A histórica e badalada Budva, Montenegro

Se tem um arrependimento que tive sobre esta minha visita ao país, foi que passou tudo muito rápido, foi uma visita muito muito curta para o tanto de beleza que existe em Montenegro.

Como relatei neste post aqui, tive problemas pra chegar lá por causa do transporte e demora na imigração, atrasando meu roteiro em 6 horas. Eu perdi praticamente o meu primeiro dia.  Me arrependi demais de ter ficado apenas 2 dias antes mesmo de ter chegado. Por ter alugado um carro e a maioria dos lugares que eu queria visitar eram relativamente perto um do outro, achei que em dois proveitosos dias eu teria conseguido ver tudo que eu queria. Ah, se arrependimento matasse! Lição aprendida, pelo menos.

Após chegarmos moídos de cansaço e ter pego o carro alugado no aeroporto de Tivat, seguimos em direção a cidade costeira de Budva, onde ficaríamos hospedados. A acomodação saiu mais barata por lá, por isso foi logo nosso primeiro destino.

Nesse final de tarde, aproveitamos pra dirigir até Sveti Stefan e pegar o pôr do sol. Sveti Stefan é uma pequena ilhota próxima a Budva (coisa de uns 15 minutos de carro) e lá funciona um resort/hotel 5 estrelas. Minha intenção era só ver mesmo de longe, já que né, não é pro meu bico. O lugar é bem popular entre os milhonários russos, então só tem gente ryca por ali. Foi legal ver essa região, apreciar o pôr do sol, deitar na praia já à noite e ficar vendo as estrelas. Sem contar o risotto maravilhoso que comi, pra somar com as coisas boas dessas primeiras horas em Montenegro

IMG_1430IMG_0068IMG_0058

Voltando pra Budva, juntamos as poucas forças que tínhamos pra ir dar uma volta pelo centrinho. Você já logo se impressiona com o tanto de iate de luxo parados por ali. Praticamente não se ouvia inglês pelas ruas, só línguas eslavas e claro, a maioria esmagadora era o russo. Os russos aparentemente amam Montenegro, principalmente os milhonários, pelo visto.

IMG_0075

Em Budva há diversos cassinos e a rua principal é tomada por night clubs. Sério, nunca vi um negócio daquele. Era uma ao lado da outra, a céu aberto, tocando música altíssima, muitas luzes, holofotes… Uma loucura! Parecia uma grande rave. Homens e mulheres super produzidos, com pinta de modelos, andando pra cima e pra baixo.

Aquilo foi muita informação pra minha cabeça e eu só queria saber de sair correndo de lá. Eu sei que estava muito cansada e mesmo que eu até goste de uma festa em nível moderado quando estou viajando,  aquilo lá foi too much.  Definitivamente não é um tipo de destino que me agrada. Se você é uma pessoa super festeira, não pense duas vezes, corre pra Budva no verão!

Mas, no outro dia, Budva resolveu que não iria me deixar ir embora sem me mostrar um lado dela que eu amaria.

IMG_1433

Durante o dia pude apreciar com mais calma sua charmosa Old Town. Budva é considerada uma das cidades mais antigas do Adriático, historiadores acharam evidências de que tinha gente morando por lá no século 5  A.C (!!!).

Em 1979 Budva foi fortemente atingida por um terremoto e seu centro histórico foi quase que completamente destruído, demorou cerca de 8 anos pra tudo se reerguer novamente. E hoje, ela é  considerada a capital do turismo em Montenegro, sendo um dos principais destinos de verão na costa montenegrina. Com belas praias, night life super agitada, centro histórico murado e super bonito!

IMG_0079IMG_1458IMG_1432montenegroIMG_1460IMG_1462As ruas estreitinhas parecem um labirinto e essas construções de pedra deixam tudo tão mais bonito. Não foi amor à primeira vista, mas sai de Budva encantada com o que eu vi.

Aproveitando o gancho dessa último foto, devo dizer que fiquei surpresa ao chegar lá e ver que eles usam o alfabeto cirílico. Na verdade, eles usam também o alfabeto romano, por isso é comum ver coisas escritas com os dois alfabetos. A língua montenegrina é uma variante do servo-croata, assim como outras línguas dos Balcãs, por isso elas são muito parecidas. Enquanto viajava entre a Croácia, Montenegro e Bosnia & Herzegovina, não conseguia diferenciar muito as três línguas. Só sei que fico cada vez mais fascinada por essas línguas eslavas.

Depois de Budva, seguimos para outros destinos em Montenegro e fiquei mais e mais apaixonada. ♥

>>> Vocês já pensaram em visitar Montenegro também?

Comments

  1. Eu amo o teu blog porque ele nos faz conhecer um pouco desses lugares diferentes e novos, alguns eu nem sabia que existiam, e poder acompanhar a viagem e a tua jornada por eles, com essas imagens maravilhosas, é ótimo!
    Engraçado que pelas fotos, a cidade passa uma vibe de ser super tranquila, sem tanta movimentação… Exatamente o contrário do que é, né?

    • Que comentário mais querido, Ana! Fiquei feliz aqui.. legal saber que eu te apresentei um lugarzinho novo que te despertou interesse! ♥
      Budva é muito doida, parece que de noite a cidade se transforma completamete, é doido de ver haha

  2. Essas Old Towns pela Europa são muito lindas né? Eu amo passear por essas ruazinhas apertadas! Mas vem cá, é fácil se comunicar nesses países? Eles falam inglês ou mais russo?

    • Sim, essas Old Towns são mesmo um charme, impossível resistir!
      Achei bem tranquilo pra se comunicar em inglês, Ana.. a grande maioria das pessoas que trabalham com turismo/atendimento ao público falam bem inglês ou pelo menos o básico sim.

  3. Nossa, também não fazia ideia que eles usavam o alfabeto cirílico além do romano, que louco isso. E bom saber que Montenegro é interessante assim e precisa de mais tempo pra ver com calma, com certeza vais voltar e ter mais experiências aí (e compartilhar tudo aqui com a gente sempre, que vou amar ver tudo de perto hehe). Achei a estrutura da cidade, com esses labirintos e construções, bem diferente e inusitada <3

    Beijos,
    brilhodealuguel.com

  4. Tenho uma amiga aqui de Montenegro e ela foi pra lá na mesma época que vc foi e me mostrou umas fotos. Automaticamente o país entrou para o topo da lista no próximo verão e ela já me prometeu me dar umas dicas de insider. Montenegro que me aguarde!

Trackbacks

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Instagram @nyrdagur

© 2018 Nýr Dagur · by MinimaDesign