Europa, Islândia, Viagens

Tjörnin

Não importa a estação do ano, a Islândia tá pronta pra te receber com maravilhas que vão te encantar seja com paisagem de ‘calor’ ou frio, um exemplo disso é a lagoa Tjornin. (sim gente, isso é uma lagoa!)
No verão o pessoal vai muito pra caminhar em volta, alimentar os gansos, cisnes e toda a passarinhada que mora alí. E no inverno, a lagoa fica toda congelada, possibilitando fazer ice skating.

Depois de ir na Hallgrímskirkja, uma parte do grupo foi tomar sopa e eu resolvi descer pra conhecer a lagoa antes de escurecer completamente. Seria uma boa estar quentinha dentro de um restaurante tomando uma sopa, mas preferi encarar o frio e aproveitar as poucas horas de luz pra andar pela cidade. Tjörnin fica no centro, perto da prefeitura de Reykjavík, não é uma longa caminhada da igreja até lá, aliás, é tudo muito perto, já que a cidade é bem pequena.

Tenho certeza que no verão deve ser uma delícia caminhar por alí, mas essa beleza dele no inverno conquistou mais meu coração, não sei se é porque foi a primeira vez que estive em uma lagoa congelada, ver uma metadinha ainda com água e a outra congelada, todo aquele clima.. ai, foi demais. Melhor deixar as fotos falarem um pouquinho.

Vocês devem ter percebido que a lagoa não fica completamente congelada, fiquei pensando no motivo e pensei que era por causa das aves mesmo, que deveria ter algum tipo de aquecimento geotermal, perguntei pro meu viking e ele me confirmou, é isso mesmo. Tem tipo uma tubulação concentrada naquela parte que aquece a água pras aves poderem ficar ali numa boa, seja no verão ou inverno. Que legal, né? Também tive uma aula e aprendi que em islandês ‘á’ significa rio, ‘vatn’ significa lago e ‘tjörn’ significa lagoa (takk fyrir, sæti :*). Tava chamando o tempo inteiro de lago, mas Tjönin é uma lagoa mesmo.

No começo eu não tinha muita certeza se iria encarar andar na lagoa, só depois que vi mais pessoas indo é que resolvi arriscar. A ideia de caminhar numa lagoa congelada, principalmente se você não sabe nadar, é…. aterrorizante. Sério, eu fiquei morrendo de medo, vai que começa a rachar e você cai na água? Fiquei agoniada, tudo bem que eu peso meio quilo, mas fiquei com essa paranóia de que eu iria cair e morrer afogada e congelada.  Sei que eu morreria feliz e em casa, mas né, não precisava ser tão cedo.. hehehe

Eu fui pisando cuidadosamente, quase nem respirava, meu roommate americano não parava de rir do meu sofrimento, mas tava no mínimo engraçado ver toda aquela minha situação. Fui desafiada a ir até o meio da lagoa, respirei fundo e quando eu vi já tava lá e ainda escrevendo ‘nýr dagur’ na Tjörnin pra marcar minha presença. Apesar do meu drama todo, foi uma experiência muito legal.

O morador local me dando as instruções ‘pode vir que tá tranquilo’.

Anjinho! Não é meu, não tive toda essa coragem assim de fazer um hahaha

 

No verão eu ficaria fácil sentada nesses bancos observando a vista, ouvindo música, escrevendo, batendo papo com os amigos…delícia de lugar!

Sou só eu ou vocês também teriam esse medinho de andar na lagoa congelada?

Mas ó, não deixem que o medo te faça amarelar, é uma experiência divertida no final das contas.

//You Might Also Like

//19 Comments

  1. Paula A.

    janeiro 26, 2015 at 11:22 pm

    Eu teria MUITO medo de andar em uma lagoa congelada! hahaha. Mas ia lembrar horrores de Brilho Eterno e ia querer fazer de qualquer jeito, com ou sem medo. Suas fotos da Islândia ficaram tão lindas, Ta… dá ainda mais vontade de conhecer. E adorei sua expressão corporal de "super legal estar aqui no meio do lago gente -sqn" na foto! xD

    1. admin

      janeiro 26, 2015 at 11:52 pm

      Awnn, obrigada, Paula! <3
      HAHAHAHAA eu tava com muito medo, tava falando 'tira logo que eu quero sair daqui', cada movimento era uma batida mais forte no coração! xD

  2. suuh

    janeiro 27, 2015 at 12:03 am

    Já tôu apaixonada pela Islândia também? Essa sua série de post só me faz ter mais vontade de visitar! 🙂

  3. Bárbara Hernandes

    janeiro 27, 2015 at 9:41 am

    Falar que suas fotos estão maravilhosas é chover no molhado (me dá umas dicas, gente!), mas eu não pude deixar de rir dessa história do lado congelado! Eu sempre penso nisso e acho que teria pavor também! Já pensou cair nessa água sem saber nadar? Rs
    Ainda bem que você voltou viva pra contar a história!

    1. admin

      janeiro 30, 2015 at 11:14 pm

      Hahaha nossa, minha mãe iria me matar se eu morresse na lagoa congelada. Ainda bem mesmo que voltei pra contar a história 😛

  4. Kah Souza

    janeiro 27, 2015 at 12:05 pm

    To babando nas fotos, só pra variar um pouco a vida huahuahuauh
    Gente, eu ia morrer de medo, sério. Mas assim como vc, eu tb iria. Mesmo com as pernas bambas, me tremendo toda, e pensando nas possibilidades de acabar em desastre, HAHAHA.

  5. BA MORETTI

    janeiro 28, 2015 at 12:57 am

    meudeux quantos patinhos 🙂

  6. tantacoisanosespera

    janeiro 28, 2015 at 4:11 am

    Suas fotos <3 Islândia <3 Frio <3

  7. Débora Braga

    janeiro 28, 2015 at 11:28 am

    meu deus, esses posts só estão me dando mais vontade de ir visitar esse lugar.
    amei, amei as suas fotos, ficaram lindas! e o lugar ajuda, né? haha
    beijo
    http://www.deborabp.wordpress.com

  8. Juliana Demos

    janeiro 28, 2015 at 12:23 pm

    Quando vi as fotos, ja fiquei pensando que eles quebravam o lago para os patos e não aqueciam, mas achei muito legal a ideia, e o lugar é lindo, mesmo eu que sei nadar teria medo de andar haha mas deve valer muito a pena!

    simplesmenteassimj.blogspot.com

    Eu gosto muito do seu blog e sempre acompanho e leio suas postagens, então queria saber se você não topa uma afiliação?

  9. Camila Faria

    janeiro 28, 2015 at 3:19 pm

    Taís, esse lugar existe mesmo ou é cenográfico? Tão, mas tão lindo que eu fiquei sem palavras. Torcendo MUITO para conhecer esse paraíso um dia.

  10. caixadosdesejos

    janeiro 28, 2015 at 7:22 pm

    Primeiro quando vi os patos fiquei pensando "eles devem ter muito fogo para não virar picolé" haha.
    EU não sei se teria coragem de andar sobre esse lago congelado, não rs. Mas as suas fotos ficaram tão lindas. Não sei explicar, mas é como se elas transmitissem um pouquinho dos teus sentimentos pra gente. 🙂

  11. gostodecanela.net

    janeiro 30, 2015 at 2:12 am

    Caaaaaaaaara que lugar lindo!! Parece cena de filme, na boa.. só voc pra mostrar esses lugares com esse jeitinho todo intimista Taís! Sou aquariana corajosa entao eu subiria siiiiim na lagoa!!! hahahahah ficaria meio tensa no inicio, mas depois q eu sentisse q tava o.k. ja era!

    adorei a foto das suas perninhas meio torcidas de "to pisando suave aqui to cheia de nervoso e frio!" hahhahah

    vou mandar as perguntas por Facebook!! Ah, voc ja conheceu Glasgow???

  12. Priscilla Barreto

    janeiro 30, 2015 at 1:41 pm

    Ahh! Uauuu esse lugar parece uma pintura ou o cenário de um filme. E again, seus relatos são reais e bem feitos que me sinto viajando junto! Ainda mais com uma amiga blogueira aquariana eeheheheh!!
    Nossa eu ficaria meio tensa de caminhar na lagoa kkkk mas acho que depois iria aos poucos….
    Keep going on Taís!!
    Alias, as fotos estão lindissímas

    bjs,

    Pri

    http://www.styledchicas.blogspot.com.br

  13. Raquel

    fevereiro 7, 2015 at 4:46 pm

    Ainda nao fiz anjinho na neve, mesmo sendo o meu segundo inverno em terras geladas. Me falta coragem e diria que ate um pouco de espirito aventureiro…rsrsrs!!!

  14. Larissa Ayumi

    fevereiro 7, 2015 at 5:34 pm

    Que lugar lindo! Nunca andei num lago ou lagoa congelados, mas eu provavelmente também ficaria com medo hahahaha!

  15. Ray Lanes

    fevereiro 17, 2015 at 6:20 pm

    Hahaha… eu não tenho coragem de andar em lago algum congelado! E se o gelo rachar, eu cair e depois não conseguir nadar rápido e o buraco congelar? HAHA… tô vendo muito filme!

  16. Gullfoss – Nýr Dagur

    outubro 2, 2016 at 4:41 pm

    […] já tinha ficado toda boba em ver uma lagoa congelada, agora vocês imaginem a minha emoção em ver uma cachoeira congelada, olha, foi uma das coisas […]

  17. Indicações de links #4 – Nýr Dagur

    outubro 2, 2016 at 4:42 pm

    […] até agora: Eu e a Islândia – Reykjavík – Hallgrímskirkja e sua vista – Tjörnin  e também no projeto Nordic Vibes contei sobre uma tradição natalina dos islandeses no […]

//Leave a Reply