Hvar – o destino mais ensolarado da Croácia

Quando eu pensava em Cróacia, vinha sempre aquela ideia de sol e calor o ano inteiro. Só que, não é bem assim. Nos meses de inverno faz frio sim no país e em algumas partes chega a nevar bastante. E aí tomei conhecimento de que Hvar, essa ilha na costa da Dalmácia, é o lugar mais ensolarado da Croácia tendo por volta de 2760 horas de sol por ano – e também, parece que está entre os 15 lugares mais ensolarados do mundo e a ilha mais ensolarada da Europa. Não sei como ainda os irlandeses e britânicos não se mudaram todos pra lá de mala e cuia. haha

Sendo assim, Hvar (se pronuncia: ruar) é a ilha mais famosa da Croácia e acredito ser a mais visitada. Além de ter a fama de ter sempre um clima bom (invernos amenos e verões quentes), a ilha é muito conhecida por suas belezas naturais e sua agitada vida noturna. Já vi comparações do tipo dizendo que Hvar é a Ibiza croata. Como nunca fui pra Ibiza, não sei afirmar! Mas eita ilha linda, viu, essa Croácia não decepciona! O mar tem essa cor maravilhosa mesmo, prometo que não é efeito de edição.

IMG_0499Para chegar em Hvar pegamos um barco que saia de Split. Tem mais que uma empresa que faz esse trajeto, vale a pena checar os preços porque pode mudar. E indo no verão, na alta temporada, compre com antecedência pra garantir seu lugar no horário desejado. Não deixe pra comprar na hora, corre o risco de não ter mais nada.

Passamos dois dias por lá, também na calma e só curtindo aquelas vistas lindas. A ilha é grande e a maioria das pessoas ficam hospedadas em Hvar city e consequentemente os preços de acomodações por ali são mais caros. Muitos barcos param em Stari Grad, que é outra cidadezinha ao norte da ilha e por lá e em outros cantos a acomodação é mais barata.  Conseguimos um Airbnb com um preço bem bom em Hvar city e foi por ali que ficamos.

Hvar também tem um centrinho histórico gracinha e com essas construções lindas.

IMG_1650IMG_1653IMG_1646-horzIMG_1642

Confesso que quando eu ouvia essas comparações de que Hvar era a Ibiza croata, eu tinha meus receios se eu iria realmente gostar. Se seria aquela zona ou o que realmente esperar. A verdade é que eu me surpreendi bastante e gostei muito de Hvar.

Mesmo tendo a fama de ser uma party island, eu diria que Hvar é um lugar pra todo mundo. Seja pra quem quer curtir praia, festas, pra quem quer relaxar e também pra quem está com crianças.

A maior night club e a festa toda fica concentrada em uma ilhazinha em frente a ilha principal (é bem perto, mas obviamente tem que pegar um barquinho pra chegar até lá), então muitas vezes você nem percebe o fervo que tá acontecendo. Achei isso bem legal de ~isolar a bagunça~ na outra ilha. Quem quiser festar vai pra lá, quem quer sair à noite mas procura algo mais tranquilo também tem ali no centrinho de Hvar.

IMG_1663

A melhor maneira de aproveitar mais da ilha é alugando um carro ou uma scooter. Em um dos dias alugamos uma scooter e foi simplesmente a melhor coisa que a gente fez, foi muito divertido!

Rodamos a ilha inteira de norte a sul,  de leste a oeste. Claro que não deu pra ver absolutamente tudo, mas deu pra conhecer muita coisa da ilha e muito lugares paradisíacos fora da movimentação toda de Hvar. Dava vontade de parar toda hora, um lugar mais lindo que o outro!

IMG_0506IMG_0509IMG_1662 IMG_1660

É uma sensação muito gostosa de liberdade ir conhecer a ilha numa scooter, sentir o vento batendo no rosto e com aquele mar estonteante a sua volta. Passando por encostas cobertas de pinhais, campos de lavanda, vinhais, olivais e pomares de frutas. Hvar é realmente uma lugar muito encantador.

IMG_1669IMG_0511IMG_0522

Quando alugamos a scooter, ganhamos também um mapa com direções e quais eram os melhores lugares pra parar. E nesse mapa, tinha um X enorme, dizendo pra não pegar aquela estrada até certo lugar, porque tinha um túnel perigoso pra scooters. Ah, ok, beleza.

Fomos rodando e rodando e caímos nesse lugar. Depois de tanta paisagem linda acho que esquecemos completamente daquele X no mapa. E aí estávamos lá, na fila pra entrar nesse túnel. Era um túnel bem estreito e só passava uma fileira de carros por vez. Um lado sempre tinha que esperar o sinal ficar verde pra poder entrar.

Na hora que foi nossa vez….Que susto do cacete! O túnel era completamente escuro, estreitinho e cheio de pedras. O carro que estava a nossa frente acelerou demais e ficamos na escuridão porque a luz da nossa motinha e nada era a mesma coisa. E tinha que acelerar porque não tínhamos noção se o carro que tava antes estava perto ou não. E deu muito, muuuuito medo! Era difícil desviar das pedras porque não dava pra ver nada, só seguir aquela luz no fim do túnel, literalmente. Super perigoso a gente cair e ter um acidente ali naquela escuridão. Aquele X no mapa não estava ali de brincadeira, né?

Quando passamos o túnel tivemos que parar pra recuperar o fôlego, que adrenalina! Depois outros dois caras de scooter também pararam ao nosso lado e falaram ‘wtf was that?’. Foi tenso, mas depois que passou, foi bom, não sei explicar!

Na volta, tínhamos que enfrentar o mesmo túnel e dessa vez ficamos mais pro meio da fila. Foi bem melhor já que o carro da frente foi devagar e assim não tínhamos a necessidade de acelerar tanto e conseguimos também, ter um pouco mais de iluminação. Ufa!

IMG_1672IMG_1677

Passamos também em Stari Grad, e na Croácia você vai ver esse nome direto. Lá era o nome da cidade mesmo, mas Stari Grad significa ‘cidade velha’. Então toda cidade no país vai ter sua própria stari grad, que é o centro velho da cidade.

Essa Stari Grad foi colonizada por gregos da ilha de Paros e é considerada uma das cidades mais antigas da Europa!

IMG_0534

É difícil escolher qual é o lugar mais lindo dessa ilha, tem como? É tudo tão lindo. Olha só essa vista de cima de Hvar city. ♥

IMG_1682 IMG_1684

E PARA OS VEGS: achei que seria difícil pra comer em Hvar, mas até que foi tranquilo. Em uma das noites procurando um restaurante, se não me engano o chef do lugar, nos abordou na entrada falando pra gente entrar. Eu falei que era vegetariana e não tinha visto muitas opções no cardápio. E daí ele disse que faria um prato especial pra mim. Ele fez uma pasta simples, mas muito gostosa (então vale usar como chantagem: sou vegetariana e só entro aí se tiver algo gostoso pra mim haha).  E ali no porto de Hvar tem um restaurante chamado Fameja que tem um menu vegano! O preço é um pouco carinho, mas valeu a pena, muito gostoso! Eu sei que eu falo das comidas, mas nunca tiro foto dos pratos pra mostrar aqui hehe.. Vou tentar lembrar pras próximas viagens!

Tem muita ilha linda nessa Croácia pra visitar, é tão difícil escolher! Depois de dois dias em Hvar fomos conferir outra ilha, porque não dá pra visitar só uma. ♥

 

Comments

  1. Agora já sei pra onde ir quando estiver cansada desse clima maravilhoso da Estônia! Uns quatro diazinhos nessa ilha já seriam o suficiente para me deixar feliz haha <3
    Fotos lindas!

    • hahaha o lugar é encantador mesmo, acho que mesmo se tiver chovedo fica bonito xD mas ir pra lá e pegar chuva é ser uma pessoa muito azarada porque tá sempre com clima bom haha

  2. Ai minha nossa Taís, adoro seus causos de viagem! Fico até suando de nervoso lendo seu relato da scooter haha

    Uma dúvida, você precisa de carta de moto pra dirigir essas scooters alugadas? Você já dirigia moto? Tinha alguma noção?!

    Ainda bem que você falou do photoshop porque esse mar realmente parece editado!

    • Oi Claudia! O boy que tava comigo que dirigiu e ele tem experiência em dirigir scooters. Eu não lembro se tem isso na carteira de motorista dele, mas eles perguntaram sim se a pessoa que iria dirigir sabia e tals. Acho que eles não entregam pra uma pessoa que não tenha experiência, pode ser perigoso pegar uma scooter assim se você nunca dirigiu uma na vida.

      E sim esse mar é muito maravilhoso <3

  3. Que MARAVILHOSOOO! Sem exagero, eu abri o google flights e fui ver hahaha.. pq queria ir esse verão, ir já!! Que lugar incrível, Taís! Eu já li muito sobre Hvar por aí, conheço um monte de gente que foi, mas essas suas fotos são sempre especiais. E mais: primeira vez que alguém me diz que se fala RUAR hahahaha nunca ouvi isso… Todo mundo fala avar, e eu achava que devia ser assim na língua local também haha..obrigada pela sabedoria!

    • Fico toda derretida aqui com seus elogios, Gabi.. Ai mulher <3 haha
      hahahaha e pois é, eu achava que falava 'rávar'' ahhahaa dai cheguei lá e pam... Ruar! haha

  4. GENTE O TIPO DE LUGAR QUE EU AMO, tem mar, tem natureza, tem essas ruazinhas lindas que parecem filme de romance, entre uma mulher de trinta anos que está se descobrindo e quer se aventurar e aí aparece o/a crush e tals! HAHAHA minha imaginação é muito fértil, tenho que parar com isso.
    Mas sério, tá de brincadeira ? é muito lindo! Estou encantada.
    Chantagem, melhor recurso para vegetarianos comerem bem ♥ HAHAHAH
    e eu fiquei apreensiva só de ler o que você escreveu sobre o túnel, meu deus! Eu teria dado uma surtada de leve.

  5. OMG, que lugar incrível e que inesquecível deve ter sido cada momento dessa viagem, vendo isso ao vivo e vivendo essa experiência. Fiquei encantada com seu relato, Ta. Minha vontade de conhecer a Croácia só aumenta! 😀


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  6. Maravilhoso esse lugar, essa água! Uma amiga do Kilian esteve tb no verão passado na croácia de motor home com uma bebê de 1 ano e disse que foi super tranquilo viajar por la. Bateu uma vontade imensa. Acho lindo essas casinhas de pedras. Fotos lindas Taís, de dar inveja e querer ir hoje mesmo!!!

Trackbacks

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Instagram @nyrdagur

© 2018 Nýr Dagur · by MinimaDesign