Maras, Moray e Salineras

A cada dia nós ficávamos mais próximos da cultura peruana, conhecendo lugares importantes, ouvindo histórias e vivenciando tudo aquilo. O Peru  é riquíssimo em cultura e paisagens lindas, se um dia você tiver oportunidade de ir pra lá não pense duas vezes!

Foi mais um dia de acordar cedo, meio atrasados saímos correndo até a Plaza pra não perder o tour.

A primeira parada foi em um pueblo de Maras, o lugar é bem conhecido pela exploração de sal. Lá no pueblo nós fomos conhecer um pouco mais sobre como funciona o trabalho de artesanato.

Foi bem interessante, entramos e conhecemos um pouco como é a vida dessas mulheres, é tudo bem simples. Elas se ajudam e dão oportunidades para outras mulheres trabalharem e ganharem a vida (é um tipo de ‘associação’ de mulheres quéchuas).
per3

A segunda parada foi nas Salineras de Maras.
_mg_6438 Cada família da região é dona de um ou dois poços de sal, elas são responsáveis por cuidar e retirar o sal para venderem e ganharem suas vidas. Em época de verão/chuva os poços ficam cheios de água e quando toda essa água evapora o sal fica cristalizado e a paisagem é diferente, fica tudo branquinho!
mochilao-647 mochilao-650_mg_6452mochilao-645Sal, muito sal!

Ainda em Maras, a última parada foi no incrível complexo arqueológico de Moray.
_mg_6466

Moray é um lugar incrível em todos os sentidos, de tirar o fôlego!

Os Incas utilizaram o local para pesquisa agrícola, fazendo experimentos de cultivos em várias alturas e climas. Cada círculo desse tem uma temperatura e altura diferentes e assim eles domesticavam, adaptavam e levavam para outras cidades. Se eu não me engano foi aí que eles domesticaram a folha de coca.
_mg_6468 _mg_6469 _mg_6471 _mg_6472

É uma caminhada cansativa para descer lá nos círculos e encontramos no meio do caminho nossos amigos (o casal) que estavam com outro grupo.
_mg_6473 _mg_6476

Olha como era fácil subir as escadas incas! hahahaha

_mg_6480

O guia nos deu uma dica muito boa, disse pra gente explorar mais o lugar que tinham outros círculos menores e bonitos para fotografar ( e vazios!!!).

_mg_6487 _mg_6503 _mg_6495Como é bom se perder num lugar incrível….

Chegamos em Cuzco com chuva e ficamos descansando no hostel, dia seguinte fomos explorar mais um pouco o Vale Sagrado dos Incas!!!! Rumo a Machu Picchu!!!

Comments

  1. Estou chegando a conclusão que antes de fazer um viagem dessas eu vou ter que me preparar fisicamente pra aguentar bem os passeios D:

    porque o sedentarismo reina em mim, e só de ver as dificuldades de chegar nos lugares liiindos e tudo, já me dá falta de ar e câimbras x___x hauhauahauahuahua

    aiai viajando na imaginação aqui *-*

  2. Que lugar incrível, adoraria conhecer ai e fotografar!
    então, eu vou agora no final de junho e fico até junho do ano que vem.
    Que legal que tu vai ir também, quem sabe a gente se esbarra por lá 🙂

  3. Tô com a Mi. Vou ter que malhar muito pra aguentar uma viagem dessa! hahah
    Esses sítios arqueológicos me deixam loouca. Fico super intrigada com como eles conseguiam fazer essas coisas! É incrível. 🙂

  4. Desde quando um amigo apresentou um trabalho falando sobre a culinária do Peru, me encantei (menos por aquele prato que é feito do porquinho da índia), é um lugar lindo e cheio de culturas e tradições, está na minha lista e até o final do meu curso de turismo, passo por lá ^^

  5. Haaaa… tenho a mesma vontade de ser nômade! E quando olho suas fotos então… mais ainda! 🙂

    Sou louca pra visitar o salar na Bolívia! As fotos que vejo de lá são as mais incríveis da face da terra! o/

    ;*

  6. Incrível demais! Imagino eu subindo essas escadas incas. Acho que ficaria pra trás, haiahuia. Estou encantada com tudo! Com certeza está na minha lista de viagens dos sonhos!
    :*

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

© 2018 Nýr Dagur · by MinimaDesign