Pessoal

Lembranças de 2017 e o começo de 2018

Happy 2018, friends!

Parece que faz anos que não dou as caras por aqui, nesse 1 mês sem postar muitas coisas aconteceram. Ocupada nas últimas semanas de 2017, preguiça de fazer qualquer coisa quando me sobrava tempo, planejar viagens e coisas ruins que foram acontecendo também, tudo junto e misturado.

Demorou um tempinho pra eu ir juntando meus pedacinhos pra voltar aqui pro blog (caramba, já é dia 13!), mas quero começar o post lembrando das coisas lindas que aconteceram em 2017. Foi um ano cheio de reviravoltas, muita coisa aconteceu, muita coisa mudou, meu mundo virou de ponta cabeças!

Mas 2017 foi com certeza um ano incrível (que aaaano!), que vou me lembrar sempre com muito carinho! Certas coisas são bem pessoais e não quero expor aqui (pelo menos não agora), mas quero dividir com vocês as lembranças boas do meu 2017 – muitas delas vocês foram acompanhando aqui pelo blog ao longo do ano. ♥

Processed with VSCO with a6 preset

Comecei 2017 cheia de muitos planos na cabeça, só que a coisa toda tomou um rumo totalmente diferente do que eu esperava. Parece que meu ano começou pra valer mesmo só em março!

E em março, pra dar entrada nos grandes acontecimetos do ano, fui assistir uma partida de futebol amistosa muito especial pra mim: Irlanda x Islândia.

Processed with VSCO with a6 presetNão foi o melhor jogo de futebol do mundo, mas a seleção dos meus dois países favoritos jogando juntas foi algo muito legal de ver. Já tinha visto a seleção da Irlanda jogar outras vezes, mas a da Islândia ali na minha frente foi algo que eu não esperava um dia ter a oportunidade de ver.  A Islândia ganhou o jogo para minha alegria e agora tô super empolgadona pra Copa na Rússia porque eles se classificaram pela primeira vez na história. Áfram Ísland! \o/

Ainda em março passei o St. Patrick’s Day no interior da Irlanda e foi uma experiência bem divertida!

Processed with VSCO with a6 preset

Abril foi o mês de começar as viagens do ano! Lembro de ter ~brincado~ no Twitter de que em 2017 eu queria viajar para 10 países. Será que eu consegui? Façam as contas aí comigo até o final do post! haha

Comecei com uma viagem pela Irlanda, conheci um pouquinho de dois condados novos, Westmeath e Offaly. Passei por lugarzinhos como Athlone e o incrível monastério de Clonmacnoise.

IMG_0385

No feriado da Páscoa teve uma viagem de uma semana pela Polônia (Poznań) e minha terceira passagem pela Alemanha (Berlin, Potsdam, Leipzig, Dresden, Suíça Saxônica). Conheci pessoas e lugares novos, como também revisitei lugares e amigos, e fiz também, a melhor trilha da vida. Precisa dizer que amei demais essa viagem?

IMG_0405Processed with VSCO with a6 presetPra deixar Abril ainda mais especial, recebi visitinhas do amor.  Uma amiga australiana que conheci na minha primeira viagem pra Islândia em 2014 veio pra cá e também a Paula, amiga de internet por anos e que finalmente nos desvirtualizamos. Que lindo que foi receber essas duas aqui! <3
Contei em um post com mais detalhes como foi esse meu mês: Abril e o feriado da Páscoa

E então, chegou maio!

Processed with VSCO with a6 presetE maio trouxe outra visita amor, minha americana favorita, minha querida amiga Chelsie! Ela já tinha vindo no verão anterior e foi ótimo ter ela comigo  aqui de novo. Como ela veio na época do aniversário dela, planejei uma viagem juntas pra Holanda. Passamos um final de semana maravilhoso em Amsterdam e ainda reencontrei a Paula e o Shi.

IMG_0702Processed with VSCO with a6 preset

Em junho rolou um bate-volta pra Irlanda do Norte, passei rapidinho por Belfast (pela segunda vez) e conheci o Castle Ward, uma das locações de Game of Thrones, onde filmam Winterfell e outras cenas pra série. Mas acabei nem fazendo post aqui sobre essa viagem mega curtinha (nem tem foto quase!).

Processed with VSCO with a6 presetProcessed with VSCO with a6 preset

E também rolou uma visitinha ao Bunratty Castle aqui na Irlanda (e que também não tem post aqui)

Processed with VSCO with a6 preset

Julho chegou e com ele a minha eurotrip de verão, a viagem rolou até agosto e foi tão maravilhosa, apesar das dificuldades com o calorzão que fez.

A viagem começou na República Tcheca e lá visitei Praga e Český Krumlov, amei tanto e queria ter visitado outros lugares também.

Processed with VSCO with a6 presetIMG_9180_Depois de lá segui para Áustria e foi impossível não se apaixonar perdidamente por esse país. Visitei Salzburg e Hallstatt e não vejo a hora de voltar, fazer trilhas e conhecer muito mais desse lindíssimo lugar.

IMG_1135IMG_1237

E estando tão pertinho, não poderia deixar de ter ido pra minha querida Alemanha (sim, de novo!). Dessa vez visitei Munich e também fui desvirtualizar uma amiga querida de blog, a Ana do This German Life. Foi uma viagem muito gostosa, Ana me levou pra conhecer cantinhos lindos perto de onde ela mora. Não vejo a hora de voltar e passear mais com ela e sua família! <3

IMG_9455Processed with VSCO with a6 presetEm agosto, chegou a parte mais quente da viagem, os perrengues e aquele sufoco de ter que lidar com o verão. Mas não dá pra reclamar muito com o tanto de lugar lindo que vi. Olha só:

Teve Itália, conheci um pouquinho do lindíssimo Lago di Garda e Veneza. Apesar de que não foi a melhor parte da viagem, foi muito legal poder conhecer um pouco de um dos lugares que está no meu DNA e com certeza vou voltar!

IMG_9700IMG_1388De lá segui pra uma região que fazia muito tempo que eu queria conhecer: os Balcãs!

Comecei com a Croácia! Visitei Dubrovnik, Split, Hvar, Korčula, Šibenik, Krka, Plitvice Lakes e Zadar (mas por enquanto só tem post de Dubrovnik, calma que o resto vem!). E que país sensacional, amei demais!

IMG_9893Processed with VSCO with hb2 presetDepois fui pra Montenegro e me apaixonei demais, mais um lugar nesse mundo que roubou meu coração. Um país montanhoso, as chances de eu gostar são muito grandes e com Montenegro não foi diferente, que lugar lindo!
Lá visitei Budva, Sveti Stefan, Perast, Kotor e Tivat.

IMG_1478IMG_1514

E claro, não poderia deixar de visitar a Bósnia e Herzegovina também (que ainda não tem posts aqui, mas logo já sai). Foi uma experiência muito única e que com certeza me fez ficar encantada com o país e querendo conhecer mais!

IMG_1517IMG_1534

Assim que voltei da minha Eurotrip de verão, surgiu de última hora mais uma viagem que eu não estava esperando fazer em 2017. E assim, em setembro, fui passar um final de semana em Edinburgh, na Escócia (pois é, também não tem post ainda). A Escócia é um lugar que tem um espaço especial reservado no meu coração e eu sabia que só um final de semana seria impossível fazer a viagem escocesa dos sonhos. Ah, mas eu volto, ô se volto!

Processed with VSCO with a6 presetProcessed with VSCO with f2 preset

 Outubro trouxe outra viagem legal! Fui pra Poznań, na Polônia (de novo!). E passei uns diazinhos tão gostosos, bem slow travel, visitei uns cafés fofos e passei quality time com gente querida.

Processed with VSCO with a6 presetProcessed with VSCO with a6 preset

Novembro é o mês do meu aniversário, fiz 27 anos (o tempo tá voando, socorro!) e não fiz nada grandioso pra comemorar, já que o presente mesmo e minha comemoração seria em dezembro, no meu lugar favorito no mundo!

Ahhh, dezembro! Como esperei por esse mês, pro ~ gran finale~ a viagem mais aguardada desse ano: o meu retorno para Islândia ♥ 

E seria um retorno pra lá de especial, já que incluia realizações de mais sonhos. Eu iria ver a minha banda favorita, Sigur Rós, tocando em sua terra natal. Vocês têm noção do quanto eu sonhei com esse momento? O show foi dia 30 de dezembro e de quebra eu iria passar a virada do ano lá, outra coisa que sempre sonhei em vivenciar. Que combo mais que perfeito.

Processed with VSCO with a6 presetProcessed with VSCO with a6 preset

Essa viagem tinha tudo pra ser a melhor viagem da minha vida. Porem, antes de ir embora 2017 me deu aquela voadora pra me deixar desnorteada. Após o Natal fiquei muito doente, peguei uma gripe muito forte que eu não conseguia nem sair da cama, isso 2 dias antes de eu embarcar pra Islândia. Não cogitei a possibilidade de cancelar a viagem e fui doente mesmo. Foi muito difícil todo aquele processo de ir, aeroporto e tals (ainda mais que não voei direto de Dublin. Meu voo saia de Belfast). Achei que ia desmaiar no meio do caminho, foi horrível.

Chegando na Islândia fiquei uns dias de cama, não conseguia fazer nada, mas tentei pegar leve pra pelo menos ter forças pra ir ver o show. E o show foi lindo demais! Foi a terceira vez que eu estava vendo Sigur Rós, mas estar ali vendo eles na Islândia foi muito especial, não dava pra acreditar, chorei e não foi pouco.

Tinha dias que eu me sentia melhor e dava pra fazer mais coisas. Alugamos um carro, mas era difícil pra mim ficar muito tempo exposta aquele frio esmagador, eu saia do carro, andava uns 10 minutos e já tinha que voltar porque me dava muita tosse. Fora que eu não conseguia comer direito, o que me deixou bem sem energia. Esperei tanto por essa volta e fiquei assim tão ruim, quase não aproveitei nada. Mas Islândia é Islândia e mesmo com esse problema foi incrível estar lá do mesmo jeito.

Mas… as coisas só foram daí pra pior. Chegou 2018 e bem, foi díficil.

Processed with VSCO with a6 presetJá no finzinho do dia 2 de janeiro minha mãe me liga pra avisar que meu Baltazar se foi. Não dava pra acreditar, não dava, ainda não dá. Dia 2 foi inclusive aniversário dele, 10 anos que esse bebê alegrava nossas vidas. Que dor saber que eu não vou poder mais abraçá-lo, que ir visitar minha mãe no Brasil agora vai ter sempre esse vazio. Não vou me prolongar, porque é difícil. Uma perda que chegou tão de surpresa, o amorzinho da minha vida.

Depois disso já não consegui aproveitar o fim da minha viagem na Islândia e também minha saúde só piorou. Comecei a ter dores fortes no peito/pulmão toda vez que tossia e era muito horrível. Ficava com falta de ar, não conseguia nem falar direito.

E eu tinha outra viagem programada,  no dia seguinte que voltei fui passar o final de semana em Poznań e também uma tarde em Berlin (sim, o combo Polônia/Alemanha de novo). Só que né, nem fiz nada, ainda muito ruim. Mas meu apetite estava melhor, deu pra comer uma comidinha bem boa em Berlin e até subi lá na torre pra ver a cidade de cima (nem sei como aguentei hahaha)

Processed with VSCO with a6 preset

Voltei pra Dublin e bem, fui parar no hospital. Antes disso eu já tinha ido sim ao médico e estava tomando remédios, antibiótico, mas minha situação ainda estava muito ruim e a GP que eu tinha ido me aconselhou ir urgente pro hospital se eu voltasse de viagem ainda com dores do jeito que eu tava.

Passei o dia inteiro fazendo trocentos exames e foi muito cansativo, só de sangue fiz uns 3, tô com hematomas até agora e doloridos (alguém mais fica assim também com exame de sangue? socorro!). Fiz um exame no pulmão pra checar se não era nada grave, mas ainda bem que todos os meus exames deram resultados bons e não acusaram nada de errado comigo. O médico não soube me explicar qual era o meu problema, disse que poderia ser uma infecção leve  por causa da gripe forte ou só músculos doloridos (bota doloridos nisso) já que eu passei muito tempo tossindo horrores. Mandou eu ir pra casa e repousar.

E aqui estou, há  dias de cama, tomando antibiótico e descansando o máximo que eu posso. Depois de praticamente 3 semanas doente, agora já me sinto bem melhor. Ainda tenho dores, mas nada comparado como estava antes. E logo já volto minha rotina. E também, sou imensamente grata por todas as pessoas queridas que me ajudaram nessa fase difícil. Muito obrigada mesmo! E obrigada também pelas mensagens de energia positiva que vocês mandaram, significa muito ♥

2017 foi um ano recheado de aventuras (cês contaram comigo? Não visitei 10 países, mas sim 12 ♥) e 2018 começou assim complicado. Mas, ainda tem tantos outros dias pra reverter a situação. Confesso que tudo isso mexeu muito comigo e que a única coisa que desejo pra 2018 é saúde, muita saúde. O resto que vier é lucro! ♥

2018, por favor, seja leve!

(Como deu pra perceber, tem muitos posts atrasados!  Ainda não sei a ordem que vou liberando os posts dessas viagens, mas vai sair, não desistam de mim! hahaha)

//You Might Also Like

//5 Comments

  1. Ana

    janeiro 14, 2018 at 9:13 am

    Quantas viagens maravilhosas você fez no ano passado! Uma coisa é certa liebe Taís, você sabe viver! Acho que não existe forma melhor de investir dinheiro. A recompensa nao é material mas emocional. Tenho certeza que você se lembra de todos esses lugares com arrepios ou até mesmo lágrimas nos olhos. Eu por exemplo, tenho uma saudade tão grande da Islândia que sempre que penso nos lugares que andei por lá fico com emocionada. É um tipo de sentimento muito bom! Você me entende né?! Esse ano começou um pouco delicado, mas tenho certeza que também será um ano maravilhoso pra você. Te desejo além de muita saúde, muitos outros destinos pra você colecionar ainda mais memórias inesquecíveis. Se rolar de dar um pulinho aqui ficaremos felizes da vida! Foi maravilhoso te conhecer em 2017. Temos tanto em comum que nem sei, mas esse tal de Wanderlust me faz querer explorar um lugar bem lindo na tua companhia. Ainda vamos fazer isso não vamos? Saudades de você! Obrigada pelo carinho com a minha família ❤. Um beijo bem grande, Ana

  2. Wanila Goularte

    janeiro 14, 2018 at 12:45 pm

    Ai Taís, que delícia de post! Tenho vivido um momento muito estranho, dentro de mim mesma, e esse post com todas essas viagens me fez chorar, acredita?! Queria muito ter essa oportunidade e força um dia. <3 Que 2018 traga ainda mais viagens incríveis pra você compartilhar com a gente por aqui. <3

  3. Ana

    janeiro 14, 2018 at 4:13 pm

    Que lindo foi seu 2017, Tais! Espero que 2018 seja ainda melhor (e que você melhore rapidinho para poder aproveitar esse comecinho de ano!)
    E além disso, estou feliz que esse ano vamos nos conhecer! YAY! <3
    Beijos!

  4. Claudia Hi

    janeiro 15, 2018 at 12:22 pm

    Que ano incrível Taís! Adorei acompanhar suas viagens durante 2017. Pena que o ano terminou mal. Mas que bom que está melhorando e não é nada mais grave (graças a Deus).

    Que 2018 seja um ano leve, mas cheio de surpresas boas! rs

  5. Natalia

    janeiro 16, 2018 at 12:20 pm

    Melhoras, Taís. Que você fique 100% logo!
    Que esse ano seja repleto de coisas boas 🙂

//Leave a Reply