Viagens

Visitando Berlin pela segunda vez

A primeira vez que estive em Berlin foi em novembro do ano passado (post aqui) e essa visita deixou um gostinho de quero mais, muito mais!

Juntando a vontade de ficar mais tempo na Alemanha, explorar mais de Berlin e o convite de uma amiga, não demorou muito tempo pra eu ir visitar Berlin pela segunda vez (5 meses, pra ser mais exata). É uma sensação muito gostosa poder viajar de novo pra uma mesma cidade, você se conecta mais e tem um outro nível de experiência.

Usei o transporte público e andei pelas ruas da cidade sem me perder. De certa forma, ficou aquela sensação de pertencimento, quando você sabe seu caminho e como as coisas funcionam, não aquela de que estou simplesmente de passagem. Percebi que estava com saudade das coisas mais bobas, como a voz do moço anunciando as estações (principalmente quando ele fala os números das linhas) e de enfrentar situações do cotidiano em outro idioma.

O objetivo dessa segunda visita além de ir conferir lugares novos, era também de matar a saudade e curtir a cidade na calma e sem pressa. Minha primeira exigência era aproveitar as maravilhas vegetarianas e veganas que Berlin oferece, comi e não foi pouco. O resto dos planos foram acontecendo naturalmente, eu tinha em mente que eu queria visitar lugares abandonados e ver mais Street Art. Como também estava com a minha mente aberta pra qualquer mudança de roteiro.

Processed with VSCO with hb2 preset

DIA UM
Cheguei bem cedo e muito cansada. Eu vim da Polônia e a saída do ônibus lá era as 4:30 da manhã (quem dorme?). Assim que cheguei na casa da minha amiga e botamos o papo em dia, eu não tive outra opção a não ser descansar um pouco antes de ir bater perna.

Fui pra região da Warschauer Straße, comi um hamburguer vegano maravilhoso por ali e segui pra ver a East Side Gallery, que é uma galeria de arte ao ar livre no que foi preservado do Muro de Berlin. Eu fiquei bem surpresa com o tamanho, eu sabia que era grande, só que era muito maior do que eu imaginava. Não consegui ver tudo, mas foi bem interessante. Tem muita arte legal e é uma pena que algumas partes tenham que ficar protegidas pra ninguém vandalizar. E tive também que presenciar o infeliz momento de ver turistas nas pontas tentando quebrar uns pedacinhos do muro pra levar pra casa. Seriously?

Processed with VSCO with hb2 preset

esgIMG_3210 IMG_3217 IMG_3211IMG_0467IMG_0471IMG_0470IMG_0473

Com minha dose de Street Art do dia preenchida, fui encontrar minha amiga na Alexanderplatz e ficamos por ali um tempo de bobeira até dar o horário do outro compromisso que ela tinha e eu o meu de ir encontrar uma outra amiga.

Fomos em uns bares bem legais, um deles é o Kaschk, que fica próximo da estação do metro Rosa-Luxemburg Platz. Lá eles servem cervejas artesanais nórdicas, magina se eu não gostei, né? Os preços não são caros, paguei 4 euros na minha. Eu não sabia o que pedir, então falei mais ou menos o tipo de cerveja que eu gosto e eles me indicaram uma. O menu de cerveja deles sempre muda e dá pra conferir no site quais são as disponíveis no momento. E pra fechar o dia um maravilhosamente bem, fomos comer uma comidinha gostosa em um restaurante vietnamita.

Adoro essa mistura e esses lugares super diferentões em Berlin. ♥

DIA DOIS
Infelizmente minha amiga teve imprevistos e não pode ir passear comigo, o plano era ir visitar alguns lugares abandonados pela cidade. Eu pesquisei pra tentar ir sozinha mesmo, mas alguns dos lugares que eu queria visitar não era lá muito recomendável ir sozinha, ou eram muito longes, ou eu tinha que levar uma lanterna e achei melhor não arriscar. O que me deixa com mais desculpas pra voltar pra Berlin, certo?

O ruim também foi que eu estava com dor de garganta nesse dia, mas mesmo assim eu resolvi ir passear em Kreuzberg pra ver mais Street Art. Kreuzberg é um dos bairros mais famosos de Berlin, é um lugar que vale muito a pena ir visitar. Nesse dia o tempo estava bem maluco, abria sol e cinco minutos depois começava a nevar (?). Aproveitei quando o tempo estava bom e andei o que pude ali pelo bairro , cada Street Art maravilhosa que por mim passava o dia inteiro lá só vendo isso.

IMG_3251 IMG_3252IMG_0474

Essa do elefante foi a minha favorita, que coisa mais linda!  Vocês que assistiram a segunda temporada de Sense8, lembram desse lugar? A Netflix liberou a temporada agora no começo de maio(fui pra Berlin no final de abril) e quando eu achei esse lugar eu não fazia a menor ideia de que filmaram uma cena da série por lá. Que é quando o Wolfgang está jogando futebol e a Kala aparece. Dei um grito quando vi a cena e lembrei que eu tinha achado esse lugar nas minhas andaças por Kreuzberg, que demais! ♥

Processed with VSCO with a6 preset

Como o tempo estava bem maluco, também inclui museus no meu plano. Ali pertinho tem o Museu Judaico de Berlin e foi pra lá que eu fui.

Não imaginava que o museu era tão grande, tem bastante coisa pra ver, acho que passei umas boas duas horas lá vendo tudo. Achei muito bom e vale a pena a visita. Tem muita coisa sobre a história dos judeus na Alemanha, fora a arquitetura do museu que é sensacional e que é proposital com o tema.

Eu praticamente nem tirei fotos lá dentro, eu estava com a minha cabeça tão ocupada absorvendo todas aquelas informações, histórias e todo o conteúdo que o museu oferece que esqueci de registrar algumas partes.

IMG_3243 IMG_3249

Saindo de lá eu estava com esperanças de ir visitar também o DDR Museum, mas minha dor de garganta só piorou e comecei a me sentir mal. Eu ainda tinha mais quatro dias de viagem pela frente e achei melhor ir pra casa descansar. Tomei uns cházinhos, comprei besteiras no mercado e assisti um filme alemão chamado Honig im Kopf (muito fofo, recomendo!), que inclusive nem consegui terminar de ver.

Queria ter aproveitado mais esse meu segundo dia e também ter saído a noite, mas foi bom eu ter ido descansar já que no outro dia eu acordei bem melhor!

Eu iria passar mais um dia e meio em Berlin, mas novamente os planos mudaram e acabamos indo pra Potsdam e foi incrível!

Cheguei a conclusão de que Berlin é uma cidade que eu vou sempre voltar. Tem milhares de coisas que eu quero fazer e ainda vou precisar de muitas visitas. Pode não ser a cidade mais linda que eu já visitei, mas com certeza é uma das mais incríveis e doidas e que eu AMO!

Quanto mais eu vou pra Alemanha, mais eu quero voltar! ♥ Berlin, me aguarde! Ainda te visitarei muitas vezes mais.

> e vocês, curtem ver Street Art quando visitam uma cidade nova?

 

//You Might Also Like

//22 Comments

  1. Lorraine Faria

    maio 17, 2017 at 11:19 pm

    sou doida p conhecer Berlim! ainda mais depois de ver os vlogs da Dani Noce! que cidade sensacional <3 e como você disse, pode não ser a mais linda, mas é muito ~completa~ né?

    1. Taís

      maio 25, 2017 at 11:59 pm

      Sim, tem de tudo em Berlin!! Espero que você consiga conhecer em breve, Lorraine, Berlin é demais <3

  2. Thayse

    maio 18, 2017 at 1:07 am

    EU AMO BERLIM, de uma maneira que me faz pensar muito em como seria mágico morar lá, sério, é uma cidade encantadora! O que mais gosto é essa pegada forte artística, uma cara super descolada e contemporânea e ao mesmo tempo tantas coisas históricas impactantes e importantes, sério, isso é demais pra mim, eu fico inebriada! Amando ver tuas fotos e rever Berlim por aqui *-*


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:05 am

      Siiim, Berlin é tão fascinante que nem sei! <3
      Mas apesar de gostar tanto de lá, não seria um lugar que eu moraria, eu passaria sim um tempinho por lá pra aproveitar bastante, mas morar já é outros quinhetos, prefiro uma cidade mais calma..e se for pra morar na Alemanha quero aprender o alemão, o que é meio difícil em Berlin já que você meio que não precisa de alemão pra sobreviver haha xD
      Beijos! :*

  3. Claudia Hi

    maio 18, 2017 at 1:19 pm

    É lindo ver como o street art costuma retratar bem a cidade. É legal que sempre tem um apelo por trás dessa arte e acho que é um jeito muito mais interessante de reivindicação (ou apoio).

    Eba! Já quero ver a segunda parte da viagem!

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:12 am

      Também super concordo, Claudia! 🙂

  4. Lisete Reis

    maio 18, 2017 at 5:43 pm

    Que sensação maravilhosa essa de não estar só de passagem e conhecer um pouco melhor o lugar em que a gente está. <3 Sinto falta em algumas viagens de conhecer mais a fundo e sair da rota do turismo. Acho que se a gente não fica muito tempo, a única forma de isso acontecer é voltando mesmo. Que legal que você teve a chance e que coisa linda esse tanto de arte que tem na cidade! É uma forma de enxergar a cidade como os artistas que fizeram e eles geralmente são moradores dali. Eu adoro! 🙂 E ai, ainda tô começando a segunda temporada de Sense 8, mas já quero ver a cena que você falou, hahaha. Ainda não conheço o lugar, mas já sinto familiaridade por causa do seu post! Um beijo

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:22 am

      Outra forma também é passar tempo com pessoas locais, parece que você fica mais intimo da cidade conhecendo com pessoas que moram por ali 🙂

  5. Suelen Lima

    maio 19, 2017 at 8:24 pm

    Que sonho conhecer a Alemanha! Fiquei emocionada com as fotos <3
    Só viajei para o exterior uma vez pra inglaterra, conheci quatro cidades lindas e confesso que antes disso não tinha lá muita ambição por conhecer outras partes do mundo além daquela. Hoje em dia já tá na wishlist de vida. hahaha
    E SOCORRO reconheci a cena do elefanteeeee achei inclusive muito simbólico o local pelo episódio da "tromba" da primeira temporada ahahahahhaah
    AMO essa série de paixão! s2

    Beijos!

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:39 am

      Suelen, tem tanto lugar maravilhoso pra conhecer e fico feliz que sua meta tenha crescido. Espero que consiga ir visitar a Alemanha sim porque é um país maravilhoso!
      E Sense8 é muito demais, socorro<3
      Beijos!

  6. Katarina Holanda

    maio 20, 2017 at 1:18 am

    Eu quero todas essas street arts na minha casa! Hahaha. Que coisa mais linda! Posso amar Berlim sem nem conhecer?

    Eu quero muito conhecer alguns lugares relacionados à Segunda Guerra, como o Memorial Judaico, mas não faço ideia de como vou reagir a isso, deve ser mesmo um baque imenso. 🙁 E tem que ser, né?

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:48 am

      Pode amar Berlin sem conhecer,Kat! hahaha e eu também fiquei desejando ter uma dessas street arts na minha parede de casa<3
      Visitar esses lugares dá um baque, mas como você disse, eles estão aí pra isso..e tem que ser visitado mesmo!

  7. Camila Faria

    maio 22, 2017 at 9:37 pm

    Arte de rua, como não amar? Acho incrível que algumas precisem ser preservadas e isoladas, as pessoas podem ser muito idiotas às vezes, né? Arrancar pedacinhos do muro gente? Aff… Quero muito conhecer Berlim. Fui para Alemanha e não passei por Berlim, assim não vale, né? Hahaha! E quero assistir o filme, já incluí aqui na minha listinha Taís. Beeeijo :*

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:50 am

      Realmente, Cá.. é cada doido, que nem sei como esse povo sai de casa pra vandalizar e fazer essas coisas, triste,né?
      E você precisa muito conhecer Berlin, quando for me avisa que eu quero ir também! haha
      Beijos!

  8. Gabi

    maio 22, 2017 at 9:48 pm

    Ai Berlim fodastica! Essa cidade é incrível, é demais, e só de ir lendo, de ir vendo suas fotos, já palpitou meu coração. Numa das minhas idas fiquei na Warschauer Strasse, bem perto da ponte. Fiquei olhando suas fotos e lembrando de tanta coisa… acho que ta na hora de voltar 🙂
    Fotos lindas e texto ótimo, que me transportaram imediatamente. Beijos!

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:55 am

      Awnn Gabi, que bom que o post te fez lembrar dos seus momentos por lá, tem que voltar mesmo!
      Quem sabe um dia a gente consegue marcar pra voltar lá juntas? Seria otimo!!
      Beijos <3

  9. Ana Beatriz

    maio 24, 2017 at 2:54 am

    Eu amo street art e é uma das coisas que reparo quando estou em uma cidade nova. Às vezes ela pode ser bem pequena, mas é possível achar arte bem legal na rua, como um grafite lindo que eu vi em Duluth, uma cidade pequena da Georgia. Em SP tem vários incríveis, principalmente lá pelos arredores da Liberdade.
    Berlin parece inspiradora demais! Eu ainda não cheguei nesse ep que o Wolfgang joga futebol, vou ficar de olho.

    1. Taís

      maio 26, 2017 at 12:59 am

      Sim, tem sempre alguma arte legal escondida em algum canto da cidade!<3

  10. Bela

    maio 31, 2017 at 7:13 pm

    Eu nunca tive muito interesse em conhecer a Alemanhã, acredita? Anos passado, vi um documentário sobre street art e decidi que um dia iria á Berlim. Acompanhei sua viagem do ano passado, o que me deu mais vontade ainda.
    Agora pare com essas fotos maravilhosas! ahaha
    E quando rola escala na Finlândia? 😀
    A Bela, não a Fera | Youtube Channel | Vem conversar comigo no Twitter!

    1. Taís

      junho 2, 2017 at 1:33 am

      Alemanha é um país maravilhoso!! E acho que tu iria curtir Berlin sim!!
      Sobre a Finlandia, se pudesse iria agora mesmo, mas acho que vou conseguir ir só ano que vem!

  11. Gisley Scott

    junho 1, 2017 at 9:10 pm

    Menina, fiquei encantada com a arte urbana em Berlim, principalmente a do elefante. Lindíssimo!
    http://www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

  12. Uma rápida parada em Dresden - Nýr Dagur

    junho 15, 2017 at 11:38 pm

    […] third round. Veja também os posts anteriores: – Conhecendo Poznań, na Polônia – Visitando Berlin pela segunda vez  – Uma manhã em Potsdam  – De volta à Leipzig e o Stasi Museum  – Parque […]

//Leave a Reply