Pequenos (grandes) prazeres #2

Foi uma surpresa boa pra mim saber o quanto vocês gostaram da primeira edição do Pequenos (grandes) prazeres. Eu realmente não esperava, mesmo sabendo que lá no fundo, quem lê o blog além de gostar de ler sobre minhas aventuras por aí, também se interessa nos meus gostos e coisinhas mais pessoais (o que acaba ficando de lado muitas vezes e sempre acho que ninguém quer saber).

Mas é, acho que ainda veremos muitas edições desse tipo de post por aqui, ao menos que eu perca a vontade de fazê-los. Enquanto isso não acontece, aqui estão os meus pequenos (grandes) prazeres da vez.

 

Club Mate

Processed with VSCO with a6 presetClub Mate é uma bebida alemã de mate-tea com cafeína. A primeira vez que provei foi na minha primeira viagem a Leipzig e desde então sou muito viciada. Sempre que vou pra Alemanha e Polônia (lá também tem) eu tenho que tomar – pra minha sorte essas viagens pra lá são frequentes haha (última vez foi agora no começo de maio). A primeira vez que tomei foi misturado com bebida alcoólica e é como muitos alemães têm costume de tomar. Mas eu também gosto de tomar puro mesmo sem misturar com nada. Será que é pedir muito Club Mate aqui na Irlanda? hehe

The Dogs of Riga

imagesFaz muuito tempo que eu não consigo terminar a leitura de um livro. Sempre começo, paro na metade ou quase no fim e nunca termino. Isso tá virando um hábito bem do ruim e que estou tentando me livrar. Não sei se já consegui me livrar pelo menos um tiquinho, mas sei que consegui terminar um livro: The Dogs of Riga. Eu gosto bastante da temática de crime nórdico e o autor Henning Menkel é um dos melhores desse gênero. Dogs of Riga faz parte da série de livros do detetive Wallander (que eu amo!) então mesmo sem ler eu já sabia que eu iria gostar. Terminei e o resultado já era esperado; eu gostei bastante. A história dessa trama é relacionada à crimes que conectam a Suécia e a Letônia, foi bem legal ler esse livro agora já que estive lá em Riga recentemente.   Não vou me prolongar porque ainda quero fazer um post sobre Nordic Noir versão livros!

Ég vil það


Eu tenho um ~guilty pleasure~ chamado rap/hip hop islandês. Não é segredo pra ninguém que a cena musical islandesa é a que eu mais acompanho e curto. E sim, me pego escutando e curtindo alguns tipos de coisas que se fosse em inglês ou  em outra língua eu provavelmente não daria muita bola. Essa pequena introduçãozinha pra dizer que, em janeiro desse ano, quando fui me aventurar mais uma vez em terras islandesas no inverno, escutei essa música na rádio e ela grudou na minha cabeça.

Eu não sabia de quem era e entrei numa missão de descobrir. O que pode ser fácil, mas também muito difícil. Me levou uns bons meses (confesso que também não tava assim numa busca muito profunda haha), mas faz poucos dias que finalmente achei a bendita da música e quem canta – babies adolescentes com seus 17 anos e que estão ficando famosinhos nessa cena por lá. Ouvir essa música de novo me fez ter várias lembranças dessa última viagem pra minha terrinha gelada. Se é boa ou não, aí já não sei decidir, só sei que grudou e me deixa nostalgica. Tentei procurar o signifcado da letra, mas acho que é meio triste (umas crises da adolescência e tals), pelo que eu consegui entender, mas posso estar errada.

Agora só sei que tô cantarolando sem parar – pelo menos as partes que consigo acompanhar haha

“ég slakur að njóta og lifa
Fagur dagur já góður ég finn það
ég er slakur að njóta og lifa
Fagur dagur já góður ég finn það”

Girls trip

catsFinalmente eu e Lari conseguimos fazer uma viagem juntas de novo! A primeira vez foi lá na Alemanha e isso já tem mais de dois anos. Queriamos repetir a dose agora no verão, mas fica bastante complicado achar algo barato pra essa época do ano, ainda mais sem planejar algo com uma certa antecedência. O que nos levou a decidir por viajar aqui na Irlanda e ir conhecer um canto que ambas queriam muito conhecer: County Kerry. Foi uma viagem tão legal e cheia de paisagens maravilhosas. É surreal pensar que a gente mora aqui. A Irlanda as vezes parece que nem existe de tão linda que é!

É isso por enquanto! ♥
Quais são seus pequenos (grandes) prazeres do momento?

Comments

  1. Cada dia você me faz querer mais fazer meu intercâmbio na Irlanda!! E eu aqui pesquisando Canadá hahaha mas cara, sério, Europa faz meu core bater mais rápido, sem falar que o Euro tem um ótimo custo-benefício, segundo eu li por aí. Enfim, não sei.

    Já fui procurar pelo meu kindle esse autor e achei uns 5 dele em português, pela sinopse eu me interessei por “A Leoa Branca” com certeza esse será o primeiro dele que vou ler.

    Será que é pedir muito Club Mate aqui no Brasil? rsrs
    Gostaria de provar!!! Aff

    Meu pai isso é um código secreto, não um idioma ÓÓ
    Mas nois vai e segue a batida, de repente tá balançando a cabeça.

    xoxo

  2. Yeah!!! Muito feliz que você está trazendo coisas mais pessoais pro blog Taís, eu adoro!

    Hum fiquei morrendo de vontade de provar esse Club Mate. Eu adoro chá, será vou gostar? rs

    Tinha uma época que eu era viciada no Eminem. Mas nossa isso faz tempo. Hoje em dia acho que meu guilty pleasure é Ariana Grande haha

    Ah vocês são muito fofas, adorei as fotos. Espero ver mais a carinha de vocês por aí!

  3. Que delícia de post Taís! E que delícia deve ser esse Club-Mate, queria muito experimentar (a embalagem também é ótima!). E, claro, já estou animadíssima para esse seu post nordic-noir versão livros. QUERO. *-*

  4. Não tinha visto a primeira edição do post mas amei! Eu adoro posts mais pessoais, principalmente esses em que dá pra compartilhar os nossos favoritos do momento. Tô até pensando em começar um tipo de post nesse estilo, também. Enfim, adorei os seus pequenos grandes prazeres! Não sou fã de chá, mas achei essa garrafinha um amor! Não conhecia o livro e nem os raps islandeses e achei demais. As fotos dessa viagem também estão lindas, a Irlanda é um país surreal de lindo! A cada foto (de cada canto do país) que eu vejo, percebo o quão incrível e singular ela é. Mal posso esperar pra conhecê-la pessoalmente <3

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

  5. aaaaa tô adorando acompanhar o girls trip de você ♥ caso de amor eterno pelas fotos que vocês fazem 🙂 e essa música gruda na cabeça da gente mesmo HAHAHAH

  6. Amo Girls trip! Acho que é das coisas mais gostosas da vida sair por aí com as amigas <3 E as fotos da sua viagem estavam delicinhas demaissss! E sabe que eu nunca provei club mate? Vou anotar pra lembrar na próxima 🙂

Trackbacks

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

© 2018 Nýr Dagur · by MinimaDesign