Bray

Na fronteira entre os condados de Dublin e Wicklow fica essa adorável cidadezinha chamada Bray.

Pegando um trêm no centro de Dublin, você chega lá em uns 30 minutos mais ou menos, ótimo passeio para se fazer em um final de semana.
Estive lá a primeira vez quando ainda era verão (Sim, estou bem atrasada com as postagens), apesar do dia bonito e a maior parte do tempo ensolarado, estava um ~leve~ friozinho, que provavelmente agora eu acharia o maior calor.
Bray é uma gracinha, a cidade é pequena e você conhece tudo bem rápido. É super gostoso andar pelo calçadão, tomar um sorvete italiano, apreciar o mar irlandês, fazer trilha..
 As praias por aqui são diferentes da nossa realidade de praia brasileira, aqui não tem areia, mas sim pedras! Quando é verão eles colocam areia pra ficar com mais cara de verão, mas mesmo assim ainda fica diferente.
O vento é gelado e a coragem de colocar o pé na água é igual a zero. Eu gosto de mar, mas não sou muito fã de nadar, até porque eu não sei.. hehe
Fomos em um grupo pequeno e depois ficou um pouco maior, brasileiros, coreana, mexicana e italiano. E no fim, quem teve coragem de se banhar em águas europeias, foram nossos queridos amigos curitibanos.

 E claro, fizemos uma caminhada  até o topo desse morro (uns 30 minutos mais ou menos)
Bray Head – Lá de cima você tem uma visão lindíssima dos arredores (colocarei as fotos em outro post) e para os mais aventureiros, tem uma trilha de 5km pelos cliffs que chega até  a cidade vizinha: Greystones – nós encaramos, mas em um outro dia, dessa vez subir o morro já foi mais que suficiente para o meu corpo sedentário.

Comments

  1. Não deve ser mt confortável pelo fato de ter pedrinhas mas a praia è linda, querendo ver as fotos da trilha ja haha, amei essas fotos lindasss

    simplesmenteassimj.blogspot.com

  2. Quando morei em Falmouth (interior de Massachussetts) também estranhei a praia com pedras. É estranho ir andando em meio as pedras pra água, mas ao mesmo tempo, é bem gostoso. Ainda mais encarar o mar com a fonte fria. 🙂

    As fotos ficaram lindissimas!

    http://www.paleseptember.com

  3. Que lindo! Adoro pedras nas praias, me lembra muito do Japão, em alguns lugares, tinha muitas pedras mesmo, mas era lindo.
    E olha que graça essas casinhas, gente? <3

    Beijo!

  4. Não é a toa que Curitiba é tipo a Rússia brasileira, só tem maluco por essas bandas de cá! A cidade parece mesmo uma gracinha, passa uma sensação de aconchego e calmaria. E lindas fotos – como sempre! (:

    Ah, eu também mantive uma pequena esperança de que Ragnar e Lagertha ficariam juntos de alguma maneira, mas como também andei dando uma lida na história "original", é melhor pararmos de torcer pelos dois. O que é uma pena, não gosto da Aslaug! D:

  5. Pedras? Caramba, eu nem sabia que isso era possível. Mas as praias são lindas com elas. E que sol lindo. Eu nem imaginava que fazia friozinho.
    Que foto maravilhosa essa sua fazendo coraçãozinho <3 E ainda fica perto de Dublin, que delícia. :')
    Beijos, girl <3

  6. Ah, a Irlanda <3 Um dia ainda vou conhecer!

    E depois as pessoas dizem que as praias na europa são feias: essa aí que tu fotografou, por exemplo, é linda demais! hahaha

    Abraços
    bossanv.com

Trackbacks

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Instagram @nyrdagur

© 2018 Nýr Dagur · by MinimaDesign