Nýr Dagur no Youtube!

Comecei este ano muito na vibe de querer aprender algo novo. Não sabia exatamente o que e naturalmente foi surgindo algo que já estava em mim há um tempo. Já passei muitas horas assistindo vídeos no Vimeo. Vídeos com uma pegada mais artística, edições mais elaboradas, algo mais cinematográfico. Coisas que eu não via com tanta frequência assim no Youtube na época.

Fiquei com isso guardado em mim, adoraria tentar produzir algo assim. Uma outra forma de me expressar e um olhar além da fotografia. Sempre fui adiando por vários motivos. Já tinha feito um video aqui e outro ali pro Youtube, mas nada do que eu realmente queria fazer.

Quando finalmente consegui investir em outra câmera, optei por uma que também me possibilitasse brincar com vídeos. Final do ano passado peguei minha câmera nova, a Kimchi, na Coreia. E isso com certeza me motivou pra finalmente tentar algo novo.

gravando na Ucrânia

Ao mesmo tempo que estava bem empolgada, fiquei bem insegura também. Aquela famosa síndrome do impostor, de já achar que nada vai ficar bom, que não tenho talento algum e que só estou perdendo meu tempo. Felizmente não deixei isso me consumir. Foquei na experiência e não na perfeição dos resultados. E assim, descobri um novo hobby que eu gostei muito.

Acho importante também mencionar minhas inspirações e motivações. A Tina Sosna mesmo sem saber, me inspirou bastante a dar esse primeiro passo e de tentar, sabe? E também a querida da Flora que me ajudou muito nesse começo. Várias conversas sobre esse assunto, ela entendeu o que eu queria fazer, deu suporte e me senti confiante em tentar. Obrigada, Flora <3

Tenho muito o que aprender, descobrir, inventar, melhorar. E estou gostando bastante desse processo. De testar coisas, experimentar, buscar criatividade e ver no que dá. Quero me sentir livre em criar algo que eu goste e não o que dá views. Sair um pouco também daquela coisa padrão de somente eu falando com a câmera. Gosto de focar no meu olhar, no que eu vejo, no que eu sinto, no que eu quero compartilhar do (meu) mundo.

Venho publicando vídeos no Youtube desde abril. Nada muito profissional ou com edições mega elaboradas. Mas com muito amor por esse novo hobby, essa nova forma de me comunicar.

É difícil dizer qual é o meu favorito dentre os 7 que já publiquei até agora. Mas arrisco dizer que foi esse aqui sobre a Georgia.

Outro que gostei bastante do resultado foi o de Chernobyl. Foi bem o que eu queria passar mesmo, com a música, com as imagens, algo meio surreal, misterioso, porque o lugar em si é doido demais.

E por último, queria falar desse em Poznań. Gosto muito da sensação de paz e tranquilidade que ele passa, era exatamente o que eu tinha em mente e que refletiu bastante esses dias por lá.

Quero continuar produzindo esses vídeos. É algo que tenho gostado bastante de fazer. Tenho várias ideias que aos poucos quero ir colocando em prática. Lembro no começo da fotografia, como foi importante pra mim praticar, treinar o meu olhar e não ter medo de me arriscar. E sigo aprendendo e tentando melhorar. Isso que eu busco com os videos também.

E vocês, tem algo novo que andam fazendo ou que gostariam de fazer?

– e ahhh, se inscrevam lá no meu humilde canal (compartilhem com amigos, família, os pets, kkk), quero chegar nos 100 inscritos pra ter uma url personalizada, ajuda eu ai! #sinceridades
link do canal aqui

Comments

  1. Oi Thaís, tudo bem?Já estou te acompanhando lá no seu canal e estou amando seus vídeos simplesmente porque eles meio que são uma extensão do que você escreve aqui, e conseguimos sentir um pouquinho do que você viu e sentiu estando nesses lugares.
    Eu também estou um pouco assim sabe, muita coisa tem mudado, junto comigo e com essas mudanças algumas coisas que eu tinha deixado na gaveta estão ressurgindo e antigos projetos que eu achava que nem tinham mais tanta importância hoje estão se tornando prioridade. Dá um medo mas acho que o ideal é seguir os instintos. Estou aprendendo muita coisa nova, e isso é o que realmente importa.
    bjus. E meu vídeo favorito até o momento está sendo o de Poznań. Que lugar maravilhoso.

  2. Sempre que a gente começa um projeto novo a síndrome do impostor aparece, essa insegurança é normal, mas é sempre bom que a gente passe por cima dela, assim como vc fez. Dessa forma, se não der certo, pelo menos a gente tentou. E no seu caso, deu muito certo! Amei seus vídeos, tem um olhar realmente diferente e esses pequenos textos com informações sobre o lugar é o suficiente para o espectador.
    Me inscrevi no canal. Meu vídeo favorito foi o de Chernobyl, Pripyat é assustadora.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

  3. Ah, que coisa maravilhosa Taís! Já estou te seguindo, claro! Seu conteúdo é sempre muito bonito, inteligente e cheio de emoção, seus vídeos não poderiam ser diferentes. Sucesso nessa nova empreitada!!!

  4. Super entendo essa sensação de achar que o que fazemos está ruim, que fulano faz melhor, que sicrano pode ver o nosso trabalho e rir da nossa cara, etc kkk é uma merda, mas acontece né 🙁 Acho que a melhor forma de passar por isso é dando a cara a tapa mesmo e se arriscando a fazer as coisas que a gente tem vontade. Tenho certeza que tu tens muito o que mostrar com teus vídeos e as viagens incríveis e, quem sabe, começar a gravar sobre outras coisas, né?
    Já estou inscrita no canal ♥ boa sorte com ele!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


Notice: genesis_footer_creds_text is deprecated since version 3.1.0! Use genesis_pre_get_option_footer_text instead. This filter is no longer supported. You can now modify your footer text using the Theme Settings. in /home/jw1nrhfa/public_html/wp-includes/functions.php on line 4711

© 2019 Nýr Dagur · by MinimaDesign