Irlanda

St. Patrick’s day em Dublin

Demorou um pouquinho, mas vim compartilhar com vocês como foi o St. Patrick’s day aqui na Irlanda.

É o feriado mais importante e conhecido não só no país, o mundo inteiro está cada vez mais familiariazado com essa comemoração irlandesa.
Eu estava ansiosa e curiosa por ser o meu primeiro St. Patrick aqui, não foi exatamente como eu gostaria que fosse, mas vamos pular essa parte.
A cidade fica lotada de turistas, andar nas principais ruas do centro vira uma tarefa difícil e requer muita paciência também.
Como a data caiu em uma segunda-feira, as comemorações começaram na sexta-feira, foi um final de semana cheio de eventos. Eles disponibilizaram um site com todas as informações sobre tudo que estava acontecendo, com horário e local pra todo mundo se programar.

Na sexta eu tive uma pequena aula de dança irlandesa, foi divertido, meio bagunçado, mas só pra não passar em branco. Na época de St. Patrick, as escolas aqui ensinam pras crianças as danças irlandesas e tudo sobre a história do padroeiro, achei bem legal isso. (E falando assim, parece que eu também estou na ‘escolinha’ hahaha)
No sábado, aconteceu um jogo muito importante pra Irlanda, a final do campeonato de Rugby (Six Nations). Particiam os países Inglaterra, Escócia, País de Gales, França, Itália e Irlanda, a final foi contra a França e se a Irlanda perdesse quem ficaria com o titulo seria a Inglaterra, sente só o clima! Estavam todos os irlandeses bem tensos, o que o brasileiro é apaixonado por futebol, o irlandês é apaixonado por rugby.
Fui assistir ao jogo com a minha família irlandesa em um pub perto de casa, em uma área reservada só pra gente e mais algumas outras famílias também. Foi muito legal essa experiência, estar rodeada de nativos participando de algo deles. Eu não era a única estrangeira ali, o engraçado é que tinha umas duas famílias francesas. Aqui a ‘rivalidade’ é bem pacífica nos esportes, não rola aquela briga ou coisa do tipo. Sempre que a Irlanda joga com outro país, eles colocam a bandeira desse país no centro e pubs em forma de prestigiá-los também. O jogo foi bem tenso e quase a França ganha, quando acabou o jogo imagina a felicidade do povo aqui! Ficaram doidinhos, ainda mais que era final de semana de St. Patrick, parece que a Irlanda ficou mais verde ainda com essa vitória. Achei muito legal.
Domingo, bom.. a gente pula porque não teve nada de muito interessante, mas segunda, finalmente o dia… Teve um desfile, que acontece todos os anos no centro da cidade.

Fica tudo beeem lotado! Tem que chegar cedo pra conseguir um bom lugar, como minha lente tá quebrada (ainda!) não tirei muitas fotos. O desfile foi legalzinho, teve umas partes legais e outras nem tanto assim, a verdade é que achei o desfile muito ‘americano’, se é que vocês me entendem. Pelo que eu conversei com alguns irlandeses, a cada ano que passsa o desfile vai perdendo aquela essência irlandesa e se sujeitando ao clichê americano. Até porque muito dos esteriótipos que você ouve falar da Irlanda, é meio que criado pelos americanos. O que me falaram é que se você for pra cidade de Boston nos Estados Unidos (onde a imigração irlandesa é grande), você vai encontrar algo mais irlandês do que em Dublin, engraçado não?
Pra ter algo mais típico mesmo tem que ir aos desfiles das cidades pequenas, o que me parece ser bem mais legal. Bom, quem sabe na próxima vez..

Após o desfile, fomos em uma feirinha de comidas, tinha música tradicional irlandesa e estava bem legal.
Tentamos ir em algum pub, mas estava impossível de entrar, tudo bem lotado e caro. O jeito foi ir beber alguma coisa em casa e depois voltar pra ‘bagunça’.  Aqui é proibido beber na rua, mas como estava tudo uma zona, você via muita gente bebendo, mas a Garda (policia daqui) quando via, pegava, outras vezes simplesmente ignorava, porque era tanta gente que… né. haha
A região do Temple Bar fica cheia de bêbados, o ruim é que é o alvo dos adolescentes rebeldes de Dublin e você não vai querer esbarrar com eles. Eu sempre ignoro e finjo que eles não existem, nunca tive problema com eles, mas eles fazem de tudo pra arrumar briga. Tentam derrubar seu chapéu ou coisa do tipo, este ano aconteceu um episódio bem feio, quando um desses adolescentes agrediu um estudante brasileiro e ele ficou desacordado e sangrando no meio da rua. Achamos que ele tinha sido atropelado, mas no outro dia o vídeo do que realmente aconteceu se espalhou pela internet e aí que as autoridades foram fazer alguma coisa. Mas parece que aconteceu outros casos parecidos durante o St. Patrick’s day.. Uma pena, uma festa que é pra ser algo legal acaba virando tragédia. Mas gente idiota e sem noção existe no mundo inteiro, infelizmente.

Mas sabe o que eu achei mais legal? Um parque de diversões (pequeno) que montaram perto do rio. Sou criança sim ou com certeza? Fazia tanto tempo que eu não ia em um parque assim, mas aí descobri que aqui na Irlanda não tem um parque fixo, só as vezes que eles montam em algumas ocasiões.

E quando a noite chega, a cidade fica verde! Mas, como se já não bastasse a minha falta de fotos, o blog resolve estragar com a qualidade das poucas que eu tenho e não deixa eu postar a única foto boa noturna.
Mas aqui neste link vocês podem ver mais fotos de como foi o St. Patrick’s day em Dublin.

//You Might Also Like

//7 Comments

  1. Thay

    março 30, 2014 at 11:06 pm

    Aqui em Cwb diversos bares fizeram programação especial para o St. Patrick's Day, mas eu não participei. Ano passado caí sem querer em uma festa dessas, mas o lugar estava tão cheio e confuso que não quis repetir a dose essa ano. Mas acho legal um país se reunir pra comemorar, e mesmo que a data tenha ficado mais comercial e estereotipada, ainda assim é uma boa maneira de se lembrar das tradições do país. Uma amiga minha que está morando aí sempre comenta desses adolescente arruaceiros, e que eles são bem sem noção. Mas é como você disse, gente babaca tem em todo canto do mundo, infelizmente. =/

  2. Natasha Magalhães

    março 31, 2014 at 4:06 am

    Nossa, isso sim é uma festa! Hahahaha. Não tem jeito, me identifico muito mais com a cultura gringa do que com a brasileira. Queria ter feito uma comemoração aqui de St. Patricks, mas não achei nada pra decoração.

    http://www.cerejasnotopo.com

  3. Anônimo

    março 31, 2014 at 4:12 pm

    Aqui no Brasil já é legal comemorar, imagino aí então..muito bom!
    Poxa bem que vc podia fazer posts sobre a vida cotidiana pra um intercambista aí, né? Não sobre sua vida pessoal, mas no geral…tipo se é difícil arrumar emprego ou de conhecer pessoas pra dividir o aluguel, o tipo de recepção que se pode esperar da maioria do irlandeses..vou praí daqui uns meses, tenho certeza do que eu quero, mas o receio de dar tudo errado tá batendo. Se vc tiver um tempinho pra fazer um post desse tipo eu te agradeço muito. Bjos

  4. Camila Faria

    março 31, 2014 at 4:24 pm

    Hummm… feirinha de comidas! #adoro Tirando as confusões (que acho que acontece em todo lugar do mundo, né?), deve ser o máximo passar o St. Patrick's Day aí. Aqui no Rio, o Cristo Redentor ficou verdinho, em homenagem ao dia!

  5. Elisa Mello

    abril 1, 2014 at 12:44 pm

    Cara, deve ser de mais esse dia tão esperando pelos irlandeses! Adoraria que esse evento se espalhasse pelo mundo inteiro! haha

  6. Paula A.

    abril 2, 2014 at 4:22 pm

    Gente idiota tem em todo o mundo, infelizmente. Vi a notícia desse ocorrido, mega tenso… sempre que tem muita bebida envolvida, a chance de acontecer alguma merda é absurda, né. Pena que não foi tudo o que você esperava, mas parece ser divertido do mesmo jeito – até com a multidão na rua xD

  7. Dayane Pereira

    abril 5, 2014 at 3:51 am

    Gosto muito das suas postagens cheia de detalhes porque, como já te falei, tô planejando meu intercâmbio pra Dublin tb <3333
    Aqui em SP, eu fui num bar Irlandês que tem em SP e foi uma festa só, a galera curte bastante aqui, agora, imagina aí, nem tem comparação.
    Ah, eu tb tenho esse lado criançona, adoro parques de diversões, não resisto!

//Leave a Reply