Europa, Viagens

A beleza de Salzburg e suas vistas alpinas

Não é surpresa que a Áustria já tinha seu lugarzinho reservado no meu coração. Sou amante da natureza, das montanhas e o país é um prato cheio nesse quesito. Como não amar logo de cara um lugar que as pessoas são super conectadas com a natureza e atividades ao ar livre? Lá no fundo eu tinha certeza que com a Áustria não tinha erro, eu iria me apaixonar.

E já posso ir adiantando que, qualquer oportunidade que aparecer, voltarei pra lá sem nem pensar!

Com tantos lugares maravilhosos pra se visitar na Áustria é difícil escolher o que visitar em tão pouco tempo. Mas, foi fácil também decidir que seria Salzburg a minha primeira experiência austríaca.

Processed with VSCO with a6 preset

Fomos recebidos com muita chuva assim que atravessamos a fronteira da República Tcheca. Paramos em Linz e de lá pegamos um trem pra Salzburg.

Estava aquele climinha super de inverno, céu escuro, chuva… Nem parecia que era verão. Por conta disso, nosso primeiro dia na cidade não foi aproveitado como tínhamos esperado, mas foi muito bom mesmo assim.

Fizemos Couchsurfing por lá e o nosso host austríaco foi simplesmente maravilhoso. Já tinha valido a pena ir até lá só por ter conhecido ele. Como o clima não favoreceu as andanças, os planos foram todos indoors. Assim que chegamos ficamos batendo o maior papo e depois ele nos levou pra ir jantar no restaurante favorito dele e foi muito bom. Ficamos a maior parte do tempo depois em casa mesmo, ele convidou mais outros amigos austríacos para se juntar a nós e foi muito legal. Parecia que estávamos visitando amigos, adoro essas experiências que o Couchsurfing proporciona!

E foi só no dia seguinte que conseguímos ver melhor a cidade sem a chuva!

salzburg

O centrinho de Salzburg é muito elegante. Eu pelo menos quando penso em Áustria, já me vem na cabeça coisas elegantes, phynas, rycas.. E só confirmei isso enquanto estive por lá!

Só que, o que mais me impressionou mesmo foi que tem uma montanha no meio da cidade. E sempre tínhamos que passar dentro dela pra atravessar de um lado pro outro.

IMG_9249

Incrível, né?

Nosso host deu a dica da gente subir a montanha por ali mesmo e ir andando até a fortaleza/castelo de Hohensalzburg. Dá pra subir de funicular pelo centro de Salzburg e que te deixa já na cara do gol. Mas aí é bem mais cheio porque a maioria das pessoas sobem até a fortaleza por esse meio. Andando de outro ponto pode ser mais cansativo, mas também é uma caminhada maravilhosa, bem mais tranquila e com aquela vista de babar de vários pontos da cidade.

IMG_1110 IMG_1115IMG_9259 IMG_9261Só queria saber de ficar ali namorando aquelas montanhas. Coisa mais linda! Se eu morasse em Salzburg acho que iria fazer essa caminhada com frequência, viu. Essa vista foi pro outro lado da cidade, essas das próximas fotos já são mais pro centro de Salzburg.

IMG_9266IMG_1128szbIMG_1132IMG_9272

A vista é sensacional mesmo, não é? Agora olhem essa aqui, com a fortaleza de Hohensalzburg toda imponente lá no topo e com essas montanhas todas em volta. Como não se apaixonar por essa cidade?

IMG_9285IMG_1135 IMG_1134IMG_1141Outra coisa que me encantou muito em Salzburg foi a paleta de cores no centro da cidade, sou dessas que repara até nisso! Mas me diz se não é uma gracinha?

IMG_1136IMG_1138

Eu achei a entrada em Hohensalzburg bem barata pelo que tá incluído no ingresso, se não me engano foi um pouco menos de 10 euros, nove e pouquinho. E essa entrada incluía uma passagem de volta com o funicular, audioguide e acesso ao museu e aos pátios do castelo.

Acabei não tirando muitas fotos por lá, mas amei conhecer, muito bonito e vale a pena também pra conhecer mais da história da cidade. O Hohensalzburg é considerado um dos maiores castelos medievais da Europa. Uma coisa que gostei também de ver lá, foi uma  sala que tinha maquetes com o desenvolvimento da construção de acordo com a época. Muito interessante ver como começou pequenino e como terminou tão grande.  Foi construído em 1077 e ampliado entre os anos de 1495 – 1519.

IMG_9304IMG_9294IMG_1146IMG_1145

Foi legal ter pego o funicular pra descer, já que queriamos ganhar tempo pra poder ver pelo menos um pouquinho do centro da cidade. Tívemos só a parte da manhã mesmo pra explorar Salzburg (já que o dia anterior foi só de chuva, meeh) e a tarde iríamos visitar Hallstat com o nosso host.

Salzburg foi onde Mozart nasceu, então muita coisa na cidade gira em torno disso. Dá pra visitar locais que foram  importantes na vida dele, como onde ele morou por exemplo. Se tivesse mais tempo por lá eu até iria conferir alguma coisa, mas na hora não me despertou interesse.

IMG_1149 IMG_1152

No outro dia só tívemos a parte da manhã pra aproveitar alguma coisa antes de pegar o trem pra Munich. Nosso host tinha planejado nos levar até um restaurante no topo de uma montanha que ficava próxima, mas o dia tava bem nublado e um pouquinho chuvoso. Nem compensaria muito dirigir até lá, então fomos em um outro restaurante bem tradicional austríaco que era mais perto.

De lá fomos visitar também o Hangar-7, um prédio com uma exibição de aviões históricos, helicópteros e carros de fórmula um. Esse prédio pertence ao fundador da Red Bull, lá também tem um bar onde você pode provar um sabores diferentes de Red Bull. E aí que fiquei surpresa, porque não fazia ideia que Red Bull era da Áustria. Quer dizer, metade da Áustria metade da Tailândia.

IMG_9426

E PARA OS VEG’S…
Comi super bem em Salzburg e o melhor ainda é que foram comidas tradicionais austríacas que são vegetarianas. O primeiro prato que provei foi o Kasnockn, tipo de dumplings com queijo, coisa mais maravilhosa (foto aqui). E o segundo foi o Gebackene champignons, que era cogumelo empanado, servido com limão, saladinha e um molhinho divino (foto aqui). Amei muito os dois pratos e super recomendo pedir um deles ou os dois, fico salivando aqui só de lembrar.

Foi super curtinho o tempo que deu pra aproveitar em Salzburg, mas foi tão legal e não vejo a hora de voltar! ♥

 

//You Might Also Like

//15 Comments

  1. Laura Nolasco

    setembro 15, 2017 at 4:55 am

    !Que lindezinha de cidade, amei o post!
    Nossa, na foto que vc aparece você tá parecendo MUITO minha mãe quando era mais nova, até assustei!
    Nossa, eu AMO cidades cercadas por montanhas assim, deve ser mto incrível com todo esse clima, e esse castelo, e aaaaah, tudo isso…
    Beijos!

    1. Taís

      setembro 18, 2017 at 11:37 pm

      hhahaha sério? Que engraçado!

  2. Katarina Holanda

    setembro 15, 2017 at 2:57 pm

    Que sonho, Taís! Eu amo dias com climinha assim, mas em viagem às vezes atrapalha um pouco o programado mesmo. Tudo lindo apesar disso!

  3. Camila Faria

    setembro 15, 2017 at 6:44 pm

    A cidade é mesmo toda lindinha, que amor! A paleta de cores é uma graça, fiquei namorando pelas fotos. Quero conhecer! (e adorei essa dica de subida alternativa fazendo a caminhada pela montanha, bom saber)

    <3

  4. Ana

    setembro 15, 2017 at 7:48 pm

    caramba, que cidade linda e que paisagem de tirar o fôlego! <3

  5. Safelight-room

    setembro 16, 2017 at 2:21 am

    Que cidade realmente gracinha essa!
    Ainda nao conheco a Austria apesar de ser aqui do lado rs. Ótima dica de lugar para visitar por lá, aliás. Adoro esses lugares com tanta natureza e vista tao bonita, e tem um castelooooo, como nao amar? Se tem castelo eu já quero hahaha

  6. Stephanie Vasques

    setembro 16, 2017 at 2:24 am

    Não conhecia essa cidade, mas eu já tô tão apaixonada!!! Olha só essas fotos, gente, que lindezaaaaaaaa! Achei incrível o fato de passar por baixo da montanha que fica no meio da cidade, hahahaha. Mas o melhor é a vista de cima, é de tirar o fôlego. Adorei o bar com Red Bull, também! Já foi pra minha travelist SIM! <3

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

  7. Su

    setembro 16, 2017 at 8:44 pm

    ai taís, cada post seu é uma enxurrada de fotos maravilhosas e de lugares maravilhosos! ♥

  8. Wanila goularte

    setembro 16, 2017 at 10:28 pm

    Mais uma cidade linda por aqui! Tô amando esses posts da sua viagem porqu sinto que posso conhecer um pouquinho mais da europa <3 e cara, essa experiência de couchsurfing dever ser tãaao legal, morro de vontade!

  9. Laís

    setembro 17, 2017 at 3:20 am

    Ah, Taís, eu sempre fico de queixo caído com as tuas fotos, inclusive, gosto muito das paisagens que aparecem aqui e no blog da Ana, vocês me enchem os olhos com tanta vista linda!!! Eu amei esse post, a vontade que dá é de se teletransportar pra vivenciar o mesmo. <3 <3

  10. Kelly Soares

    setembro 18, 2017 at 1:21 am

    Nossa que lindo Taís ótimas fotos amei que cidade maravilhosa.
    Parabéns ótimo artigo.

  11. Ana Beatriz

    setembro 18, 2017 at 1:40 am

    Os pratos parecem MUITO GOSTOSOS! Meu deus, deu vontade demais aqui! <3 Adorei conhecer um pouco da Áustria, eu não sei praticamente nada sobre o país e parece ser um lugar mais próximo da natureza. Passa a impressão de ser calmo também, é assim? As cores das casas e a arquitetura é linda.

  12. Gabi

    setembro 18, 2017 at 10:35 am

    Que delícia! Eu imaginava Salzburg essa gracinha mesmo que está nas suas fotos. Mati morou na Áustria lá perto, e ele quer mto ir me mostrar os lugares favoritos dele, espero que em breve dê pra ir. Essas fotos da cidade rodeada por montanhas me deu ainda mais vontade 🙂

  13. Thayse

    setembro 18, 2017 at 4:41 pm

    Que lugar inspirador! As fotos ficaram muito amor, parece ter sido uma experiência sensacional. E que amor essa tua história do Couchsurfing, tão bacana encontrar pessoas legais e dispostas a ajudar, receber a gente. Eu acho super difícil conseguir lugar pra casal, e fazer sozinha eu sempre tenho um pouco de medo e aí nunca consigo marcar nada :/ Mas vou seguir tentando.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  14. Hallstatt: a vila mais bonita da Europa - Nýr Dagur

    setembro 18, 2017 at 11:12 pm

    […] maneira mais fácil de chegar lá saindo de Salzburg é de carro, cerca de 1h10. Já de transporte público a viagem dura por volta de 2h30, já que […]

//Leave a Reply