilao-347

_mg_5727Os flamingos são um espetáculo a parte, é  lindo ver esses animais em seu habitat natural! Eles adquirem essa mesma coloração da Laguna porque se alimentam dessa vegetação, na verdade eles nascem de outra cor.

mochilao-361 mochilao-356 mochilao-353mochilao-369

Entrada da Reserva
img_2610

Depois de tanta coisa em um único dia fomos descansar, chegamos no alojamento por volta das quatro da tarde, sim! Foi o dia mais longo da minha vida, mas ainda era ‘cedo’.  O tempo lá passava de uma forma diferente, não sei explicar. O alojamento ficava dentro da Reserva, imaginem que incrível você passar uma noite dentro de uma Reserva como essa, cercada de paisagens fantásticas, que experiência sensacional nós tivemos ali!

Depois de deixarmos nossas coisas e descansar um pouco, saímos para ir até uma lojinha pra ver se vendia alguma coisa interessante pra comer (não lembro o que compramos, era tudo meio carinho) e estava uma ventania doida! Passamos a maior parte do tempo no quarto conversando e rindo lembrando de coisas do Brasil, o engraçado é que parecia que já estávamos longe de casa uns bons anos.

Na hora da janta (nossa comida era sempre preparada pelo Frans) de novo outra surpresa, encontramos o China no mesmo alojamento, o guia do grupo deles era um senhor muito perdido e não sabia chegar nos lugares, olha que azar.  Ainda bem que o Frans era tipo ‘o cara’, todos os outros guias pediam ajuda para ele, no dia seguindo nós íamos visitar os Géisers e Laguna Verde, então ficou decidido que o guia deles iria nos seguir para irmos todos juntos.

Depois do jantar saímos para conversar lá fora, enfrentamos um frio do ca*%¨%$! Mas, a lua estava incrível, que noite linda! Não fotografamos o alojamento nem nada ali, muita preguiça e as baterias ficaram carregando. Aproveitamos para pegar contatos e tudo mais, o próximo dia seria o último de todo mundo junto. O China iria voltar para La paz, Paloma e Vinicius também iriam para La Paz, só o Gerardo (peruano) e as coreanas iriam com a gente rumo ao Chile.

“Entramos na reserva e vamos dormir aqui hoje, achei muito foda, no meio do nada rodeados de montanhas geladas. Hoje encontramos de novo o China e amanhã vamos todos conhecer os Géisers, acordar às 4! Hoje também bateu uma vontade de comer hambúrguer e comida japonesa. Estamos incomunicáveis há quase 3 dias”
-Trechinho que anotei no meu Journal.

//You Might Also Like

//6 Comments

  1. Pri Bragança

    março 14, 2012 at 3:38 pm

    Taís, eu tô achando INCRÍVEL acompanhar esse mochilão. A sensação que você me passou sobre a Laguna Colorada foi de pura PAZ.

    O lugar é realmente lindo.

    Beijão!

  2. fabio hide

    março 15, 2012 at 3:27 am

    Laguna Colorada, dá inveja pra qualquer gremista…
    Na lojinha nós compramos uma pringles e água, acho que foi isso!
    Na janta foi sopa e macarronada com queijo estranho, a sobremesa nem sei porque fui dormir! LOL
    Tava tão zuado que nem consegui comer direito, isso que tava com fome…
    Esse segundo alojamento, achei menos pior que o primeiro, mas deve ser pq a gente nem tomou banho nesse!

    Incrível era olhar lá fora e ver tudo escuro, só a luz das estrelas e da lua…
    Saudades!

  3. Camila

    março 15, 2012 at 4:11 pm

    Achei interessante essa história dos Flamingos, se não fosse você não iria saber nunca que eles adquirem essa cor porque se alimentam lá hahahaha
    As fotos ficaram incríveis. Eu tô achando maravilhoso todos esses seus posts porque a gente pode viajar junto!
    Foi a primeira vez que usei a Alfaparf, e ela realmente desbota rápido, mas acho que a qualidade compensa. Usei o ox de 40, mas como meu cabelo tava escuro, acho que só fica no tom que eu quero mesmo, na segunda aplicação.
    Ainda bem que o Shane morreu, menos um no trio boring haahahahha
    beijos xD

  4. Del Santana

    março 17, 2012 at 11:17 am

    Estou aqui encantada com esse lugar e com as fotos (que legal isso dos flamingos) :D. Dei uma olhada nos posts anteriores e o Salar de Uyuni me encantou novamente. Fiquei com mais vontade ainda de conhecê-lo.

    No final do ano passado, um conhecido meu "mochilou" com uma turma pelo peru, bolívia e chile; trouxe bala de coca p/ gente, haha (disse que a coca dá uma ajuda por conta da altitude).

    Tenho vontade de sair com meu namorado assim, viajando, fazendo fotos :} Fomos p/ Chapada recentemente (como você viu lá no blog), tem taaanta coisa linda por lá. Quero voltar e fazer trilhas mais pesadas p/ ir ganhando força, haha.

    Beijo

  5. Emi

    março 18, 2012 at 6:17 pm

    Tô cada dia mais hipnotizada por esses seus posts. Já mostrei pra um primo convencendo ele a mochilar comigo! hahah Fiquei com muita vontade mesmo. É que além de ser absurdamente lindo, é possível. Parece muito mais concreto do que os outros lugares do mundo que a gente tem vontade de conhecer… (:

  6. Top5*: América do Sul – posts sobre o mochilão – Nýr Dagur

    outubro 2, 2016 at 4:48 pm

    […] LAGUNA COLORADA Imaginem conhecer uma lagoa que não é azul ou verde, ou uma mistura dessas duas cores. Mas sim, uma lagoa de cor vermelha! A Laguna Colorada é fantástica e fica dentro dessa Reserva mais fantástica ainda. Eu vou sempre repetir o quão incrível é esse continente e como tenho muito orgulho dessa América do Sul. É um destino tão próximo do Brasil e tão barato, mas as pessoas ficam tão cegas por outros lugares que esquecem de ver o tanto de coisa linda  que tem pertinho pra conhecer. Faça as malas e explore o nosso continente, conheçam esse povo tão querido e cheio de cultura pra compartilhar. […]

//Leave a Reply